• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2012.tde-18092012-145705
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Corrêa de Queiroz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Souza, Sergio Luis Scombatti de (Presidente)
Almeida, Ana Lúcia Pompéia Fraga de
Macedo, Guilherme de Oliveira
Messora, Michel Reis
Sampaio, José Eduardo Cezar
Título em português
Avaliação do efeito adjunto da terapia fotodinâmica antimicrobiana aos procedimentos de raspagem e alisamento radicular em pacientes fumantes. Estudo clínico controlado e randomizado
Palavras-chave em português
Fumo
Periodontite crônica
Terapia fotodinâmica
Resumo em português
A periodontite é causada por bactérias patogênicas, podendo ser tratada com sucesso por meio de procedimentos que incluem instruções de higiene oral, eliminação de fatores retentivos de biofilme, raspagem e alisamento radicular (RAR), combinados ou não com cirurgias periodontais. A literatura tem relatado que os pacientes fumantes apresentam uma resposta inferior ao tratamento periodontal convencional, cirúrgico ou não, quando comparados aos pacientes não-fumantes. Assim, justifica-se a avaliação de terapias complementares aos procedimentos convencionais de raspagem e alisamento radicular (RAR) nesses pacientes. Estudos in vitro e in vivo têm demonstrado o potencial da terapia fotodinâmica antimicrobiana (TFDa) contra as bactérias periodontopatogênicas. Desta forma, o presente estudo visou analisar a ação complementar da TFDa à RAR em pacientes fumantes portadores de periodontite crônica. Foram selecionados 20 pacientes fumantes com periodontite crônica, apresentando um par de dentes contralaterais com sangramento à sondagem e profundidade de sondagem maior ou igual a 5 mm. Cada par de dentes foi aleatoriamente dividido em grupo controle (GC), no qual foi realizada a RAR e em grupo teste (GT), no qual além da RAR foi realizada a TFDa, em aplicação única. Parâmetros clínicos de índice de placa (IP), sangramento à sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS), nível clínico de inserção relativo (NCI), recessão gengival (RG) foram registrados no exame inicial, 4 e 12 semanas após o tratamento periodontal. Além disso, no exame inicial e 1, 4 e 12 semanas após o tratamento periodontal foram coletadas amostras de biofilme subgengival para a identificação e quantificação das espécies bacterianas através da técnica de Checkerboard DNA-DNA Hybridization e também de fluido crevicular gengival (FCG) para a quantificação da Interleucina-1 beta (IL-1β) e Metaloproteinase 8 (MMP-8) por meio do teste ELISA. Houve uma redução estatisticamente significante na PS (GT: 1,81±0,52 mm / GC: 1,58±1,28 mm; p<0,001) e um ganho estatisticamente significante no NCI (GT: 1,60±0,92 mm/GC: 1,41±1,58 mm; p<0,001) para ambos os grupos. Diferenças estatisticamente significantes não foram observadas nas comparações entre os grupos. A concentração de IL-1β no FCG foi maior no GC no exame realizado 1 semana após o tratamento periodontal (GT: 24,65±18,85 pg/μL / GC-34,07±24,81 pg/μL; p=0,048) e a concentração de MMP-8 foi maior também no GC 12 semanas após o tratamento periodontal (GT: 303,31±331,62 pg/μL / CG: 534,23±647,37 pg/μL; p=0,024). Não houve diferenças estatisticamente significantes na análise intragrupos. As 40 espécies bacterianas avaliadas foram detectadas em diferentes níveis no exame inicial, sem diferenças estatisticamente significantes entre os grupos. Após o tratamento periodontal, o nível de algumas bactérias diminuiu enquanto outras espécies apresentaram um aumento. Apesar dessa variação, a análise estatística não foi capaz de identificar diferenças estatisticamente significantes nas comparações intra e intergrupos. Assim, este estudo não foi capaz de demonstrar que o efeito adjunto da TFDa (em aplicação única) associada à RAR melhora os parâmetros clínicos em pacientes fumantes. Contudo, a TFDa foi capaz de reduzir significativamente a concentração de IL-1β (no exame de uma semana) e MMP-8 (no exame de 12 semanas), sugerindo uma possível vantagem na cicatrização periodontal. Isso não foi confirmado, no entanto, pela analise microbiológica, que mostrou que nenhum dos tratamentos reduziu significamente os níveis bacterianos.
Título em inglês
The adjunctive effect of antimicrobial photodynamic therapy to nonsurgical periodontal treatment in smokers: a randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Chronic Periodontitis
Periodontal Debridement
Photodynamic Therapy
Smoking
Resumo em inglês
Periodontitis is caused by pathogenic bacteria and it can be successfully treated by procedures that include oral hygiene instructions, elimination of plaque retentive factors and scaling and root planing (SRP) alone or in combination with periodontal surgery. The literature has reported that smokers present a poorer response to conventional periodontal treatment when compared with nonsmoking patients. Thus, it is appropriate to evaluate adjunctive therapies to conventional treatment of scaling and root planing (SRP) in these patients. In vitro and in vivo studies have demonstrated the potential of antimicrobial photodynamic therapy (aPDT) against periodontopathic bacteria. Thus, this study aimed to analyze the adjunctive action of aPDT to SRP in smokers with chronic periodontitis. We selected 20 smokers with chronic periodontitis, presenting a pair of contralateral teeth with bleeding on probing and probing depth greater than or equal to 5 mm. Each pair of teeth was randomly alocated on control group (CG), in which SRP was performed, and on test group (TG), in which PDT was performed in addition to SRP. Clinical parameters of plaque index (PI), bleeding on probing (BOP), probing depth (PD), relative clinical attachment level (CAL), gingival recession (GR) were recorded at the baseline and 4 and 12 weeks after periodontal treatment. Moreover, at baseline and 1, 4 and 12 weeks after periodontal treatment, subgingival plaque samples were collected for identification and quantification of periodontopathic bacteria using Checkerboard DNA-DNA hybridization technique, as well as gingival crevicular fluid (GCF) samples for quantification of Interleukin-1 beta (IL-1β) and metalloproteinase 8 (MMP-8) using ELISA. There was a statistically significant reduction in PD (GT-1.81 ± 0.52 mm / GC-1.58 ± 1.28 mm, p <0.001) and a statistically significant gain in CAL (GT-1.60 ± 0, 92 mm / GC-1.41 ± 1.58 mm, p <0.001) for both groups. Statistically significant differences were not observed in comparisons between groups. The concentration of IL-1β in GCF was higher in GC in the examinations performed 1 week after periodontal treatment (GT-24, 65 ± 18.85 pg / μL / GC-34, 07 ± 24.81 pg / μL, p = 0.048) and MMP-8 was also higher in GC 12 weeks after periodontal treatment (GT-303, 31 ± 331.62 pg / μL / CG-534, 23 ± 647.37 pg / μL, p = 0.024). There was no statistically significant differences in the intra-groups analyses. The 40 bacterial species tested were detected at different levels at baseline, with no statistically significant differences between groups. After periodontal treatment, the level of some bacterial species had decreased while others presented an increasing. Despite this variation, statistical analysis was not able to identify statistically significant differences in comparisons within and between groups. Thus, the present study failed to demonstrate that the adjunctive effect of a single episode of aPDT to SRP improves clinical parameters in smokers. However, it resulted in a significantly suppression of IL-1β and of MMP-8, suggesting an advantage on periodontal healing. This has not been confirmed, on the other hand, by the microbiological analysis, which showed that none of the treatments was able to significantly reduce the bacteria levels
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.