• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2013.tde-11112013-135905
Documento
Autor
Nome completo
Breno Souza de Aguiar
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Chiaravalloti Neto, Francisco (Presidente)
Barrozo, Ligia Vizeu
Zanetta, Dirce Maria Trevisan
Título em português
Análise espacial e espaçotemporal da Aids no município de São Paulo entre 2001 e 2010
Palavras-chave em português
Análise espacial
São Paulo
Síndrome da imunodeficiência humana adquirida
Resumo em português
Dos casos de Aids notificados no Brasil desde 1981, 14 % ocorreram no município de São Paulo. A vigilância epidemiológica da Aids permite identificar características da doença na população após a infecção pelo HIV. O estudo ecológico pretende descrever o perfil epidemiológico da Aids no município de São Paulo entre 2001 e 2010 a partir da análise espacial e espaçotemporal dos casos notificados na população com 13 anos e mais segundo gênero, faixa etária, raça / cor, escolaridade, categoria de exposição, local de residência e ano de diagnóstico. Foram notificados 28146 casos, com predomínio de transmissão pela via sexual. Observou-se diminuição das taxas de incidência na população em geral, exceto nos homens de 13 a 29 anos e nas pessoas acima de 60 anos. A razão de sexo na faixa etária de 13 a 19 anos aumentou para 2,7 casos em homens para cada caso em mulher. Na população masculina a proporção de casos aumentou entre os homossexuais com maior concentração na região Central da cidade; nas mulheres a via de transmissão heterossexual predominou em todo o município. Após geocodificação e análise espacial de dados foram identificados três aglomerados espaciais na população masculina e 10 na feminina, dois aglomerados espaçotemporais na população masculina e sete na feminina (p 0,05) utilizando-se o modelo discreto de Poisson; foram apresentadas as informações destes aglomerados (identificação, número de setores censitários e casos de Aids, risco relativo, período e distritos administrativos envolvidos). As técnicas de geoprocessamento permitem associar informações agregadas, ambientais e globais, além de estabelecer tendências da epidemia na população em geral e em subgrupos populacionais específicos. A análise espacial de dados pode ser útil às ações de vigilância e controle da Aids no município de São Paulo, além de contribuir no planejamento da assistência à saúde das pessoas vivendo com HIV/Aids
Título em inglês
Spatial and space time analysis of AIDS in São Paulo between 2001 and 2010
Palavras-chave em inglês
Acquired immunodeficiency syndrome
São Paulo
Spatial analysis
Resumo em inglês
Of AIDS cases reported in Brazil since 1981, 14% occurred in São Paulo city. Epidemiological surveillance of AIDS identifies characteristics of the disease in the population after HIV infection. The ecological study aims to describe the epidemiology of AIDS in São Paulo between 2001 and 2010 from the spatial and space time analysis of reported cases in the population aged 13 and over by gender, age, race / color, education, category exposure, place of residence and year of diagnosis. 28146 cases were reported, predominantly through sexual transmission. Observed decrease in incidence rates in the general population, except for males 13-29 years and in people over 60 years. The sex ratio in the age group 13-19 years increased to 2.7 cases in men for every case in women. In the male population the proportion of cases among MSM increased with higher concentration in the central city; women in heterosexual transmission predominated throughout the county. After geocoding and spatial data analysis identified three spatial clusters in males and 10 for females, two space time clusters in males and seven for females (p 0.05) using the discrete Poisson model and also clusters information (identification number of census tracts, numbers of AIDS cases, relative risk, time and involved administrative districts). The GIS techniques allow associating aggregate information, environmental, global and establish trends of the epidemic in the general population and in specific subpopulations. The spatial data analysis can be useful to surveillance and control of AIDS in São Paulo, and contribute in the planning of health care for people living with HIV / AIDS
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
BrenoAguiar.pdf (2.98 Mbytes)
Data de Publicação
2013-11-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.