• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.59.2005.tde-19072005-165001
Documento
Autor
Nome completo
Rondinelli Donizetti Herculano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2005
Orientador
Banca examinadora
Graeff, Carlos Frederico de Oliveira (Presidente)
Carneiro, Antonio Adilton Oliveira
Goncalves, Debora
Título em português
"Sensor Sólido de óxido nítrico utilizando látex como matriz".
Palavras-chave em português
aprissionamento do NO
matriz de mátex FeDETC
sensor de óxido nítrico
Resumo em português
O óxido nítrico (NO) é um dos mais importantes radicais livres da fisiologia humana. Desde a sua descoberta, inúmeras pesquisas são realizadas com o objetivo de encontrar métodos alternativos para detecção e quantificação deste radical in vitro, in vivo e ex vivo.Este trabalho consistiu no desenvolvimento e aperfeiçoamento de um sensor de NO construído a partir de uma matriz sólida de látex. O sensor proposto baseia-se no aprisionamento do complexo ferro(II)-dietilditiocarbamato Fe+2(DETC)2, dentro da matriz sólida. Neste caso, o NO é armadilhado no FeDETC, o que permite a sua detecção. O látex foi usado como matriz sólida por ser promissor em aplicações biomédicas, pois apresenta excelentes propriedades de bio-compatibilidade e de estímulo natural a angiogênese. Para a detecção do NO, bem como para a caracterização do sensor, foi utilizada a técnica de ressonância paramagnética eletrônica (RPE), devida a sua seletividade e sensibilidade. As análises dos processos de otimização do sensor sólido envolveram as concentrações de FeCl3.6H2O e DETC, temperatura do látex, proporção de FeDETC na matriz de látex, homogeneidade da membrana, sensibilidade e reprodutibilidade do sinal de RPE. O sensor apresentou uma alta estabilidade quando observado por RPE. A detecção do NO pôde ser obtido mesmo depois de 40 dias de exposição ambiente. Ele pode ser reutilizado e é capaz de medir o NO em concentrações de até 0,1mM. Estes resultados faz do látex-FeDETC um sensor promissor de NO onde a detecção com resolução espacial pode ser atingida.
Título em inglês
Solid Sensor of Nitric Oxide using a latex matrix
Palavras-chave em inglês
FeDETC
nitric oxide
Resumo em inglês
Nitric oxide (NO) is one of the most important free radicals of the human physiology. Since its discovery, many efforts have been preformed in order to find alternative methods of detection and quantification for this radical in vitro, in vivo and ex vivo. In this work a NO sensor is made with a solid latex matrix was developed and improved. The proposed sensor is based on encapsulating the complex iron(II)-diethyldithiocarbamic Fe+2(DETC)2 in a solid matrix. In this case, the NO radical is trapped in FeDETC, which allows its detection. The latex was used as solid matrix due to excellent biocompatible, natural angiogenesis properties and it is a promising material to be applied in biological systems. The electron paramagnetic resonance (EPR), a selective and sensible technique, was used for the NO detection and sensor characterization. The fabrication and optimization processes was analyzed by FeCl36H2O and DETC concentrations, latex temperature, FeDETC/latex ratio, membrane homogeneity, sensitivity and reproducibility of the RPE signal. The sensor presents high stability when observed by EPR. The NO detection can be observed even after the sensor is exposed to ambient atmosphere for 40 days. It can be reused and is able to measure NO concentration of 0,1mM. These results make the latex-FeDETC a promising NO sensor.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (686.69 Kbytes)
Data de Publicação
2006-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.