• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.58.2006.tde-09042008-163648
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Carlos Pereira Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2006
Orientador
Banca examinadora
Vitti, Mathias (Presidente)
Palomari, Evanisi Teresa
Regalo, Simone Cecilio Hallak
Silva, Wilkens Aurélio Buarque e
Vinha, Dionisio
Título em português
Eletromiografia do músculo masseter relacionada a medidas cefalométricas em indivíduos com maloclusão dental classe III de Angle
Palavras-chave em português
Cefalometria
Correlação
Maloclusão
Músculo masseter
Resumo em português
Embriologicamente, o tecido ósseo surge posteriormente aos músculos. A musculatura temporomandibular e facial apresentam-se definidas quando da ossificação da face e crânio, com os ossos se desenvolvendo dentro de um envelope de músculo e fascia. Quando contrações ativas se iniciam em um músculo, ele passa a exercer contínuo efeito sobre os ossos aos quais pertencem sua origem e inserção. O tecido ósseo é tido como um dos mais plásticos e responde prontamente às forças e tensões geradas pelos músculos. Evidenciase que os músculos, desde a fase pré-natal, desempenham papel na conformação dos ossos, e continuam a direcionar o crescimento pelo efeito de suas funções. Oito pacientes (4? e 4?) com idade entre 7 e 12 anos, com maloclusão dental classe III de Angle, foram submetidos a registros eletromiográficos do músculo masseter, subdividido em três regiões: superior, média e inferior, empregando-se o eletromiógrafo K6-I/EMG Eight Channel Surface Electromyograph (Myo-tronics Co., Seatle, WA, EUA), em 17 condições clínicas, e à análise cefalométrica através do programa Radiocef (RadioMemory, Floresta, BH, Brasil), de 15 medidas angulares e lineares. Os dados obtidos foram submetidos ao teste de correlação de Spearman, por meio do programa Statistica, release 4.3D (StatSoft, Inc., 1993, EUA). Correlações estatisticamente significantes foram encontradas entre as condições clínicas de repouso, propulsão livre da mandíbula, mastigação molar, oclusão cêntrica forçada, desvio lateral, deglutição de água, mastigação incisiva, fechamento contra-resistência e deglutição de saliva; e, entre as medidas cefalométricas, ângulo SNA, ângulo incisivo superior.NA, distância incisivo superior-NA, ângulo ANB, ângulo IMPA, distância Pog-NB, ângulo SN.Gn(Y), ângulo incisivo inferior.NB, ângulo interincisivo, distância incisivo inferior-NB, ângulo SN.GoGn, ângulo SN.Plano Oclusal, ângulo SNB e ângulo SND. As regiões superior, média e inferior do músculo masseter participaram em 32, 18 e 50% dos resultados estatisticamente significantes, respectivamente. Os resultados corroboram com hipóteses sobre a influência da musculatura no estabelecimento da maloclusão dental, e a relação entre a função dos músculos do sistema estomatognático e o desenvolvimento craniofacial precisa ser compreendida para se poder predizer o desenvolvimento craniofacial.
Título em inglês
Masseter muscle electromyography correlated with cefalometric mesures in Angle's classe III dental malocclusion.
Palavras-chave em inglês
Cefalometric
Correlation
Malocclusion
Masseter muscle
Resumo em inglês
Embryologically, the bone tissue develops after muscle tissue. The temporomandibular and facial muscles are well defined when the cranial and facial ossifications occur, with bone structures developing inside of a muscle and fascia envelope. When active contractions begin in a muscle, it exerts an uninterrupted effect over bones to which belongs its origin and insertion. The bones tissues are one of the most plastic tissues, and interact readily to any tension and pressure developed by muscles. It's axiomatic that since previous to childbirth, muscles exert a role in bone structure development, and keep directing the skeletal growth with the effect of its functions. Eight patients (4? and 4?), between 7 and 12 years of age, with Angle's class III dental malocclusion were studied using electromyographic registers of the masseter muscle, divided in three regions: superior, middle and inferior, and cephalometric analysis. The K6-I/EMG Eight Channel Surface Electromyograph (Myo-tronics Co., Seatle, WA, EUA) was employed to get the registers in 17 clinical conditions, and the Radiocef (RadioMemory, Floresta, BH, Brasil) software was employed to get cephalometric analysis of 15 linear and angular measurements. The data obtained were submitted to statistical analysis by Spearman correlation test, with the Statistica, release 4.3D (StatSoft, Inc., 1993, EUA) software. Correlations were found among the clinical conditions of rest, free protraction of the jaw, molar chewing, centric occlusion, lateral movement without occlusal contact, swallowing water, incisal chewing, clenching the jaw against resistance and swallowing saliva; and among the following cephalometric measurements: the SNA angle, the Upper Incisor.NA angle, Upper Incisor-NA distance, ANB angle, IMPA angle, Pog-NB distance, SN.Gn(Y) angle, Lower Incisor.NB angle, Interincisors angle, Lower Incisor-NB distance, SN.GoGn angle, SN.Occlusal Plane angle, SNB angle and SND angle. The superior, middle and inferior regions of the masseter muscle were present in 32, 18 and 50% of the statistically significant results, respectively. The results reinforce the assumption of muscle influence over the development of dental malocclusion, and that the interaction of muscle function and skeletal growth must be understood to predict craniofacial development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese.pdf (3.52 Mbytes)
Data de Publicação
2008-07-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.