• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2009.tde-21092011-155316
Documento
Autor
Nome completo
Gislayne Cristina Figueiredo Vasquez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Pinto, Jose Marcelino de Rezende (Presidente)
Cunha, Marcus Vinicius da
Piotto, Débora Cristina
Souza, José Gilberto de
Zuin, Antonio Alvaro Soares
Título em português
Experiência e luta pela terra: o assentamento Sepé Tiaraju e o MST
Palavras-chave em português
movimentos sociais no campo
MST
psicologia social
T.W. Adorno
Teoria Crítica
Resumo em português
A questão agrária acompanha a história do país, marca a base da organização da sociedade brasileira e permanece distante de ser resolvida. Tendo como pano de fundo essa questão, vários movimentos sociais surgiram ao longo da história, inclusive aquele que é considerado hoje o mais importante e vigoroso movimento social que luta pela transformação da sociedade: o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). Neste trabalho, pretendemos observar as relações que se estabelecem dentro do movimento social, em sua atuação concreta em um assentamento de reforma agrária, analisando os aspectos que contribuem e os que atrapalham o desenvolvimento de práticas emancipatórias e a construção de uma nova sociedade, utilizando para isso a psicologia social de T.W. Adorno. Como metodologia de pesquisa, optamos por uma abordagem qualitativa, um estudo de caso. Os dados indicam que frente à totalidade reinante nesta sociedade, o MST se constitui em uma possibilidade de que os indivíduos tenham uma experiência (Erfahrung), ou seja, que se coloquem de uma maneira reflexiva frente ao mundo administrado, que tenham uma possibilidade de desenvolvimento do pensamento não tutelado e questionador, ao mesmo tempo em que criam um conteúdo coletivo e um significado partilhado para suas ações. Por outro lado, com a entrada da lógica da mercadoria e do princípio do equivalente no assentamento, a vivência (Erlebnis) tende a tomar o lugar da experiência (Erfahrung), e os indivíduos tendem a voltar a se adaptar ao mundo administrado, o que causa uma série de rompimentos e desencontros. Isso, somado ao ingresso dos agentes estatais no assentamento, faz com que o MST passe a ter dificuldade de manter sua influência junto aos assentados, o que pode levá-lo a assumir uma postura que incentiva a adesão não refletida aos seus princípios e, portanto, remete ao pensamento em bloco, à mentalidade do ticket. Finalizamos salientando que para o MST continuar contribuindo para a emancipação dos sujeitos no assentamento, deve atentar para a importância da autodeterminação e da liberdade dos indivíduos, problematizando o já dado, explicitando as contradições e fomentando a construção de espaços coletivos que contribuam com o esclarecimento, com a autonomia.
Título em inglês
Experience and struggle for land: the Sepé Tiaraju settlement and the MST (Landless Rural Workers Movement).
Palavras-chave em inglês
Critical Theories
MST
social movements in rural areas
social psychology
Theodor Wiesengrund Adorno.
Resumo em inglês
The property of the land question is a permanent issue in the history of the country. It characterizes the basis of the organization of the Brazilian society, and remains as an issue far from being solved. Having this question as a background, several social movements have emerged. Among them, there is one which today is considered the most important and vigorous social movement struggling for a change in society; that is the Landless Rural Workers Movement (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra MST). This study attempts to observe the relations that are established within the social movement, in its concrete action in a land reform settlement. It will also analyze the different aspects that contribute or hinder the development of their emancipation and the construction of a new society. This study is based on the social psychology theories of Theodor Wiesengrund Adorno. As a methodology of research, a qualitative approach and case study were used. All informations, gathered through interviews and practical observation, indicate that in relation to the reigning totality in this society, the MST has become a possibility in which the individuals may have a experience (Erfahrung). This is to say, that these individuals assumed a reflective position in relation to the administered world, and that they had the possibility of developing their own thinking and questioning. At the same time, they created a collective content and a shared meaning for their activities. On the other hand, with the upcoming of the logic of merchandise and the equivalent principle in the settlement, the apprehension of reality (Erlebnis) tends to take the place of experience (Erfahrung) and the individuals tend to go back and adapt themselves to the administered world. This fact causes a series of misunderstanding and ruptures. In addition, the participation of government representatives in this new reality of the settlement, causes problems to the MST. The Movement has difficulties in keeping its influence on the settler. Such a situation may take the MST to assume a position which leads to non-reflective actions not in agreement with its principles, and therefore leads to mass thinking, the so-called ballot mentality. To finish up, the study emphasizes that the MST should continue to contribute towards the emancipation of the individual in the settlement; it should ponder the importance of autodetermination and freedom, pointing out the real cause of problems; it should explain all contradictions; and it should motivate the construction of collective spaces which will contribute to enlightenment, and lead to more autonomy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
teseGislayne.pdf (13.61 Mbytes)
Data de Publicação
2013-03-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.