• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2014.tde-11052015-154300
Documento
Autor
Nome completo
Marcella Cassiano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Neufeld, Carmem Beatriz (Presidente)
Elias, Luciana Carla dos Santos
Teodoro, Maycoln Leôni Martins
Título em português
Investigação de um programa cognitivo-comportamental de orientação de pais no contexto de promoção de saúde
Palavras-chave em português
Abordagem Cognitivo-Comportamental
Grupo
Orientação de pais
Promoção de Saúde.
Resumo em português
A família é um componente fundamental para o desenvolvimento e socialização infantil. Práticas educativas parentais adequadas e consistentes influenciam positivamente o repertório comportamental e emocional da criança, além do relacionamento intrafamiliar. No entanto, apesar da necessidade de orientar pais ser amplamente mencionada na literatura, há poucas intervenções estruturadas descritas que visem esse objetivo, sobretudo anteriores ao surgimento de queixas clínicas infantis. Mais escassas ainda são as modalidades de orientação de pais que incorporam aspectos cognitivos e emocionais. Este estudo visa contribuir com a aquisição e aprimoramento de práticas educativas parentais adequadas e investir em uma melhor interação familiar, ao propor e investigar o PROPAIS II, um programa de orientação de pais Cognitivo-Comportamental de duração breve. Este se volta para pais de crianças em idade escolar e finalização da educação infantil e enquadra-se no contexto de promoção de saúde, sendo realizada em instituições não governamentais de educação e fortalecimento de vínculos. Participaram do estudo 25 pais ou cuidadores de crianças, de duas instituições não governamentais de grande porte do Interior de São Paulo. Os instrumentos utilizados foram: Child Behavior Checklist (CBCL 6/18 anos), Escalas de Qualidade na Interação Familiar (EQIF-versão pais) e Critério de Classificação Econômica Brasil (CCEB). Os participantes foram submetidos às seis sessões do Programa e duas sessões de testagem, uma anterior e uma posterior ao grupo interventivo. O Programa foi aplicado em grupos, com média de cinco participantes cada, sendo oferecido em seis grupos independentes. Para verificar a efetividade do Programa para os participantes foram realizadas análises quantitativa dos dados comparando os escores pré e pós-intervenção e análise qualitativas dos relatos dos pais nas sessões e na avaliação final, coletadas por registro das falas durante as sessões. O intervalo de confiança adotado para o estudo foi de 95%. Os resultados indicam que os participantes obtiveram melhoras significativas na Interação Familiar, adotando práticas educativas mais positivas e adequadas, ganhando também maior consciência acerca de seus sentimentos, comportamentos e emoções. Sugerem também ampliação da compreensão do comportamento de seus filhos e dos próprios, relacionados ao educar, sinalizando a importância da inserção do Modelo Cognitivo na orientação de pais. As queixas comportamentais infantis, na percepção dos pais, mostraram modificações quanto a problemas externalizantes, sobretudo agressividade. Os resultados obtidos após as seis sessões apontam para a importância de se investir no treinamento para aquisição de melhores práticas educativas parentais e interação familiar mais saudável. O estudo sinalizou também dificuldades na adesão dos pais para formação dos grupos, justificando novos investimentos para compreensão de fatores relacionados à baixa adesão e para que abarque mais participantes.
Título em inglês
Investigation of a Cognitive-Behavioral parents guiding program into health promotion's context
Palavras-chave em inglês
Cognitive-Behavioral Therapy
Group
Health Promotion
Parents\' Guiding
Resumo em inglês
Family is a key to child's development and socialization. Appropriate and consistent parenting practices positively influence the behavioral and emotional repertoire of the child and the intrafamily relationship. However, despite the need to counsel parents be widely reported in the literature, structured interventions aimed at this goal are scarcely represented in the literature, especially prior to the emergence of children's clinical complaints. Rarer still are the modalities of parents' guiding incorporating cognitive and emotional aspects. This study aims to contribute to the acquisition and improvement of appropriate parenting practices and invest in a better family interaction, while proposing to investigate the PROPAIS II, a brief Cognitive-Behavioral program of parents' guiding. This program aims to parents of school- age children and completion of early childhood education and fits in the context of health promotion, being performed in non-governmental educational institutions and strengthening of bonds. Study participants were 25 parents or caregivers of children, two non-governmental institutions of Ribeirão Preto - SP. The instruments employed were the Child Behavior Checklist (CBCL 6/18 years), Scales of Quality Family Interaction (EQIF-parent version) and Brazil Economic Classification Criterion (CCEB). Participants underwent six sessions of the program and two testing sessions, one before and one after the interventive group. The program was applied in groups, averaging five participants each, being offered in six independent groups. To assess the effectiveness of the program for participants, quantitative data analysis were employed, comparing pre and post intervention, and qualitative analysis using parental reports at sessions and final assessment scores collected by recording the speeches during the sessions were made. The confidence interval for the study was 95%. The results indicate that participants experienced significant improvements in Family Interaction, adopting more positive and appropriate educational practices, also gaining greater awareness of feelings, behaviors and emotions. Results also suggest expanding the understanding of the behavior of their children and themselves, related to education, signaling the importance of inserting the Cognitive Model in parental guiding. Child behavioral complaints and parents' perception showed changes as externalizing problems, particularly aggression. Results after six sessions point out to the importance of investing in training to acquire better parenting practices and healthy family interaction. The study also signaled difficulties in adhering to parent guiding groups, justifying new investments for understanding factors related to poor adherence and encompassing more participants.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissertacao.pdf (1.74 Mbytes)
Data de Publicação
2015-05-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.