• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2015.tde-20032015-113641
Documento
Autor
Nome completo
Karoline Honorato Brunacio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Silva, Zilda Pereira da (Presidente)
Tanaka, Ana Cristina D'Andretta
Yazaki, Lucia Mayumi
Título em português
Perfil das mães com história de repetição de cesárea no Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Cesárea
Nascimento Vaginal Após Cesárea
Parto
Recesariana
Sistema Único de Saúde
Resumo em português
Introdução: A cesárea vem aumentando progressivamente no Brasil e no mundo. Dentre os fatores associados a esse evento, destaca-se a cesárea prévia. Embora a maioria dos partos realizados em mulheres com história de cesárea seja cirúrgico, autores tem demonstrado altos índices de partos vaginais após cesárea - PVAC com baixa incidência de complicações. Diante do alarmante crescimento das taxas de cesárea, o presente estudo objetiva identificar a proporção e o perfil das mães com história de repetição de cesárea - RC no Estado de São Paulo, em 2012. Métodos: Os dados provenientes do Sistema de Informações Sobre Nascidos Vivos foram vinculados aos do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. Os resultados a respeito das características das mães com história de RC foram analisados segundo características da gestação, do recém-nascido RN e segundo tipo do hospital do parto. Os dados foram descritos na forma de medidas de proporção (frequências), com diferenças entre variáveis de interesse verificadas pelos testes de proporção e de médias (nível de significância de 5 por cento ). Resultados: Foram estudados 273.329 nascidos vivos de mães com pelo menos um filho anterior. Destes, 43 por cento nasceram por RC e 7,4 por cento por PVAC. As mães que realizaram CR são mais velhas e mais escolarizadas e os RNs nascidos desse grupo apresentaram menor proporção de baixo peso ao nascer. O início do pré-natal no primeiro trimestre e a realização de 7 ou mais consultas de pré-natal foi mais frequente no grupo CR. Termo precoce foi a classificação mais frequente para idade gestacional dos que nasceram por CR. Em contrapartida, os RNs por parto vaginal apresentaram maiores proporções de termo tardio do que aqueles por repetição de cesárea. A RC foi mais frequente nos hospitais sem vínculo com o Sistema Único de Saúde - SUS (44,1 por cento ). Dentre esses, a maioria (54,3 por cento ) teve idade gestacional classificada como termo precoce. Somente o grupo SUS alcança uma melhor proporção de termo pleno (46,5 por cento ), contudo esse grupo tem a frequência mais elevada de termos tardios (10,9 por cento ). Conclusão: As altas taxas de cesárea de repetição, principalmente no setor privado, evidenciam a necessidade de melhoras no modelo de atenção ao parto no Estado de São Paulo.
Título em inglês
Profile of mothers with repeat cesarean delivery in São Paulo
Palavras-chave em inglês
Cesarean Section
Delivery
Repeat Cesarean Section
Unified Health Syste
Vaginal Birth After Cesarean
Resumo em inglês
Background: Cesarean section has been progressively increasing in Brazil and worldwide. Among the factors associated with this event stands out a prior cesarean delivery. Although most deliveries in women with a prior cesarean delivery is surgical, authors have demonstrated high levels of vaginal births after cesarean - VBAC with low incidence of complications. Given the alarming increase in cesarean rates, this study aims to identify the proportion and profile of mothers with repeat cesarean delivery - RCD in the State of São Paulo, in 2012. Methods: Data from Live Births Information Systems were linked to the National Health Establishments Registration. The results about the characteristics of mothers with RCD were analyzed according to characteristics of pregnancy, newborn and type of maternity hospital. Data were presented in the form of proportion measures (frequencies), with differences between variables of interest verified by the proportion and average tests (5 per cent significance level). Results: 273 329 live births of mothers with at least one previous child were studied. 43 per cent of these were born by RCD and 7.4 per cent by PVAC. Mothers who underwent RCD are older and more highly educated and newborn infants in this group had a lower incidence of low birth weight. The beginning of prenatal care in the first trimester and the realization of 7 or more prenatal visits was more frequent in the RCD group. Early term was the most frequent rating for gestational age born by RCD. In contrast, newborns by vaginal delivery had greater proportions of late term than those by repeat cesarean. The RCD was more common in hospitals not affiliated with the Unified Health System - UHS (44.1 per cent ). In these, the majority (54.3 per cent ) of newborn had gestational age of early term. Only the UHS group achieves a better proportion of full term (46.5 per cent ), however, this group has the highest frequency of late terms (10.9 per cent ). Conclusion: The high repeat cesarean rates, especially in the private sector, highlight the need for improvements in childbirth care model in São Paulo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.