• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.59.2018.tde-20062018-113017
Documento
Autor
Nome completo
Flavia Andréa Pasqualin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Barbosa, Francirosy Campos (Presidente)
Chagas, Gisele Fonseca
Dantas, Sylvia Duarte
Santos, Manoel Antonio dos
Sousa, Lucília Maria Abrahão e
Título em português
O (des)encanto do casamento intercultural: brasileiras casadas com muçulmanos estrangeiros
Palavras-chave em português
Antropologia social; Casamento intercultural; Psicologia intercultural
Resumo em português
Esta pesquisa, fundamentada na Psicologia Intercultural e na Antropologia Social, se propôs a compreender quais são as vivências, relacionadas aos aspectos étnicos e religiosos, existentes no casamento entre uma brasileira (muçulmana ou não) e um muçulmano estrangeiro. Para tal foi adotado o método etnográfico, presencial e virtual, tendo como campo empírico presencial uma comunidade turca muçulmana localizada na cidade de São Paulo e uma comunidade muçulmana localizada na cidade de Barretos, interior de São Paulo. Como campo empírico virtual a pesquisa contou com blogs pessoais, comunidades no Facebook e vídeos amadores produzidos por brasileiras casadas com muçulmanos turcos e árabes, uma vez que se entende o espaço cibernético como uma dimensão constitutiva de uma sociedade, onde os sujeitos se constroem e atuam. Os colaboradores desta pesquisa foram brasileiras casadas com muçulmanos turcos ou árabes, tanto do ambiente presencial quanto virtual e membros pertencentes as comunidades especificadas. Como instrumento de coleta de dados, a pesquisa contou com a observação participante da pesquisadora nas comunidades muçulmanas já referidas e em casas de casais interculturais (brasileira casada com muçulmano árabe ou turco) e casais turcos, com as observações feitas em vídeos amadores (disponibilizados no YouTube) produzidos por algumas interlocutoras como também os produzidos por outras brasileiras que se relacionavam ou haviam se casado com um muçulmano turco ou árabe, em notícias jornalísticas ou institucionais viabilizadas na rede, assim como em material televisivo: filmes e novelas. Os registros feitos em caderno de campo também foram utilizados, assim como se utilizou entrevistas abertas realizadas presencialmente e/ou via Skype, WhatsApp ou e-mail. Os dados coletados estão inseridos e analisados por eixos temáticos e encontram-se distribuídos ao longo do texto, simultaneamente à teoria. Com efeito, concluiu-se que os encantos estiveram presentes na aprendizagem de uma nova cultura; músicas, sabores, paisagens e o relacionar-se com um homem que ainda guarda o romantismo perdido de muitos brasileiros. Os desencantos se referiram a novos hábitos alimentares, a aceitação da nova religião (islâmica) pela família brasileira e a vivência em terras em que os papéis de gênero são bem delineados. Contudo, também se encontrou nessa pesquisa, a problemática dos relacionamentos realizados de forma integral no mundo virtual, em que muitas brasileiras são utilizadas como trampolim para esses homens deixarem a crise financeira de seus países, o que acaba por resultar em casamentos interculturais com enfrentamento de altos níveis de dificuldades, incluindo brasileiras vítimas de vários tipos de abusos.
Título em inglês
The (dis)enchantment of intercultural marriage: Brazilian women married to foreign Muslims
Palavras-chave em inglês
Intercultural marriage; Intercultural psychology; Social anthropology
Resumo em inglês
This research, grounded on Intercultural Psychology and Social Anthropology, aimed to understand the experiences related to the ethnic and religious aspects of the marriage between a Brazilian woman (Muslim or not) and a foreign Muslim man. The study used the ethnographic method, using virtual and face-to-face methods to collect empirical data, having a Turkish Muslim community located in the city of São Paulo and a Muslim community located in the city of Barretos, in the interior of São Paulo state, for the face-to-face interactions. In order to collect the virtual empirical data, the researcher accessed personal blogs, Facebook communities and amateur videos produced by Brazilian women married to Turkish and Arab Muslim men, since the cyber space is understood as a constitutive dimension of a society, where the subjects build themselves and act. The collaborators of this research were Brazilian women married to Turkish or Arab Muslims, both from the face-to-face and virtual environments, and members belonging to the specified communities. Research included participant observation of the researcher in the Muslim communities already mentioned and in houses of intercultural and Turkish couples as data collection instrument. Intercultural couples were Brazilian women married to Arab or Turkish Muslim men. Amateur videos produced by some interlocutors, available in YouTube, were used for observation. Videos produced by other Brazilian women who had relationship or had married Turkish or Arab Muslim men, reports or institutional news available on the internet and television material such as movies and soup operas were also sources for participant observation. Other materials used were registers made in the field notebook and open face-to-face, Skype, WhatsApp or e-mail interviews. Collected data were inserted and analyzed by thematic axes, distributed simultaneously with the theoretical concepts throughout the text. It was concluded that charms were present in learning a new culture; music, flavors, landscapes and the relationship with a man who still keeps the lost romanticism of many Brazilians. However, the disenchantment refers to new eating habits, the acceptance of the new (Islamic) religion by the Brazilian family and the experience in lands where the gender roles are well delineated. However, the research also found the issue of relationships fully developed in the virtual world, in which many Brazilian women are used as a springboard for these men to leave the financial crisis of their countries. This ultimately results in intercultural marriages that face several difficulties, including Brazilian women being victim of various types of abuse.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TESE_corrigida.pdf (6.30 Mbytes)
Data de Publicação
2018-07-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.