• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2015.tde-19062015-154448
Documento
Autor
Nome completo
Graziela Moreto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Lotufo, Paulo Andrade (Presidente)
Mansur, Alfredo Jose
Meirelles, Cecilia Carvalho
Pessini, Leocir
Tibério, Iolanda de Fátima Lopes Calvo
Título em português
Avaliação da empatia de estudantes de medicina em uma universidade na cidade de São Paulo utilizando dois instrumentos
Palavras-chave em português
Educação médica
Empatia
Estudantes de medicina
Humanismo
Questionários
Relações médico-paciente
Resumo em português
Objetivo: avaliar o grau de empatia dos estudantes de medicina e suas mudanças durante o curso médico de uma Faculdade na cidade de São Paulo, Brasil. Método: Estudo descritivo, comparativo e transversal. Amostra não aleatória de 296 alunos. O estudo foi conduzido de Setembro até Dezembro de 2013. A avaliação da empatia foi realizada usando a escala de empatia médica de Jefferson (JSPE) na versão para estudantes de medicina, e a escala multidimensional de reatividade interpessoal de Davis (EMRI) na versão validade e adaptada no Brasil. Ambas escalas foram aplicadas simultaneamente a cada aluno. A JSPE contém 20 itens que são respondidos de acordo com a variante de escala de Likert de sete pontos (Concordo = 7 / Discordo = 1) .Esta escala avalia atributos cognitivos da empatia. A EMRI contém 21 itens que são respondidos de acordo com a escala de Likert de cinco pontos ( Descreve-me muito bem = 5 / Não me descreve muito bem = 1). Esta escala avalia tanto componentes cognitivos quanto afetivos da empatia. Os alunos foram divididos em três grupos de acordo com o ano da graduação: o grupo básico (1º e 2º ano), grupo clínico (3º e 4º ano ) e o grupo do internato (5 º e 6 º ano), e foram comparados os escores de empatia entre os três grupos. Resultados: Ao aplicar JSPE não houve uma diferença significativa quando comparado o escore entre os 3 grupos. Por outro lado ao aplicar a EMRI foi identificado um escore de empatia significativamente menor no grupo do internato quando avaliado o componente afetivo (p < 0,01). Tanto na JSPE quanto na EMRI, as mulheres obtiveram os melhores escores de empatia (p < 0,01) quando comparada aos homens. Os alunos que pretendiam seguir especialidade clínica obtiveram escore de empatia maior quando comparada com especialidade cirúrgica utilizando tanto a JSPE (p=0,05) quanto a EMRI (p < 0,01). Conclusões: O nível de empatia pode mudar e, neste caso, a dimensão afetiva é a mais afetada durante o curso médico. A identificação desta erosão afetiva mostra a necessidade de elaborar estratégias educacionais efetivas que possam contribuir para uma boa formação do futuro profissional médico
Título em inglês
Evaluating empathy in undergraduate medical students from a University in São Paulo using two questionnaires
Palavras-chave em inglês
Empathy
Humanism
Medical education
Medical students
Physician-patient relations
Questionnaires
Resumo em inglês
Purpose: This study was designed to examine changes in medical students' empathy during medical school in São Paulo, Brazil. Method: Descriptive, comparative and cross-sectional study. Not randomized sample of 296 students. The study was conducted from September to December 2013. The empathy evaluation was performed using the Jefferson Scale of Physician Empathy (JSPE), version for medical students, and the Davis's multidimensional Interpersonal Reactivity Index (EMRI), both of then being applied simultaneously to each student. The JSPE contains 20 items that are answered according to the scale of Likert variant of seven points (7= completely in agreement / 1= completely in disagreement). It is important to emphasize that this scale assesses cognitive attributes of empathy. The EMRI contains 21 items that are answered according to the scale of Likert variant of five ponts (5= describe me very well /1= not describe me very well). This scale assesses cognitive and affective attributes of empathy. The students were divided into three groups, according to the year of professional career: the Basic Group (1st and 2 nd year), the Clinical Group (3rd and 4th year) and the Clerkship group (5th and 6th year). The score of empathy between the three groups was compared. Results: The JSPE scores were similar among the students from the Basic, Clinical and Clerkship groups (p=0.53). On the other hand, the affective dimension of EMRI revealed a significantly lower score in the Clerkship Group (p < 0.01). Women obtained better scores for empathy compared to men, in both scales (p < 0,01). Students who intended to follow clinical careers had higher empathy scores when compared to those who intended to follow surgical careers so when applied to JSPE (p = 0.05) as the EMRI (p < 0.01). Conclusions: The level of empathy can change and in this case, the affective dimension is most affected during medical school. The identification of affective erosion support the need to develop effective educational strategies that contribute to a good training medical professional future
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GrazielaMoreto.pdf (1.54 Mbytes)
Data de Publicação
2015-06-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.