• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2003.tde-30082008-171441
Documento
Autor
Nome completo
Patrícia Rossi Carraro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2002
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Antonio dos Santos (Presidente)
Cavicchia, Durlei de Carvalho
Cianflone, Ana Raquel Lucato
Título em português
Crenças e representações dos professores sobre o construtivismo, os parâmetros currículares nacionais (PCN) e as inovações pedagógicas no contexto das diretrizes propostas para o ensino fundamental a partir da nova LDB
Palavras-chave em português
Construtivismo
Inovações Pedagógicas
Parâmetros Curriculares Nacionais
Pensamento do Professor
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo investigar, a partir da linha de pesquisa “Pensamento do Professor”, as crenças e representações dos professores do ensino fundamental a respeito do construtivismo, dos parâmetros curriculares nacionais e das inovações pedagógicas decorrentes da nova LDB. Foi realizada entrevista de profundidade, semi-estruturada, com quarenta professores do ensino fundamental, em duas Escolas da Rede Pública de Ensino de uma cidade do interior de São Paulo, em duas sessões. A primeira buscava a contextualização da formação, história e prática profissional dos professores e teve, ainda, como objetivo, o estabelecimento de um vínculo mais favorável que facilitasse a participação dos entrevistados. A segunda sessão investigou as crenças e representações em relação ao construtivismo, aos PCN e as inovações do ensino atual. Os resultados das entrevistas gravadas e transcritas literalmente foram submetidos à Análise de Conteúdo. Revelaram que a maioria dos professores não é desfavorável às mudanças no cotidiano escolar, pois acreditam que estas são necessárias e importantes. O que não concordam é a maneira como estas transformações são implantadas e conduzidas. A grande maioria dos professores revelou ter uma noção imprecisa e, às vezes, até equivocada sobre o construtivismo. Para muitos deles, este é um método de ensino, cuja característica essencial é a criança construir seu próprio conhecimento. Quanto aos PCN, a grande maioria demonstrou uma visão superficial, e que se sentem obrigados a inseri-los nos seus planejamentos e na sua prática, embora não tenham conhecimento de que a fundamentação teórica dos PCN, seja a perspectiva construtivista. Os poucos que falaram desse assunto, também, não têm muito clareza sobre esta relação. Quanto às inovações pedagógicas, a maior parte deles declarou que estas não estão orientando, devidamente, o trabalho docente e se sentem despreparados e desrespeitados pelas políticas educacionais. Não se mostraram favoráveis à progressão continuada, pois declararam que ela trouxe muito desconforto e insegurança na realização das atividades escolares. A grande maioria se considera despreparada para trabalhar com o construtivismo, com os PCN e com a progressão continuada, por falta de estudos, de orientações e de apoio da escola. Percebeu-se que, para os professores, as reformas estão sendo feitas de forma imposta, tendo que assimilá-las muito rapidamente. Eles acreditam que, se as mudanças no ensino fossem bem trabalhadas, trariam bons resultados. Os dados encontrados confirmam a literatura consultada. Destaca-se, entre as implicações educacionais enunciadas, maior investimento e empenho na formação inicial e continuada dos professores. O conhecimento, as experiências dos professores e o contexto educacional precisam ser levados em conta, quando se pretendem fazer as mudanças, no ensino, serem bem sucedidas. O processo de reforma educacional precisa oferecer espaços de reflexão para o professor e estes deveriam estar, em algum grau mínimo, pelo menos, envolvidos no processo de elaboração das propostas de mudanças no ensino, bem como terem o devido respaldo depois da sua implantação, podendo assim contribuir para o sucesso destas
Título em inglês
Beliefs and representations of teachers about constructivism, national curricular parameters and pedagogic innovations within the context of the directives proposed for basic teaching starting from the new LDB. 2002
Palavras-chave em inglês
Constructivism
National Curricular Parameters
Pedagogic Innovations
Teacher's Thought
Resumo em inglês
The objective of the present study was to investigate, based on the Teacher's Thought research line, the beliefs and representations of basic education teachers concerning constructivism, the national curricular parameters and the pedagogic innovations derived from the new LDB. In-depth, semi-structured interviews were held with forty basic education teachers at two schools of the Public Education Network in a city in the interior of the state of São Paulo, in two sessions. The objective of the first was to determine the context of the training, history and professional practice of the teachers and also to establish a more favorable tie that would facilitate the participation of the interviewees. The second interview investigated the beliefs and representations concerning the constructivism, the national curricular parameters and the innovations of current teaching. The results of the interviews, which were taped and transcribed literally, were submitted to content analysis and revealed that most of the teachers are not unfavorable to changes in daily school activity since they believe that such changes are necessary and important. What they do not agree about is the way these transformations are implanted and conducted. Most of the teachers were found to have an imprecise and, at times, even equivocal notion of constructivism. According to many of them, this is a teaching method whose essential characteristic is that the child constructs his/her own knowledge. With respect to the national curricular parameters, most teachers showed a superficial vision and feel obliged to insert them into their planning and practice although they are not aware of the fact that the theoretical foundation of the national curricular parameters is the constructivist perspective. The few who talked about this topic were also unclear about this relation. As to the pedagogic innovations, most of the teachers declared that these innovations are not duly orienting the teaching task and that they feel unprepared for, and disrespected by, the educational policies. They were not favorable to continued progression, which they consider to bring a lot of discomfort and insecurity in the execution of school activities. Most of them feel unprepared to work with constructivism, with the national curricular parameters or with continued progression because of lack of study, of guidelines and of support from the school. It could be seen that the teachers feel that the reforms are being imposed and must be assimilated very rapidly. They believe that, if the changes in teaching were properly treated they would bring good results. The data obtained confirm literature reports. Among the educational implications stated, we emphasize a greater investment and engagement in the initial and continued training of teachers. The knowledge, experience and educational context of the teachers should be taken into account if successful changes in teaching are desired. The process of educational reform must offer space for reflexion to the teachers, who should be involved, at least at a minimal level, in the process of elaboration of the proposals of changes in education and should then receive the proper support after their implantation, so as to be able to contribute to their success
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-09-04
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. Concepções docentes acerca da implantação dos parâmetros curriculares nacionais na rede estadual de ensino fundamental. Revista Psicologia e Comunidade, 2009, vol. 1, p. 29-54.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. Concepções Docentes sobre a Progressão Continuada e sua Implantação na Rede Estadual de Ensino Fundamental. Revista Científica Eletrônica UNISEB [online], 2013, vol. 1, p. 1-15. Dispon?vel em: http://uniseb.com.br/presencial/revistacientifica/.
  • Carraro, Patrícia Rossi, and Andrade, Antônio dos Santos. Concepções docentes sobre o construtivismo e sua implantação na rede estadual de ensino fundamental [doi:10.1590/S1413-85572009000200008]. Psicologia Escolar e Educacional [online], 2009, vol. 13, p. 261-268.
  • ANDRADE, A. S., e CARRARO, P. R. Crenças e representações dos professores sobre o construtivismo, os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) e as inovações pedagógicas no contexto das diretrizes propostas para o ensino fundamental a partir da nova LDB redação da dissertação. In SEMINÁRIO DE PESQUISA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOIGA, VI, Ribeirão Preto, SP, 2003. LIVRO DE RESUMOS.Ribeirão Preto, SP : Légis Suma, 2003. Resumo.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. A Progressão Continuada: considerações a partir da perspectiva dos professores do Ensino Fundamental. In Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional, IX, São Paulo, SP, 2009. Programas & Resumos.São Paulo, SP : Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional - ABRAPEE, 2009. Resumo.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. Concepções docentes acerca da implantação dos Parâmetros Curriculares Nacionais na rede estadual de Ensino Fundamental. In Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional, IX, São Paulo, SP, 2009. Programa & Resumos.São Paulo, SP : Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional - ABRAPEE, 2009. Resumo.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. Crenças e representações dos professores sobre o construtivismo, os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e as Inovações Pedagógicas no contexto das diretrizes propostas para o Ensino Fundamental a partir da LDB de 1996. In REUNIÃO ANUAL DE PSICOLOGIA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE PSICOLOGIA, XXXII, Florianópolis, SC, 2002. RESUMOS., 2002. Resumo.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. Investigação sobre crenças e representações dos professores do Ensino Fukndamental a respito do construtivistmo. In Seminário de Pesquisa, IV, Ribeirão Preto, SP., 2001. Livro de Resumos., 2001. Resumo.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. Investigações sobre crenças e representações dos professores do ensino fundamental a respeito do construtivismo. In Semiário de Pesquisa, V, Ribeirão Preto, SP, 2002. Livro de Resumos., 2002. Resumo.
  • CARRARO, P. R., e ANDRADE, A. S. Os professores e as inovações pedagógicas a partir da nova LDB. In REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE PSICOLOGIA, XXXIV, Ribeirão Preto, SP, 2004. CR-Room., 2004. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.