• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Carolina de Carvalho Barros Caetano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Bachega, Tânia Aparecida Sartori Sanchez (Presidente)
Felicio, Jônia Lacerda
Hohl, Alexandre
Título em português
Análise da relação do desempenho das funções cognitivas com as concentrações séricas dos esteroides sexuais em homens idosos
Palavras-chave em português
Cognição
Depressão
Envelhecimento
Estradiol
Homens
Idosos
Testosterona
Resumo em português
O envelhecimento é geralmente acompanhado por declínio cognitivo, sintomas depressivos e diminuição das concentrações séricas de esteroides sexuais. No entanto, a influência dos esteroides sexuais sobre a cognição no idoso é ainda controversa; os estudos englobam casuísticas com idosos e adultos e muitos utilizaram testes de rastreio para análise das perdas cognitivas e não avaliaram a função cognitiva individualmente. Objetivo: avaliar o desempenho das funções cognitivas, identificar a presença de sintomas depressivos e correlacioná-los com as concentrações séricas dos esteroides sexuais em casuística compreendendo exclusivamente idosos. Casuística: 60 homenscom idade variando de 62-87 anos (73,5±5,9). Método: O teste Mini Exame do Estado Mental (MEEM) foi usado para análise da cognição e suas funções: orientacão temporal e espacial, memória imediata e de evocação, atencão cálculo, linguagem e capacidade visuoespacial. A Escala de Depressão Geriátrica (GDS) foi usada para identificar sintomas depressivos. As concentrações séricas de testosterona total (TT) e estradiol foram dosadas por eletroquimioluminecência, a concentração de testosterona livre (TL) foi calculada. Os resultados de ambos testes foram correlacionados com idade, escolaridade, índice de massa corpórea (IMC) e concentrações séricas de TT, TL e estradiol. Na análise estatística foram utilizados os testes de Spearman, Mann Whitney e Kruskal-Wallis. Resultados: O tempo médio de escolaridade foi 9,5±4,5 anos, a média do IMC foi 26,9±3,9 kg/m2, a média das concentrações de TT, TL e Estradiol foram de 431,6±179,6 ng/dL, 7,58±2,8 pmol/L e 27,1±9,7 pg/mL, respectivamente. Observou-se correlações negativas da idade com TT (r=-0,36; p=0,003), TL (r=-0,32; p=0,01) e estradiol (r=-0,24; p=0,06). Identificou-se correlação positiva do GDS com a idade (r=0,3; p=0,016) e negativa com as concentrações de TT e TL (r=-0,32;p=0,01; r=-0,27;p=0,03, respectivamente). As concentrações de TT, TL e estradiol não se correlacionaram com a pontuação do MEEM; porém, houve correlação das concentrações de TT com a Orientação Espacial (r=0,26; p=0,04). Adicionalmente, foi encontrada correlação negativa entre o IMC com a pontuação total do MEEM (r=-0,3; p=0,01) e com a função Linguagem (r=-0,25; p=0,04), ressaltamos a correlação negativa do IMC com as concentrações TT (r=-0,45; p=0,0002). Houve correlação positiva da escolaridade com o MEEM (r=0,37; p=0.01). Conclusão: Não identificamos correlação dos esteroides sexuais com o desempenho da cognição em homens idosos, embora observamos influência das concentrações de TT sob a orientação espacial. O IMC teve influência negativa no desempenho do MEEM; no entanto, deverá ser elucidado se decorre de efeito direto da gordura corporal e/ou se representa um efeito indireto das concentrações menores de andrógenos dos indivíduos com IMC maior. A escolaridade parece ter um efeito protetor na manutenção do desempenho cognitivo. Adicionalmente, houve uma influência da idade e das concentrações menores de andrógenos na presença de traços depressivos. Dados deste estudo podem ser úteis na adoção de medidas preventivas, visando melhorar a qualidade de vida do idoso
Título em inglês
Corralation between performance of cognitive functions and serum concentrations of sexual steroids in elderly men
Palavras-chave em inglês
Aged
Cognition
Depression
Elderly
Estradiol
Men
Sexual steroids
Resumo em inglês
Aging is usually followed by cognitive decline, depressive symptoms and decreasing in serum concentrations of sexual steroids. However, the influence of sexual steroids on cognition in elderly is still controversial,most studies comprisedelderly and adult subjectsand used screening tests to analyze cognitive impairment without assess of each cognitive function. Objective: to evaluate in cohort comprising exclusively elderlythe performance of cognitive functions, the presence of depressive symptoms and to correlate with serum concentrations of sex steroids. Casuistics: 60 males aged 62-87 years old (73.5 ± 5.9). Method: The Mini Mental State Examination (MMSE) was applied to analyze the cognition and its functions: temporal and spatial orientations, immediate and recall memory, attention/calculation, language and visuospatial ability. The Geriatric Depression Scale (GDS) was used to identify depressive symptoms. Serum total testosterone (TT) and estradiol concentrations were measured by electrochemiluminecence, free testosterone concentration (FT) was calculated. The results of both tests were correlated with age, schooling, body mass index (BMI) and serum concentrations of TT, FT and estradiol. In the statistical analysis the Spearman, Mann Whitney and Kruskal-Wallis testswere used. Results: Mean time of schooling was 9.5±4.5 yrs, mean BMI was 26.9±3.9 kg/m2, mean serum concentrations of TT, TL and estradiol was 431.6±179.6 ng/dL, 7.58±2.8 pmol/L and 27.1±9.7 pg/mL, respectively. There were negative correlations between age and TT (r = -0.36, p = 0.003), FT (r = -0.32, p = 0.01) and estradiol (r = -0.24, p = 0, 06). Positive correlation between GDS and age (r = 0.3, p = 0.016) and negative with TT and FT concentrations (r = -0.32, p = 0.01, r = -0.27, p = 0.03, respectively). The TT, FT and estradiol concentrations did not correlated with MMSE score; however, there was a positive correlation between TT concentrations and Spatial Orientation (r = 0.26, p = 0.04). In addition, a negative correlation was found between BMI and MMSE score (r = -0.3, p = 0.01) and language function (r = -0.25, p = 0.04); we emphasized the negative correlation between BMI andserum TT concentrations (r = -0.45; p = 0.0002). There was a positive correlation betweenlevel of schooling and the MMSE (r = 0.37, p = 0.01). Conclusions: We did not identify an influence of sexual steroids on the performance of cognition in elderly men; although, we observed an influence of serum TT concentrations on spatial orientation. The BMI had a negative influence on the performance of MMSE; however, it should be elucidate if it results from a direct effect of body fat and/or an indirect effect of lower androgen levels from patients with higher BMI. Higher Schooling level appears to have a protective effect on the cognitive performance. There was a clear influence of age and lower serum androgen levels in the presence of depressive traits. Data from this study may be useful in the adoption of preventive actionsto improve the quality of life in elderly
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-11-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.