• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2018.tde-23032018-094707
Documento
Autor
Nome completo
Michele Lacerda Pereira Ferrer
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Buchalla, Cassia Maria (Presidente)
Alexandre, Tiago da Silva
Cardoso, Maria Regina Alves
Castro, Shamyr Sulyvan de
Título em português
O impacto dos fatores ambientais na incapacidade funcional de idosos: a importância de políticas públicas que valorizem o Aging in place 
Palavras-chave em português
Barreiras Ambientais
CIF
Idoso
Incapacidade
Moradia
Política Pública
Vida Independente
WHODAS 2.0
Resumo em português
Introdução: A incapacidade no idoso é multidimensional, envolvendo aspectos de saúde física, emocional, cognitiva, ambiental e social. Os fatores ambientais têm um impacto importante como facilitadores ou barreiras nas atividades e participação social do idoso, especialmente relacionado ao ambiente de moradia e a capacidade de continuar vivendo no próprio domicilio apesar do envelhecimento (Aging in place). Políticas públicas devem ser pensadas levando a questão do Aging in place em consideração. Objetivos: investigar o impacto dos fatores ambientais na incapacidade de idosos que residem em conjuntos habitacionais verticais de interesse social que não contam com quesitos de acessibilidade como o elevador, sob a perspectiva da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Método: Para alcance dos objetivos propostos foi necessário a realização da validação de construto e identificação das propriedades psicométricas e de normatização do WHODAS 2.0- 12 itens para avaliação da incapacidade em idosos brasileiros. Após esta etapa, foi realizada a análise dos fatores ambientais sugeridos pela CIF e reconhecidos por moradores dos conjuntos habitacionais e sua associação com a incapacidade funcional. Os estudos transversais aqui apresentados foram realizados com duas amostras distintas: Amostra 1 para o processo de validação de construto e normatização do WHODAS 2.0 contou com 350 idosos assistidos pelo Centro de referência do Idoso na cidade de São Paulo. Com dados desta amostra foi realizada uma análise fatorial exploratória, confirmatória e teoria de resposta ao item e análise de variância para validação de construto e observação da distribuição dos escores na amostra. Amostra 2 contando com 96 idosos residentes em um conjunto habitacional com 26 edifícios verticais com até 4 andares em Bragança Paulista (SP) para análise do impacto dos fatores ambientais na incapacidade dos idosos. Com os dados desta amostra foi realizada análise de regressão linear multivariada para identificação dos fatores ambientais mais associados ao aumento do escore de incapacidade. Resultados: O WHODAS 2.0, 12 itens apresentou boa adequação das cargas fatorais em um modelo unidimensional somente com 10 itens dos 12 avaliados. A retirada do item 6 (concentrar-se) e 10 (lidar com pessoas estranhas) na análise fatorial exploratória melhorou o desempenho do teste com variância explicada de 70 por cento (x2/df = 2,45; p < 0,001, NNFI = 0,98, CFI = 0,99, GFI = 0,99, RMSEA = 0,06; Alpha de Cronbach = 0,95 e Mc Donald = 0,92). Na análise da associação entre barreiras ambientais e incapacidade observou-se que fatores ambientais como escadas, acesso ao transporte público, ruídos, clima e preconceito reconhecidos como barreira foram associados a um aumento no escore do WHODAS 2.0-BO. Conclusão: A presença de barreiras ambientais como dificuldade de acesso ao transporte público, presença de escadas na entrada da casa, ruídos, condições climáticas adversas e preconceito foram associadas a um aumento no escore de incapacidade, o que pode impedir idosos de continuar vivendo no próprio domicílio na presença de tais barreiras. Políticas públicas deveriam considerar o envelhecimento e as barreiras ambientais identificadas neste estudo para a garantia do Aging in place.
Título em inglês
The impact of environmental factors in the disability in older people: the importance of the public housing policies for aging in place
Palavras-chave em inglês
Disability
Environmental Factors
Housing Policies
ICF
International Classification of Functioning Disability and Health
Older People
WHODAS 2.0
Resumo em inglês
Introduction: Disability in older people is multidimensional with physical, emotional, cognitive, environmental and social aspects. The environmental factors could have an important impact as facilitators or barriers in their activities and social participation, specially related to the habitation and the aging in place. Public housing policies should be made based on aging in place. Objectives: to investigate the impact of environmental factors in disability of older people living in a multi-storey apartment complex building for low-income families with no elevator, by International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) perspective. Method: As a first step to this study purpose, analyses of the psychometric properties and normative data of the WHODAS 2.0- 12 item were necessary to validate this instrument and assess disability in Brazilian older people. After that, the analysis of the environmental factors (as suggested by ICF) recognized by older people living in apartment complex building and their association with disability was done. The cross-sectional studies here presented were done with two different samples: Sample 1 was used to identify the construct validation and normative data of the WHODAS 2.0 12 item. This sample had 350 individuals attending a community based reference center for older people in São Paulo. The construct validity was tested with Exploratory and Confirmatory Factor Analysis, Parallel Analysis, Item Response Theory. Sample 2 was used to analyse the perceived environmental factors and the disability. It had 96 older people living in a multi-storey apartment complex for low income families in Bragança Paulista. The regression linear analysis was done to identify the environmental barriers associated to disability in the older people. Results: The WHODAS 2.0, 12-item version, is a unidimensional scale, and goodness of fit occurs only with 10 items evaluating disability in older people. Withdrawn items 6 (concentration) and 10 (leading with strangers) established an appropriate adjustment, with high and excellent values for all indicators. The explained variance was 70 per cent and confirmatory analysis showed X2/df = 2,45; p < 0,001, NNFI = 0,98, CFI = 0,99, GFI = 0,99, and RMSEA = 0,06; reliability indexes Cronbachs ( = 0.95) and McDonalds ( = 0,92) were adequate. This new version was named WHODAS 2.0-BO (Brazilian version for older people). At the environmental barriers and disability association study was observed the association between perceived barriers as public transportation, stairs, noise, climate and prejudice and disability with the increased WHODAS 2.0-BO score. Conclusion: older people who recognize environmental barriers such as access to public transportation, stairs, noise, adverse climate and prejudice have an increase in disability score, which can prevent them from aging in place. The public policies should consider the aging and the environmental barriers identified by this study in order to assure aging in place.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-03-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.