• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2010.tde-14052010-090834
Documento
Autor
Nome completo
Carla Cristina Enes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Villar, Betzabeth Slater (Presidente)
Levy, Renata Bertazzi
Monteiro, Carlos Augusto
Silva, Marina Vieira da
Souza, Jose Maria Pacheco de
Título em português
Consumo alimentar e padrão de atividade física como determinantes do estado nutricional: um estudo longitudinal com adolescentes
Palavras-chave em português
Adolescente
Atividade Motora
Consumo de alimentos
Índice de Massa Corporal
Resumo em português
Introdução - O aumento da prevalência de obesidade entre a população jovem, motivou o crescimento do número de pesquisas que buscam identificar os fatores associados à ocorrência desse distúrbio nutricional. Objetivo - Identificar os fatores dietéticos e de atividade física associados à mudança do estado nutricional de adolescentes. Métodos - Trata-se de um estudo de coorte realizado com 256 adolescentes de ambos os sexos, com idade entre 10 e 17 anos, matriculados em escolas públicas de Piracicaba, São Paulo. Os adolescentes foram entrevistados em dois momentos, respeitando-se o intervalo médio de um ano. Avaliou-se o estado nutricional a partir do Índice de Massa Corporal, consumo alimentar habitual (questionário de freqüência alimentar para adolescentes - QFAA), padrão de atividade física (prática de atividades físicas e de atividades de baixa intensidade), maturação sexual e variáveis demográficas. A análise de regressão linear múltipla foi utilizada para identificar as possíveis associações. Definiu-se como variável dependente a variação anual do escore z do IMC e como variáveis independentes a variação anual do consumo de grupos alimentares de interesse e da prática de atividade física. Resultados - Verificou-se, para ambos os sexos, um aumento do uso de computador e consumo de bebidas artificiais adoçadas. Houve redução do consumo de lipídios, sucos naturais adicionados de açúcar e alimentos com elevado teor lipídico. O consumo de frutas, verduras e legumes aumentou no intervalo de um ano entre as meninas. Na análise múltipla, observou-se que o maior consumo de alimentos com elevado teor lipídico (=0,036, p=0,048) e de sucos naturais adicionados de açúcar (=0,053, p=0,034) associaram-se positivamente ao aumento do escore z do IMC. Conclusão - A variação do escore z do IMC de adolescentes no período de um ano mostra-se direta e independentemente associada a variações no consumo de alimentos ricos em lipídios e de sucos naturais adicionados de açúcar. 8 Novos estudos prospectivos com maior tempo de seguimento são necessários para que sejam produzidos resultados que esclareçam a complexa etiologia da obesidade
Título em inglês
Dietary intake and physical activity pattern as determinants of nutritional status changes: a longitudinal study with adolescents
Palavras-chave em inglês
Adolescent
Body Mass Index
Food Consumption
Motor Activity
Resumo em inglês
Introduction - With the rise of obesity prevalence among young people, is increasing the number of researches to identify factors associated with the occurrence of this nutritional disorder. Objective - To identify the dietary and physical activity factors associated with nutritional status change of adolescents. Methods - This is a cohort study conducted with 256 adolescents of both genders, with ages ranging from 10 and 17 years, from public schools of Piracicaba, Sao Paulo. Adolescents were interviewed on two occasions, with the average interval of one year. Nutritional status from body mass index, usual food intake (food-frequency questionnaire for adolescents-FFQA), physical activity pattern (physical activity and inactivity), sexual maturation and demographic variables were assessed. Multiple regression was used to identify possible associations. It was defined as dependent variable the annual BMI z-score change and as independent variables, the annual change in consumption of food groups of interest and practice of physical activity. Results - An increase of computer use, and sugar-sweetened beverages consumption was verified for both genders. The consumption of fat, sweetened fruit juices and fatty foods decreased. Among girls, the consumption of fruits and vegetables increased in an interval of one year. In the multiple analyses, it was observed that increased consumption of fatty foods ( = 0.036, p = 0.048) and sweetened fruit juices ( = 0.053, p = 0.034) was positively associated with the rise of BMI z-score. Conclusion - Change in adolescents BMI z-score over a year is directly and independently associated with changes in fatty foods and sweetened fruit juices. Further prospective researches with longer follow-up are necessary to better understand the complex etiology of obesity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarlaEnes.pdf (1.64 Mbytes)
Data de Publicação
2010-06-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.