• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2005.tde-17022007-094556
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Eduardo Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Cardoso, Maria Regina Alves (Presidente)
Benites, Nilson Roberti
Larsson, Carlos Eduardo
Título em português
Alergia alimentar em cães
Palavras-chave em português
Alergia e alimentos
Cães
Controle
Diagnóstico
Epidemiologia
Hipersensibilidade alimentar
Prevenção
Terapia
Resumo em português
As alergias alimentares em cães representam cerca de 1% das dermatoses dos cães, é uma doença pouco conhecida com relação a sua etiopatogenia, diagnóstico e tratamento. O objetivo geral é analisar a bibliografia de 1990 até 2003 e levantar o estado atual da arte sobre “Alergia Alimentar em cães”. Foi realizada revisão bibliográfica consultando o sistema de base de dados CAB Abstracts (Commonwealth Agriculture Bureau) e AGRIS. Utilizamos os unitermos: “Dog”, “sensitivity”, “ hipersensitivity”, “ food ”e “allergy”. Ao todo, foram coletados 160 trabalhos do CAB e 58 do AGRIS, somando 218 trabalhos. Destes 218 trabalhos, foram eliminados 74 escritos em outras línguas, que não a língua inglesa ou portuguesa, e 38 trabalhos que foram encontrados tanto no CAB quanto no AGRIS. Dos 106 trabalhos restantes, 21 foram escolhidos para serem inseridos neste trabalho de revisão. Quanto ao desenho de estudo foram coletados: 10 ensaios clínicos, nove revisões e dois levantamentos. Dos 21 trabalhos, 13 foram publicados nos Estados Unidos, cinco no Reino Unido, dois na Nova Zelândia e um na Austrália. Os anos com o maior número de publicações foram: 1992, 1994 e 2002. Os trabalhos foram divididos em seis temas, para melhor abordá-los: definição de conceitos, utilização do cão atópico como modelo de estudo, diagnóstico e tratamento, dietas testes, reações pseudo-alérgicas e mecanismos imunológicos. Quanto à terminologia, elas são utilizadas muitas vezes de forma errada, confundindo as verdadeiras alergias alimentares (IgE mediadas) e as reações adversas aos alimentos, comprometendo o diagnóstico, tratamento e prevenção da doença. Os mecanismos imunológicos não estão ainda totalmente definidos. Não foram encontradas discussões a respeito da “Transição Epidemiológica” ou sobre a “Hipótese da Higiene” e não foi possível verificar com a análise dos trabalhos selecionados a possível relação entre a mudança brusca de alimentação que sofreram os cães na última década e o provável aumento do número de casos de alergia alimentar.
Título em inglês
Food allergy in dog's
Palavras-chave em inglês
Alimentary hypersensitivity
Allergy and foods
Control
Diagnosis
Dogs
Epidemiology
Prevention
Therapy
Resumo em inglês
The alimentary allergies in dogs represent about 1% of the dogs’ dermatosis, it is an illness little known with regard to its etiopathic, diagnosis and treatment.The general objective is to analyze the bibliography since 1990 up to 2003 and to raise the current position of the art on "Alimentary Allergy in dogs". Bibliographical revision was carried out consulting system data-base CAB Abstracts (Commonwealth Agriculture Bureau) and AGRIS. We use for key words: "Dog", "sensitivity", "hypersensitivity", "food" and "allergy". Altogether, 160 works of CAB and 58 of the AGRIS had been collected, adding 218 works. Of these 218 works, 74 writings in other languages, that not in English or Portuguese, and 38 works that had been found in CAB in AGRIS had been left out. Of the 106 remaining studies, 21 had been chosen to be added in this work of revision based on: title of the work, author, sample size, drawing of clear-cut study, impact factor of the publication magazine and subject directly related to the objective of the present study. As for the study drawing had been collected: 10 clinical assays, nine revisions and two surveys. Of the 21 works, 13 had been published in the United States, five in the United Kingdom, two in New Zealand and one in Australia. The years that had more number of publications had been: 1992, 1994 and 2002. The studies had been divided in six subjects to better approach them: definition of concepts, use of atopic dogs as study model, diagnosis and treatment, diets tests, pseudo-allergic reactions and immunological mechanisms. Several times the terminologies is used in wrong way, confusing the true alimentary allergies (IgE mediated) and the adverse reactions to foods, compromising the diagnostic, treatment and prevention of the illness. The immunological mechanisms still are not total defined. Discussion concerning on the "Epidemiological Transition" or on the "Hygiene’s Hypothesis" had not been found and it was not possible to verify with the analyze of the selected works the possible relation between the brusque change of feeding that the dogs had suffered in finish decade and the probable increase of the number of cases of alimentary allergy in dogs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
alergia.pdf (344.34 Kbytes)
Data de Publicação
2007-02-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.