• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2017.tde-18012017-155950
Documento
Autor
Nome completo
Debora Sitnik
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Benseñor, Isabela Judith Martins (Presidente)
Goulart, Alessandra Carvalho
Pititto, Bianca de Almeida
Rays, Jairo
Tibério, Iolanda de Fátima Lopes Calvo
Título em português
Glicemia de jejum, diabetes incidente, aterosclerose subclínica e eventos cardiovasculares não-fatais numa amostra de adultos aparentemente saudáveis reavaliados após 12 anos
Palavras-chave em português
Aterosclerose
Complicações do diabetes
Diabetes mellitus
Doenças cardiovasculares
Epidemiologia
Espessura íntima-média carotídea
Fatores de risco
Glicemia
Hiperglicemia
Infarto do miocárdio
Intolerância à glicose
Pré-diabetes
Resumo em português
Introdução: Glicemia de jejum alterada tem sido associada a maior risco de desenvolver diabetes, comparando a indivíduos normoglicêmicos. Apesar de diabetes ser relacionado a aterosclerose e a piores desfechos cardiovasculares, os dados de literatura relacionando glicemia de jejum alterada à doença aterosclerótica são conflitantes. Os objetivos deste trabalho foram determinar (a) a incidência de diabetes em indivíduos com glicemia de jejum normal ou alterada em 1998 após um seguimento de até 12 anos; (b) se a glicemia de jejum alterada em 1998 e/ou diabetes incidente estiveram associados com aterosclerose subclínica no Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (ELSA-Brasil) ou à variável combinada de eventos clínicos não-fatais e escore de cálcio coronariano maior ou igual a 400. Métodos: Avaliamos 1.536 trabalhadores da Universidade de São Paulo, que participaram de um programa de avaliação em 1998 (idade 23-63 anos) e da linha de base do ELSA-Brasil (2008-2010). Apresentamos as taxas de incidência de diabetes brutas e ajustadas para todos os indivíduos e também estratificados por gênero e por índice de massa corpórea (IMC) em 1998. Utilizamos modelos de regressão brutos e ajustados para estimar a associação entre glicemia de jejum alterada em 1998 ou diabetes incidente com a espessura de íntima-média de carótidas (EIMC), escore de cálcio coronariano (CACS, do inglês Coronary Artery Calcium Score) e a variável composta CACS >= 400 ou eventos cardiovasculares incidentes (infarto do miocárdio ou revascularização). Resultados: Encontramos diabetes incidente em 177 indivíduos. A incidência de diabetes em nossa amostra foi de 9,8/1.000 pessoas-ano (Intervalo de confiança de 95% [IC95%]: 7,7-13,6). A incidência foi mais elevada entre os homens (11,2/1.000 pessoas-ano, IC95%: 8,6-15,0) do que entre as mulheres (8,5/1.000 pessoas-ano, IC95%: 5,3-15,3). Glicemia de jejum alterada em 1998 mostrou associação com maior risco de progressão para diabetes ao longo do seguimento (hazard ratio [HR]: 3,17; IC95%: 2,14-4,68) e HR: 7,42; IC95%: 4,75-11,57 para glicemias de jejum entre 100 e 109mg/dl e entre 110 e 125mg/dl, respectivamente). Glicemias entre 110 e 125mg/dl em 1998 foram associadas a maiores valores de EIMC (beta=+0,028; IC95%: 0,003 a 0,053) na linha de base do ELSA-Brasil. Ao excluir da análise aqueles com diabetes incidente, houve associação limítrofe, não-significativa, entre maiores valores de EIMC e glicemia de jejum entre 110 e 125mg/dl em 1998 (?=0,030; IC95%: -0,005 a 0,065). Ambos os níveis de glicemia de jejum alterada em 1998 não se mostraram associados ao CACS ou à variável composta de CACS >= 400 ou eventos cardiovasculares incidentes nos modelos de ajuste completo. Diabetes incidente foi associado a maiores valores de EIMC (em milímetros) (?=0,034; IC95%: 0,015 a 0,053), a CACS >= 400 (Razão de chances=2,84; IC95%: 1,17-6,91) e ao desfecho combinado de CACS >= 400 ou eventos cardiovasculares incidentes (Razão de chances=3,50; IC95%: 1,60-7,65). Conclusões: Glicemia de jejum alterada em 1998, especialmente nos valores mais próximos dos limiares de corte para diabetes, foram associados a maior incidência de diabetes ao longo do seguimento e a maiores valores de EIMC quando da avaliação inicial do ELSA-Brasil. Diabetes incidente entre as avaliações foi associado a maior risco cardiovascular
Título em inglês
Fasting plasma glucose, incident diabetes, subclinical atherosclerosis and non-fatal cardiovascular events in an apparently healthy adult sample reevaluated after a 12 years interval
Palavras-chave em inglês
Atherosclerosis
Cardiovascular disease
Carotid intima-media thickness
Diabetes complications
Diabetes mellitus
Epidemiology
Glucose intolerance
Glycemia
Hyperglycemia
Myocardial infarct
Pre-diabetes
Risk factors
Resumo em inglês
Introduction: Impaired fasting glucose has been associated with higher risk of incident diabetes, compared to normoglycemic individuals. Although diabetes mellitus is related to atherosclerosis and higher long-term cardiovascular burden, there are conflicting data about the association between impaired fasting glucose and atherosclerotic disease. We aimed (a) to determine diabetes incidence rates in individuals with normal or impaired fasting glucose in 1998 after follow-up of up to 12 years, (b) whether impaired fasting glucose in 1998 and/or incident diabetes were associated with subclinical atherosclerosis in the Brazilian Longitudinal Study of Adult Health (ELSA-Brasil) or the combined variable of non-fatal clinical events or a coronary calcium score >= 400. Methods: We evaluated 1,536 civil servants from the University of São Paulo, who participated in both 1998 (aged 23-63 years) and ELSA-Brasil baseline (2008-2010) assessments and had complete data. We presented crude and adjusted diabetes incident rates for all individuals and then stratified by sex and body mass index (BMI) in 1998. We used crude and adjusted regression models to estimate the association between impaired fasting glucose in 1998 or incident diabetes and coronary intima-media thickness (CIMT), coronary artery calcium score (CACS) and the composite variable of a CACS?400 or incident cardiovascular events (myocardial infarction or revascularization). Results: We found incident diabetes in 177 individuals. Diabetes incidence in our sample was 9.8/1,000 person-years (95% confidence interval [95%CI]:7.7-13.6). Diabetes incidence was higher in men (11.2/1,000 person-years, 95%CI: 8.6-15.0) than women (8.5/1,000 person-years, 95%CI: 5.3 to 15.3). Impaired fasting glucose in 1998 was associated with a higher risk of progression to diabetes during follow-up (hazard ratio [HR]: 3.17; 95%CI: 2.14-4.68 and HR: 7.42; 95%CI: 4.75-11.57 for a fasting plasma glucose between 100 to 109mg/dl and 110 to 125 mg/dl, respectively). Fasting plasma glucose levels between 110 to 125 mg/dl in 1998 were associated with higher CIMT (beta=+0.028; 95%CI: 0.003 to 0.053) in ELSA-Brasil baseline. Excluding those with incident diabetes, there was a non-significant borderline association between higher CIMT (in mm) and fasting plasma glucose 110 to 125mg/dl (beta=0.030; 95%CI: -0.005 to 0.065). Fasting plasma glucose levels in 1998 were not associated with CACS or the composite variable of a CACS ? 400 or incident cardiovascular events in full-adjusted models. Incident diabetes was associated with higher CIMT (in mm) (beta=0.034; 95%CI: 0.015 to 0.053), CACS >= 400 (OR=2.84; 95%CI: 1.17-6.91) and the combined outcome of a CACS >= 400 or incident cardiovascular event (OR=3.50; 95%CI: 1.60-7.65). Conclusions: Elevated fasting plasma glucose in 1998, especially those near diabetes diagnosis limits were associated with higher diabetes incidence during follow-up and higher CIMT in ELSA-Brasil baseline assessment. Incident diabetes between assessments was associated with higher cardiovascular burden
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DeboraSitnik.pdf (1.04 Mbytes)
Data de Publicação
2017-01-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.