• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2015.tde-02062015-092212
Documento
Autor
Nome completo
Doris Jimena Roncancio Benitez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Nardocci, Adelaide Cassia (Presidente)
Chiaravalloti Neto, Francisco
Giannotti, Mariana Abrantes
Título em português
Vulnerabilidade Social e ocorrência de doenças gastrointestinais associadas com inundações no Município de São Paulo
Palavras-chave em português
Doenças Infecciosas
Inundações e Mapeamento da Vulnerabilidade
Mudança Climática
Resumo em português
As inundações podem ter um grande impacto na saúde das populações. Doenças produzidas pela exposição direta ou indireta às águas, podem resultar em surtos de doenças gastrointestinais, infecções respiratórias, leptospirose entre outras. Já que os cenários de mudança climática predizem o aumento na frequência e severidade das inundações devido ao aquecimento global, é necessário ter claridade nos impactos gerados sobre a saúde humana como reflexo dos efeitos combinados das mudanças climáticas sobre os ecossistemas, o sistema econômico e o sistema social. A pesquisa visa analisar a vulnerabilidade da população do município de São Paulo às doenças infecciosas relacionadas com inundações. O processo tem como fio condutor o modelo de avaliação da vulnerabilidade conhecido como modelo de vulnerabilidade expandida. Dez variáveis consideradas como representativas para o município de São Paulo, foram escolhidas para a análise da vulnerabilidade social, correlacionadas e analisadas dentro da unidade espacial bacia hidrográfica para o ano 2010, mediante a análise de componentes principais. Bases de dados de precipitação da Rede Telemétrica de Pluviômetros de Superfície do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAAE), foram os dados usados para a avaliação dos níveis de precipitação. Adicionalmente, as estatísticas das bases de dados de Autorização de Internação Hospitalar do Sistema Universal de Saúde (AIH/SUS) foram usadas para a avaliação das variáveis epidemiológicas. Os resultados mostram que a vulnerabilidade social aumenta na direção centro-periferia e que as aglomerações de valores altos, evidentemente mais abundantes do que as aglomerações de valores baixos, aparecem nas bacias de vulnerabilidades sociais significativamente altas.
Título em inglês
Social vulnerability and the occurrence of gastrointestinal diseases associated with floods in São Paulo, Brasil
Palavras-chave em inglês
Environmental Change
Floods and Mapping Vulnerability
Infectious Disease
Resumo em inglês
Floods can have an important impact on people's health. Diseases caused by direct or indirect exposure to flood water can result in outbreaks of gastrointestinal diseases, respiratory infections and leptospirosis among others. Since the climate change scenarios predict an increase in the frequency and severity of floods due to global warming, it is necessary to have clarity of the impacts on human health resulting by the combined effects of climate change on ecosystems and the economic and social systems. The study aims to analyze the vulnerability of the city of São Paulos population to infectious diseases related to floods. The process has the vulnerability assessment model known as expanded vulnerability model as its conducting wire. Ten variables considered as representative for the city of São Paulo, are the material for the analysis of social vulnerability. Their correlation and variance analysis is measure within the watershed spatial unit for the year 2010, by the principal component analysis methodology. The databases of precipitation made by the Telemetric Rain Gauges network of the Department of Water and Power (DAAE) are the values used to assess precipitation levels. In addition, the databases of Authorization for Hospitalization of the Brazilian Universal Health System (AIH/SUS) are use too for the evaluation of epidemiological variables. The results show that social vulnerability increases in downtown-periphery direction and that the clusters of high values, clearly more abundant than those of low levels, appear in the watersheds classified with significantly high social vulnerability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.