• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Vanderlei Carneiro da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Chiavegatto Filho, Alexandre Dias Porto (Presidente)
Lotufo, Paulo Andrade
Oliveira, Julicristie Machado de
Toporcov, Tatiana Natasha
Título em português
Aposentadoria, alimentação e fatores de risco à saúde no Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil)
Palavras-chave em português
Aposentadoria
Envelhecimento
Fatores de Risco
Qualidade da Dieta
Resumo em português
A sociedade brasileira tem passado nas últimas décadas por um intenso processo de envelhecimento. Entretanto, o número de estudos sobre a influência da aposentadoria na alimentação e outros possíveis fatores de risco ainda é baixo. Esta dissertação foi dividida em duas partes. Na primeira, foi analisado o papel da aposentadoria na alimentação, e na segunda, a sua associação com o tabagismo, a prática de atividade física e o consumo excessivo de álcool. A amostra foi composta por 6.529 servidores públicos de 50 a 69 anos de idade, sendo 2.854 homens e 3.675 mulheres, provenientes do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), um estudo de coorte realizado em seis centros de ensino superior no Brasil. O Índice de Qualidade da Dieta-Revisado (IQD-R) foi utilizado para a avaliação do consumo a partir do Questionário de Frequência Alimentar aplicado na primeira onda de avaliações, que ocorreu entre agosto de 2008 e dezembro de 2010. Nas duas análises, foram utilizados modelos de regressão logística com efeitos fixos por centro de investigação e ajuste por variáveis sociodemográficas e de saúde. Os resultados mostraram que a aposentadoria esteve associada com uma dieta de melhor qualidade apenas entre os homens (OR 1,70; IC95 por cento : 1,04-2,76). Foi encontrada também uma associação positiva para homens com cônjuge também aposentado (OR 2,24; IC95 por cento : 1,01-4,95). Quanto aos demais fatores analisados, entre os homens foi encontrada uma associação da aposentadoria com maior prática de atividade física (OR 1,73; IC95 por cento : 1,08-2,78) e neutra com tabagismo e consumo de álcool. Entre as mulheres, foi encontrada associação da aposentadoria com maior prática de atividade física apenas quando o cônjuge não estava aposentado (OR 2,35; IC95 por cento : 1,20-4,64). Este estudo apresenta análises e resultados novos sobre a relação entre aposentadoria e fatores de risco como alimentação e atividade física, essenciais para a preservação da saúde e da qualidade de vida durante o processo de envelhecimento
Título em inglês
Retirement, food and health risk factors in the Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brazil)
Palavras-chave em inglês
Aging
Quality of Diet
Retirement
Risk Factors
Resumo em inglês
Brazil has undergone an intense aging process in recent decades. However, the number of studies on the influence of retirement on individual diet and other possible risk factors is still low. This dissertation was divided in two parts. In the first, we analyzed the role of retirement in diet, and in the second, its association with smoking, physical activity and excessive alcohol consumption. The sample consisted of 6,529 public servants from 50 to 69 years old, of which 2,854 were men and 3,675 women. Data was obtained from the Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brazil), a cohort study with civil servants from six Brazilian higher education centers. The Diet-Revised Quality Index (IQD-R) was used to evaluate the intake from the Food Frequency Questionnaire applied in the first wave, which occurred between 2008 and 2010. We used logistic regression with fixed effects per research center, adjusted for sociodemographic and health variables. Retirement was associated with a better quality diet only among men (OR 1,70; CI95 per cent : 1,04-2,76). There was also a positive association for men with a retired spouse (OR 2,24; CI95 per cent : 1,01-4,95). Regarding the other factors analyzed, for men we found an association of retirement with greater physical activity practice (OR 1,73; CI95 per cent : 1,08-2,78) and neutral with smoking and alcohol consumption. Among women, we found an association of retirement with greater physical activity when spouse was not retired (OR 2,35; CI95 per cent : 1,20-4,64). The study presents new results on the relationship between retirement and risk factors such as diet and physical activity, which are essential for the preservation of health and quality of life during the aging process
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.