• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Flávia Rupolo Berach
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Schmitt, Ana Carolina Basso (Presidente)
Silva, Fernanda Flavia Cockell
Casarotto, Raquel Aparecida
Tavares, Larissa Riani Costa
Título em português
Rede viva: a realidade da rede de atenção à reabilitação na região do Butantã, São Paulo - SP
Palavras-chave em português
Acesso aos serviços de saúde
Assistência à saúde
Assistência ambulatorial
Atenção primária à saúde
Necessidades e demandas de serviços de saúde
Reabilitação
Resumo em português
A implantação de políticas e programas para atender as pessoas com incapacidades e deficiências nos diferentes níveis da atenção à saúde continua desafiadora. O acesso a serviços de reabilitação nos equipamentos de saúde é limitado, assim como o uso das ações de cuidado em reabilitação e há dificuldades de articulação entre os equipamentos da Rede de Reabilitação. O objetivo deste estudo foi compreender a gestão do cuidado; identificar e analisar os fluxos relacionados à reabilitação nos equipamentos de saúde. O estudo foi desenvolvido na região do Butantã (São Paulo - SP), com população de 428.217 habitantes e buscou analisar as ações e fluxos relacionados à reabilitação dos equipamentos de saúde através de rodas de discussão com profissionais de seis equipamentos da Atenção Primária à Saúde e de Atenção Especializada, e de três entrevistas com usuários. Participaram das rodas de discussão 57 profissionais de diferentes categorias que elaboraram fluxogramas que posteriormente foram sobrepostos aos que representam as trajetórias dos usuários. Além disso foi realizada a análise do fluxo de encaminhamentos de demandas de reabilitação da Atenção Primária à Saúde para a Atenção Especializada no período de 2012 a 2016. Os relatos fizeram emergir reflexões sobre abordagens coletivas como ferramenta de cuidado em reabilitação; o papel e resolutividade da Atenção Especializada para o cuidado a longo prazo e queixas menos comuns; o olhar ampliado dos profissionais; o acesso às ações de cuidado, tendo em vista os grandes deslocamentos e o tempo de espera para inclusão; as redes informais como facilitadores do acesso a recursos tecnológicos; e as dificuldades de articulação da Rede. A média das idades dos usuários que aguardavam na lista de espera durante o período de 2012 a 2016 foi de 47,1 anos (DP = 22,5) e a mediana de 51 anos (idade mínima = 0 anos; idade máxima = 102 anos). Foram analisados 44.022 encaminhamentos de pessoas que residiam, majoritariamente no município de São Paulo (98,95%). As maiores demandas de encaminhamento para as especialidades encontradas foram para ortopedia (37,92%), fisioterapia (21,47%), pneumologia (13%), neurologia (9,22%), psiquiatria (5,79%) e acupuntura (3,58%). A facilitação do acesso às ações e atividades de reabilitação, bem como a articulação da rede de reabilitação e o reconhecimento de seus fluxos, podem potencializar o processo de reabilitação aumentando a resolutividade do cuidado
Título em inglês
Active network: the reality of the network for rehabilitation care in the region of Butantã, São Paulo - SP
Palavras-chave em inglês
Ambulatory care
Delivery of health care
Health services accessibility
Health services needs and demand
Primary health care
Rehabilitation
Resumo em inglês
The implementation of policies and programs to care of people with disabilities at different levels of health care remains challenging. Access to rehabilitation services in health facilities is limited, as is the use of care actions in rehabilitation and there are difficulties of articulation between the equipment of the Rehabilitation Network. The objective of this study was to understand the management of care; identify and analyze the flows related to rehabilitation in health equipment. The study was carried out in the region of Butantã (SP), with a population of 428,217 inhabitants and sought to analyze the actions and flows related to the rehabilitation of health equipment through discussion wheels with professionals of six Primary Health Care and Ambulatory Care, and three interviews with users. 57 professionals from different categories participated in the discussion, who elaborated flowcharts that later were superimposed on those that represent the users' trajectories. In addition, the analysis of the flow of referrals of rehabilitation demands from Primary Health Care to Specialized Care in the period from 2012 to 2016 was carried out. The reports have given rise to reflections on collective approaches as a care tool in rehabilitation; the role and resolve of Specialized Care for long-term care and less common complaints; the magnified look of professionals; access to care actions, in view of the large displacements and waiting time for inclusion; informal networks as facilitators of access to technological resources; and the articulation difficulties of Rehabilitation Network. The average age of users waiting in the list during the period from 2012 to 2016 was 47.1 years (SD = 22.5) and the median age was 51 years (minimum age = 0 years, maximum age = 102 years). Were analyzed 44,022 referrals and the highest demands for referrals for the specialties were orthopedics (37.92%), physiotherapy (21.47%), pneumology (13%), neurology (9.22%), psychiatry (5.79%) and acupuncture (3.58%). The facilitation of access to rehabilitation actions and activities, as well as the articulation of the rehabilitation network and the recognition of their flows, can potentiate the rehabilitation process by increasing the resolving of care
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.