• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2018.tde-18052018-141713
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Frazão São Pedro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1995
Orientador
Banca examinadora
Rosa, Antonio Galvao Fortuna (Presidente)
Nastari, Edmea Rita Temporini
Pinto, Vitor Gomes
Título em português
A participação do pessoal auxiliar odontológico em dez sistemas locais de saúde de cinco municípios no Estado de São Paulo, 1994
Palavras-chave em português
Pessoal Auxiliar Odontológico
Programas Odontológicos
Saúde Pública
Sistemas Locais de Saúde
Resumo em português
No final da década dos 70 e início da década dos 80, em diferentes regiões do Brasil, os serviços públicos - tanto aqueles existentes quanto aqueles começando a se estruturar - passam a utilizar pessoal de nível elementar e médio para auxiliar nas ações de atenção à saúde bucal. No Estado de São Paulo, embora inúmeros sistemas locais de saúde (SILOS) venham empregando pessoal auxiliar odontológico (PAO), existe pouca informação disponível sobre a contribuição dada por estes trabalhadores à essas ações. O objetivo desta investigação foi de analisar a participação do PAO em dez SILOS de cinco municípios do Estado de São Paulo, em 1994. Um questionário foi respondido por 248 (76,3 por cento) dos 325 auxiliares e técnicos em higiene dental empregados nos municípios de ltú, Embú, Penápolis, São José dos Campos e Campinas. Os resultados indicaram que a maioria do PAO é jovem, do sexo feminino, possui 2° grau completo, curso de qualificação profissional, tem vínculo municipal e trabalha 40 horas/semana, sendo que, recebem entre US$ 119,00 e US$ 330,00 no exercício da função de ACD e entre US$ 162,00 e US$ 232,00 como THD. Sua participação em atividades de promoção da saúde bucal é relativa e varia conforme o SILOS em estudo: nos SILOS do Embú e das regiões norte e leste de S. José do Campos, o PAO vem dedicando sua jornada de trabalho mais para ações coletivas que para ações de assistência individual, contribuindo para a transformação das práticas da odontologia em saúde coletiva e para a mudança do modelo assistencial conforme as diretrizes de saúde bucal e os princípios do SUS. A participação do PAO é mais frequente em atividades de evidenciação de placa bacteriana seguida de escovação supervisionada (ES), bochechos fluorados e atividades educativas. A participação em ações coletivas é maior quando se trata da realização dessas atividades em escolas ou outros espaços sociais. Entretanto, em ltú, Embú e Penápolis, o pessoal auxiliar desenvolve de forma significativa atividades de ES em unidades básicas de saúde, atingindo com atividades de promoção da saúde bucal grupos populacionais que as frequentam. Excetuando-se os três SILOS de Campinas e o de ltú, é baixa a proporção do PAO que trabalha à quatro-mãos rotineiramente. Os SILOS de ltú, Embú e Penápolis apresentam maior grau de delegação de funções ao PAO na assistência individual que os SILOS dos municípios de São José dos Campos e Campinas. Segundo o pessoal auxiliar, a população-usuária reage positivamente e aceita bem os seus serviços. Além disso, os cirurgiões-dentistas têm um relacionamento profissional bom ou muito bom com eles, prestam-lhes orientações sempre que necessário e, na opinião deles, devem manter o grau de orientação corrente.
Título em inglês
The role of dental auxiliary personnel in ten health local systems of five towns in São Paulo State, 1994
Palavras-chave em inglês
Dental Auxiliary Personnel
Health Local Systems
Oral Health Programmes
Public Health
Resumo em inglês
At the end of the seventies and begining of the eighties, dental public services from different areas of Brazil started to introduce basically and intermediately trainned personnel to assist dental care activities. This happened both in services in operation at the time and in those which were begining to be structured. In São Paulo State, although several health local systems are employing dental auxiliary personnel, we know there is a small number of studies in this field and also little information about this personnel. The purpose of this survey was to document the role and extent of dental auxiliary personnel in some state public health programmes in São Paulo State, 1994. A questionnaire requested information from 248 (76,3 per cent) auxiliarias of 325 dental assistants and dental hygienists employed in the health municipal systems of ltú, Embú, Penápolis, São José dos Campos and Campinas (towns in São Paulo State). The results indicated that most of them are young, female sex, went through high school and professional qualification course, work forty hours a week and receive between US$ 119,00 and US$ 330,00 in dental assistant function and between US$ 162,00 and US$ 232,00 in dental hygienist function. Their participation in oral healh promotion activities is relative and varies according to each town reality: in Embú and in the north and east health local systems of São José dos Campos, the working time of auxiliary personnel is spent more in oral health promotion activities than in dental clinic activities, contributing to the transformation of public health dentistry practice according to the principies of health systems in Brazil. This ' participation occurs more often in fluoride mouthrinse, dental plaque staining followed by supervised brushing and oral health education activities. The participation in oral health promotion activities happens more often in schools than in health centers. However, in ltú, Embú and Penápolis, the auxiliarias provide expressively dental plaque staining followed by supervised brushing in health centers, reaching population groups who use them. Excluding the health local systems of Campinas and ltú, the proportion of them who practice four-handed dentistry daily is low. ltú, Embú and Penápolis present high grade of expanded functions to auxiliary personnel in dental clinic activities. According to the auxiliary personnel, the aided population answer positively and accept their services well. Besides, dentists have a good or very good professional relationship with them, give them orientation everytime it is necessary; also, in their opinion, dentists ought to keep up the corrent levei of supervision.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.