• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2015.tde-09042015-095634
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula Barreto Plantier
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Ianni, Aurea Maria Zöllner (Presidente)
Scarcelli, Ianni Regia
Yasui, Silvio
Título em português
Dos muros dos manicômios para os muros (in) visíveis da cidade: sobre os desafios da reforma psiquiátrica brasileira
Palavras-chave em português
Cidade
Loucura
Reforma Psiquiátrica
Resumo em português
Esse estudo teve por objetivo analisar os desafios apresentados pela literatura no campo da Saúde Mental acerca da relação da cidade contemporânea e a loucura fora dos muros manicomiais, tendo em vista os avanços da reforma psiquiátrica brasileira. Considerando os objetivos desta pesquisa, foi necessário percorrer alguns caminhos, como, inicialmente, o contexto social e histórico de emergência da loucura enquanto um problema social e a institucionalização da psiquiatria no país. Em seguida, foi preciso compreender o movimento da reforma psiquiátrica brasileira e suas proposições, considerando seus atuais desafios e conflitos. E, por fim, analisar as transformações nas grandes cidades, em busca de substratos para se pensar as políticas públicas no âmbito da saúde mental. Trata-se de um estudo exploratório de natureza qualitativa, o qual adotou a pesquisa bibliográfica como procedimento metodológico. Os dados da pesquisa foram obtidos através da base de dados Lilacs, no período de 2000 a 2014. Foram selecionados, no total, 14 artigos científicos para a análise. Na análise dos resultados foram utilizadas categorias (temas) predominantes nas obras analisadas: a vivência da loucura na cidade, os muros (in)visíveis na cidade e a transposição dos muros. Diversas narrativas indicam novas experiências e dilemas na circulação da loucura pelos espaços urbanos. Os resultados obtidos indicam uma tendência a novas discussões no campo da saúde mental que problematizam a relação entre loucura e cidade. Dessa forma, evidenciam a relevância de novos debates no campo da saúde mental que considerem a cidade como potencialidade como palco da ação humana onde são produzidos efeitos e afetos no (re)encontro com a loucura.
Título em inglês
From the walls of asylums for the (in) visibles walls in the city: the challenges of the brazilian psychiatric reform
Palavras-chave em inglês
City
Madness
Psychiatric Reform
Resumo em inglês
This study aims to analyze the challenges presented by the literature in the field of Mental Health about the relationship of contemporary urban city and the madness outside the asylum walls, given the advances in brazilian psychiatric reform. Considering the objectives of this research, it was necessary to choose some ways, initially the social and historical context of madness emergency as a social problem and the institutionalization of Psychiatry in the country. Then, it was necessary to understand the movement of the Brazilian psychiatric reform and its propositions, considering its current challenges and conflicts. Finally, it was proposed an analysis of the changes in the big cities in search of substrates to think public policy under the Mental Health. This is an exploratory qualitative study, which adopted the bibliographic research as a methodological procedure. Survey data were obtained through the Lilacs database, from 2000 to 2014. It was selected a total of 14 scientific articles for analysis. In the analysis of the results were used categories (themes) predominant in the works analyzed: the experience of madness in the city, the (in) visibles walls in the city and transposition of the walls. Several narratives indicate new experiences and dilemmas in the circulation of madness by urban spaces. The results indicate a tendency to further discussions in the field of mental health considering the relationship between madness and city. Thus, highlights the need to produce new discussions in the field of Mental Health considering the city as a potential - as a stage of human action - the place which are produced effects and affects in the (re)encounter with madness.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.