• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Thaís Helena Ferreira Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Fernandes, Fernanda Dreux Miranda (Presidente)
Amato, Cibelle Albuquerque de La Higuera
Avejonas, Daniela Regina Molini
Cardoso, Carla
Matas, Carla Gentile
Título em português
Diferentes perspectivas na verificação das habilidades pragmáticas de crianças incluídas no espectro do autismo
Palavras-chave em português
Avaliação infantil
Desenvolvimento da linguagem
Fonoaudiologia
Linguagem infantil
Protocolos
Transtorno autístico
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi verificar a eficácia de instrumentos para a investigação das habilidades pragmáticas de crianças com distúrbios do espectro do autismo através da aplicação e comparação de três perspectivas: relatos de interlocutores familiares (IF), da análise de segmentos de comunicação espontânea (CE) e da aplicação de um teste específico (TE). Foram sujeitos dessa pesquisa 30 crianças em atendimento no Laboratório de Investigação Fonoaudiológica nos Distúrbios do Espectro do Autismo da Faculdade de Medicina da USP, com diagnósticos incluídos no espectro do autismo, que usam predominantemente o meio verbal para a comunicação, com idades entre três e oito anos e em atendimento com a mesma terapeuta há, pelo menos, seis meses. Foram aplicados quatro protocolos dentro das três perspectivas consideradas: o Perfil Funcional da Comunicação (PFC) - CE - o Perfil Funcional da Comunicação - Checklist (PFC-C) - IF - o Functional Communication Profile - Revised-reduzido (FCP-Rr) - IF e CE - e o Test of Pragmatic Skills (ToPS) - TE. Os protocolos foram comparados entre si e também foi realizada a análise de correlação com o ToPS. Os resultados indicaram que as respostas obtidas nos protocolos foram equivalentes tanto na perspectiva das respostas - as respostas das terapeutas foram equivalentes nos dois questionários - quanto na perspectiva dos protocolos - o PFC foi equivalente ao PFC-C e o FCP-Rr em relação às duas formas de aplicação. Em relação ao ToPS, os resultados evidenciados a partir do Escore Médio Composto e do percentil, determinados de acordo com a proposta original do teste, mostraram concordância entre os instrumentos em relação à análise de correlação. Além disso, foi possível observar que a concordância entre os protocolos aumenta nos extremos de severidade; ou seja, em casos onde a severidade é mais leve ou mais severa, os protocolos concordam mais; os casos mais intermediários ficam menos evidenciados nos protocolos. A análise comparativa de instrumentos que avaliam as mesmas variáveis, porém, sugere que formas de aplicação diferentes são de grande valia para a prática clínica fonoaudiológica, principalmente no que se refere à inserção do fonoaudiólogo nos serviços de saúde brasileiros de acordo com o tempo e possibilidades para crianças com diagnóstico ou em investigação para os distúrbios do espectro do autismo. A comparação do uso do ToPS em relação à interatividade no PFC e no PFC-C e em relação a severidade no FCP-Rr (IF e CE) mostrou que o instrumento pode ser de grande utilidade para a análise e avaliação complementar, não substituindo o uso dos protocolos; porém parece ser efetivo para identificar alterações num curto período de tempo. Esses resultados mostram que outros estudos são necessários para identificar de forma qualitativa os prejuízos em linguagem
Título em inglês
Different perspectives in the verification of pragmatic abilities of children included in the autism spectrum
Palavras-chave em inglês
Autistic disorder
Child assessment
Child language
Language development
Protocols
Speech Language and Hearing Sciences
Resumo em inglês
The purpose of this study was to verify the efficacy of instruments used on the investigation of pragmatic abilities of children with autism spectrum disorders through the application and comparison of the perspective of family, analysis of spontaneous communication segments and specific test. Thirty children in the LIF-DEA of FMUSP with diagnoses included in the spectrum of autism, who predominantly used the verbal medium for communication, aged between three and eight years and in attendance with the same therapist, six months. Four protocols were applied from three perspectives, the PFC, the PFC-C the PF-FCR - through the therapists' responses and the observation of spontaneous situations and the ToPS. The protocols were compared to each other and correlation analysis was also performed with ToPS. The results indicated that the responses obtained in the protocols were equivalent both from the perspective of the responses - the therapists' responses were equivalent in the two questionnaires - and from the perspective of the protocols - the PFC was equivalent to the PFC-C and the equivalent FCP-Rr in relation to the Two forms of application. In relation to ToPS the results evidenced from the EMC and the percentile determined according to the original proposal of the test showed agreement between the instruments in relation to the correlation analysis. In addition, agreement between protocols increases according to the extremes of severity, that is, in cases where the severity is mild or severe, the protocols agree more, the intermediate cases are less evidenced in the protocols. The comparative analysis of instruments that evaluate the same variables, however, suggests that different forms of application are of great value for the speech-language clinical practice, especially regarding the insertion of the speech-language pathologist in the Brazilian health services according to the time and possibilities for Children diagnosed or under investigation for autism spectrum disorders. The comparison of the use of ToPS in relation to the interactivity in the PFC and PFC-C and in relation to the severity in the PK-Rr (TP and OF) showed that the instrument can be of great effectiveness for the complementary analysis and evaluation, not replacing the Use of protocols; But appears to be effective in identifying changes over a short period of time. These results show that other studies are necessary to qualitatively identify the impairments in language
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.