• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2014.tde-11122014-110951
Documento
Autor
Nome completo
Carla Cristina Camilo Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Sousa Neto, Manoel Damião de (Presidente)
Pecora, Jesus Djalma
Ribeiro Sobrinho, Antonio Paulino
Silva, André Luís Faria e
Soares, Janir Alves
Título em português
Avaliação da técnica de obturação usando cone único de sistemas reciprocantes com diferentes cimentos, em relação ao selamento apical e adesividade à dentina
Palavras-chave em português
endodontia
instrumentos reciprocantes
obturação
odontologia
técnica de cone único
Resumo em português
O objetivo deste estudo ex vivo foi avaliar o selamento apical e a resistência de união à dentina radicular da obturação de canais radiculares usando a técnica do cone único dos sistemas WaveOne e Reciproc com diferentes cimentos, em comparação à técnica da condensação lateral. Foram selecionados caninos superiores humanos cujas coroas foram removidas permanecendo as raízes com 15 mm. A amostra foi distribuída aleatoriamente de acordo com o sistema de instrumentação/ técnica de obturação: Reciproc R40/Cone único R40; WaveOne Large/Cone único Large e ProTaper Universal (até instrumento F4)/Condensação lateral. Posteriormente, 9 subgrupos (n=20) foram estruturados conforme o cimento endodôntico: AH Plus, Epiphany SE e MTA Fillapex. Após preparo biomecânico e obturação dos canais radiculares, os espécimes foram armazenados a 37°C e 100% de umidade por período correspondente a três vezes o tempo de endurecimento dos cimentos. O método de filtração de fluidos foi utilizado para verificação do selamento apical em 10 espécimes de cada subgrupo. Espécimes apenas com cone de guta-percha e sem cimento (n=6) e outros completamente impermeabilizados (n=2) foram os controles positivos e negativos, respectivamente. Dos 10 espécimes remanescentes de cada subgrupo foram obtidas fatias de dentina com 1 mm de espessura (3 por terço radicular: cervical, médio e apical), sendo 6 (2 fatias por terço) utilizadas para o teste de push-out. O tipo de falhas ocorridas após a desunião foi avaliado em microscópio óptico (25X de aumento). Dentre as outras fatias, foram selecionadas 5 de cada terço, em cada subgrupo, para análise por microscopia eletrônica de varredura (MEV) (1000X de aumento). Foram mensurados doze pontos na interface material obturador/dentina e os seguintes escores foram atribuídos para a adaptação da obturação: 0 (seções sem lacunas); 1 (seções com pequenas falhas, <1 μm); 2 (seções com muitas lacunas, entre 1 μm e 10 μm) e 3 (sem adaptação, lacunas >10 μm). Os dados de infiltração apical e resistência de união (RU) foram analisados pelo teste ANOVA duas vias e teste de Tukey (p<0,05). Os testes de Kruskal-Wallis e Student-Newman-Keuls (p<0,05) foram utilizados para análise dos dados referentes à adaptação da obturação. Em relação ao selamento apical, as três técnicas apresentaram diferenças entre si, com melhores resultados para a condensação lateral (p<0,05). A técnica WaveOne propiciou menor índice de filtração de fluido que a Reciproc, sem diferença estatisticamente significante entre os cimentos (p>0,05). As técnicas de cone único apresentaram menores valores de RU que a condensação lateral (p<0,05), enquanto nesta última técnica o cimento AH Plus apresentou os maiores valores de RU, sendo estatisticamente superior ao MTA Fillapex e Epiphany SE (p<0,05). Houve predominância de falhas adesivas à dentina no terço apical e mistas nos terços médio e cervical. A análise por MEV mostrou melhor adaptação na interface dentina/material obturador para o cimento AH Plus que para os cimentos MTA Fillapex e Epiphany SE (p<0,05). Concluiu-se que as técnicas de cone único apresentaram maior infiltração apical e menor resistência de união que a condensação lateral. Melhor adaptação marginal foi obtida com o cimento AH Plus, independentemente da técnica de obturação utilizada.
Título em inglês
Evaluation of single-cone obturation techniques of reciprocating systems with different sealers related to the apical sealing and bond strength to dentin
Palavras-chave em inglês
dentistry
endodontics
reciprocating systems
root canal filling
single cone technique
Resumo em inglês
The aim of this ex vivo study was to evaluate the apical sealing and bond strength (BS) of root canal filling using single-cone from WaveOne and Reciproc systems associated to different sealers compared with the lateral condensation technique. The crowns of maxillary human canines were sectioned in order to standardize the root length to 15 mm. The sample was randomly allocated according to instrumentation system /obturation technique: R40 Reciproc file/ R40 single cone; WaveOne Large/Large single cone; ProTaper Universal (up to F4 file)/ Lateral condensation. Subsequently, 9 subgroups (n=20) were defined according to root canal sealer: AH Plus, Epiphany SE and MTA Fillapex. After the preparation and filling procedures, the specimens were stored at 37°C and 100% humidity for a period three times longer than the setting time of the sealers. The fluid filtration method was used to investigate the apical sealing in 10 specimens of each subgroup. Specimens with only cone and without sealer (n=6) and others completely sealed (n=2) were used as positive and negative controls, respectively. Slices with 1 mm thickness (3 per root third: cervical, middle and apical) were obtained from the remaining specimens of each subgroup, while 6 slices (2 per third) were submitted to push-out test. Failures modes were evaluated in optical microscope (magnification 25X). Among the other slices for each experimental condition, five were selected from each third for analysis by scanning electron microscopy (SEM) (magnification 1000X). Twelve points were measured in filling material/dentin interface, and the following scores were used in order to evaluate the root filling adaptation: 0 (sections without gaps); 1 (sections with small gaps, <1μm); 2 (sections with many gaps, between 1 μm and 10 μm) and 3 (without adaptation, gaps>10 μm). The data on apical infiltration and BS were analyzed by two way ANOVA test and Tukey′s test (p<0.05). The Kruskal-Wallis test followed by Student-Newman-Keuls test (p<0.05) were used for data analysis concerning the adaptation of the root filling. Regarding the apical sealing, there was statistical difference between the obturation techniques, whereas the lateral condensation showed the best results (p<0.05). The WaveOne technique provided lower rate of fluid filtration than Reciproc, and no statistically significant differences were observed between the sealers (p>0.05). The single-cone techniques showed lower values of BS than lateral condensation, in which AH Plus showed the highest BS values, with statistical difference from MTA Fillapex and Epiphany SE (p<0.05). There was predominance of adhesive failures in the apical third and mixed failures in the middle and cervical thirds. The SEM analysis revealed better adaptation in the filling material/dentin interface for AH Plus than MTA Fillapex and Epiphany SE. It was concluded that the single-cone techniques resulted in highest apical infiltration and lowest BS than lateral condensation one. Better marginal adaptation was obtained with AH Plus, regardless of obturation technique used.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-11-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.