• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2007.tde-02122008-195835
Documento
Autor
Nome completo
Liane Teresinha Schuh Pauli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2009
Orientador
Banca examinadora
Dallari, Sueli Gandolfi (Presidente)
Aith, Fernando Mussa Abujamra
Almeida, Eurivaldo Sampaio de
Herrmann, Stela Maris
Lefevre, Fernando
Título em português
A integralidade das ações em saúde e a intersetorialidade municipal
Palavras-chave em português
Integralidade das Ações em Saúde
Intersetorialidade
Planejamento e Administração em Saúde
Política
Resumo em português
Movimentos mundiais vêm, através do tempo ampliando os conceitos do processo saúde/doença acrescentando o contexto biopsicosocial e econômico, aumentando as exigências de atuação no setor de saúde. As novas exigências, legalmente compostas, levam à necessidade de novos contornos na administração, no planejamento e na política municipal. Sob a justificativa de avançar no cumprimento das diretrizes constitucionais, na consolidação do processo de descentralização exigido pelo Sistema Único de Saúde, e de direcionar esforços intersetoriais que possam garantir a integralidade das ações em saúde, está pesquisa objetiva, num primeiro momento, analisar a percepção relativa ao conceito de saúde/doença nos vários níveis do governo municipal e o relacionamento do setor de trabalho na gestão pública, com a área de saúde, verificando a viabilidade do trabalho intersetorial no contexto político-organizacional, e num segundo momento, esclarecidos sobre as conclusões e objetivos da pesquisa 1, analisar a percepção sobre a importância do trabalho intersetorial como estratégia para a promoção da integralidade das ações em saúde; após o esclarecimento sobre as conclusões e objetivos da pesquisa 1. O método qualitativo de análise utilizou, nas duas etapas, entrevista individual e aplicação de questionário com questões abertas para a pesquisa 1 e para a pesquisa 2, gravadas no local de trabalho, utilizando a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo, para construção da caracterização e análise dos depoimentos verbais, pelas idéias centrais e suas correspondentes expressões chaves. Os sujeitos da pesquisa foram 100 por cento dos elementos envolvidos na gestão municipal, mais dois assessores diretos, localizados em um município da 13ª Região Sanitária do Rio Grande do Sul. Observou-se no grupo pesquisado a cencepção do conceito de saúde ampliado e positivo; o reconhecimento da responsabilidade dos vários setores sobre o processo saúde/doença da população e a afirmação da possibilidade de trabalho intersetorial; e conclui-se que com mudanças político-organizacionais, capacitação de recursos humanos, e planejamento, pode-se alcançar melhoria na ações de promoção da integralidade das ações em saúde
Título em inglês
Integrality in health care and the intersectoriality
Palavras-chave em inglês
Health Administration
Integrality in Health Care
Intersectoriality
Planning
Politics
Resumo em inglês
World movements have been, through time, widening the concept of the health-disease process, adding to it the idea of the biopsychosocial and economic context, and increasing the demands for action in the health area. To answer these new demands which have legal support, there is also the need for new trends in administration, planning and local politics. Implementation of the principles of the Constitution, consolidation of the process of descentralization in the Brazilian Health System (SUS) and development of joint action by different sectors are the fundamentals of the present research, whose objective is, first, to study the perception relative to the health-disease process in the different levels of the local government and also the relationship of the labour sector with the health sector, in order to disclose the possibility of political and organizational cooperation between these two sectors; and second, to analyze the perception of the relevance of cooperation among sectors as a strategy for promoting integrality of health actions. The Qualitative Method of Analysis consisted, in these two phases, of individual interviews and applcation of a survey for research 1 and research 2 with open questions, recorded at the work place. A transcription was then made, utilizing the Collective Subject Discourse tehnique, which allows characterization and analysis of oral testimonies, based on central ideas and key-expression. 100 per cent of the members of the health administrative staff in a county of the 13rd Health Region of Rio Grande do Sul, plus two direct consultants, were interviwed. We noticed that they have a non-limited and positive concept of health; that they recognize the responsibility of several sectors in the health-disease process in the population and that they also recognize the possibility of joint cooperation among sectors. Based on these fidings we can assure that, with political and administrative changes, capacitation of human resources and planning it is possible to promote and to improve actions to increase integrality in health care.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Liane.pdf (880.57 Kbytes)
Data de Publicação
2009-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.