• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.54.1978.tde-10032015-164420
Documento
Autor
Nome completo
Sylvio Quezado de Magalhaes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 1978
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Sergio Mascarenhas (Presidente)
Nascimento, Otaciro Rangel
Qualifik, Paul
Título em português
Dna : bioelétreto, ferroeletricidade e não linearidade
Palavras-chave em português
Não disponível
Resumo em português
Utilizando-se as técnicas de Corrente Termoestimulada, Pressão Termoestimulada e Decaimento Isotérmico de Polarização, estudou-se o comportamento de bioeletreto das fibras de sal de sódio do ácido desoxiribonucleico (DNA). A formação do bioeletreto é atribuída a cargas espaciais do DNA, apresentando um comportamento não linear, e é fortemente dependente da hidratação. (Polarização armazenada da ordem de 10-8 C/cm2). O DNA apresenta, em umidades elevadas (270 mg OH2/gDNA)constantes dielétricas elevadas, da ordem de 105, similar às dos ferroelétricos, mas com conceito diferente. Em baixas umidades (30 mg OH2/ gDNA) as constantes dielétricas são da ordem de 5. As curvas de hiterese, observadas com o circuito de Sawyer-Towêr (e citadas na literatura) são atribuídas a não linearidade no transporte elétrico. Esta não linearidade é também confirmada. O alegado comportamento ferroelétrico desapareceu quando utilizamos eletrodos bloqueantes. A alegada temperatura de Curie (60°C) é atribuída à forte desidratação que o material sofre, conforme verificado nas medidas de Pressão Termoestimulada.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
The bioelectret state of solid sodium desoxyribonucleate fibers was studied using the Thermally Simulated Depolarization, Thermally simulated Pressure and Isothermal Polarization Decay techniques. The bioelectret. Was found to present a space charge and non-linear behavior, and is strongly dependent on hydration (stored polarization as high as 10-8 C/cm2).At high relative humidity (270 mg OH2/gDNA) the DNA fibers show dielectric constants as high as 105, similar to those of ferroelectrics but with a different conception. The dielectric constant is only 5 at low hydration (30 mg OH2/ gDNA). The histeresis curves that are observed with Sawyer-Tower circuit (and frequently mentioned in the literature) are ascribed to the non-linear current voltage relations. The alleged ferroelectric behavior disappears when blocking electrodes are used. The alleged Curie temperature (60°C) is found to be caused by the strong dehydration that occurs at this temperature, as measured by the thermally simulated Pressure technique.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.