• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Rogerio Gallo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1991
Orientador
Banca examinadora
Benicio, Maria Helena D Aquino (Presidente)
Sigulem, Dirce Maria
Souza, Jose Maria Pacheco de
Título em português
Fatores associados à desnutrição proteico-energética em crianças menores de cinco anos usuárias da rede estadual de saúde do município de Guarulhos, 1987
Palavras-chave em português
Desnutrição Proteico-energética
Saúde Materno-infantil
Resumo em português
O presente estudo teve como objetivo central medir as associações entre fatores-sócio-econômicos e ambientais e, déficits pondero-estaturais de crianças de três a sessenta meses de idade, atendidas nas unidades básicas de saúde (UBS) da rede estadual do município de Guarulhos, no ano de 1987. O delineamento utilizado foi do tipo transversal, recorrendo à análise uni-variada de cada fator estudado e à técnica de análise multi-variada segundo proposta semelhante à preconizada por Mantel-Haenzel para estudos estratificados, pela facilidade operacional que encerra. Foram constatadas associações em relação déficit ponderal nas análises uni-variadas, confirmadas pelas estimativas por intervalo, para: grau de escolaridade da mãe, número de componentes das famílias, número de pré-escolares entre as variáveis sócio-econômicas e demográficas e o tipo de habitação e destinação do lixo entre as variáveis ambientais. O número de componentes das famílias mostrou o mais significativo teste de associação com 5,04 de Razão de Prevalência. Em relação aos déficits estaturais, constatou-se associação pelo grau de escolaridade da mãe como variável sócio-econômica, número de componentes das famílias como demográfica e tipo de habitação, destinação do lixo e disponibilidade de água entre às relativas ao meio ambiente. Com a análise multivariada e, ajuste dos resultados pela renda percapita, verificou-se que apenas duas variáveis mantiveram a associação: tipo de habitação e, número de componentes das famílias. Esta última a mais expressiva das Razões de Prevalência Ajustadas: 3,69. Desta forma, o número de componentes das famílias acima de cinco indivíduos e a caracterização do tipo de habitação da criança usuária parecem ser boas alternativas de indicador de situações de maior risco à desnutrição para utilização ao nível dos serviços de saúde. Constatou-se ainda que parte da população mais pobre não fazia uso rotineiro dos serviços e alerta-se para a necessidade de ampliação da participação da comunidade como alternativa para ampliação da faixa de usuários.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
This paper has, as its main focus, to measure the associations between socio-economical, demographic and environmental factors and ponderous-statural deficits verified among children between three and sixty months of age, who received medical attention in Basic Health Unities (UBS) of the public healthy system, in the municipality of Guarulhos (São Paulo), in 1987. To evaluate these factors, transverse evaluation was used as guideline, and each of them was studying according to multi-varieted analisis technique, similar of the proposals of Mantel-Haenzel for stratified studies, regarding possibilities to evaluate accurately family income, identified, in this study, as a counfunding variable. In fact, it was possible to verify associations between pondel deficit in uni-variated analisis, conffirmed by estimates per interval for: educational degree of the mother, number of members of the family, number of preeschoolers, among the socio-economica and demographic variables and, household cathegories and waste disposal, among environmental variables. Number of members of the family showed te most significant association test, with a prevalence ratio of 5.04. Regarding stature deficits, it was possible to see that educational degree of the mother as socio-economical, number of members of the family among demographics variables and household cathegory, availability of water among variable related to environment. With the use of multi-varieted analisis and adjusting results by per capita income, it was posible to see that only two variable sustained the association: household cathegory and number of family members, being the latter the most expressive of all Adjusted Prevalence rates: 3.69. Thus, a number of family members higher than five individuals and household cathegory seem to be a safe alternative to be used as indicator for situations of higher risk to malnutrution, in public health systems, in order to more accurately pinpoint higher risk target populations. The study also showed that part of the poorest population did not avail themselves of routine use of public healt service offered, therefore calling attention to te need for wider community participation as a means to expand population covered.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.