• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Alweyd Tesser de Morais
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Waitzberg, Dan Linetzky (Presidente)
Boaventura, Maria Fernanda Cury
Pereira, Claudia Cristina Alves
Torrinhas, Raquel Susana Matos de Miranda
Título em português
Dinâmica da incorporação plasmática, leucocitária e hepática de ácidos graxos poli-insaturados após infusão parenteral de diferentes emulsões lipídicas contendo óleo de peixe
Palavras-chave em português
Ácidos graxos ômega-3
Leucócitos mononucleares
Neutrófilos
Nutrição parenteral
Óleos de peixe
Ratos
Resumo em português
Propriedades biológicas de ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 (AGPIs ômega-3), particularmente dos ácidos eicosapentaenoico (EPA) e docosahexanoico (DHA), sugerem seu benefício clínica em condições inflamatórias. A incorporação leucocitária de AGPIs ômega-3 é importante para que suas propriedades anti-inflamatórias ocorram. Comparado com administração por via digestiva, a infusão parenteral de emulsões lipídicas (EL) contendo AGPIs ômega-3 tem incorporação celular precoce. Experimentalmente, em ratos saudáveis, o pico de incorporação celular de AGPIs ômega-3 ocorreu 72 horas após a infusão parenteral de ELs contendo óleo de peixe como fonte de EPA e DHA. Em ratos a incorporação celular de AGPIs ômega-3 administrados por via parenteral foi mais rápida quando infundidos em conjunto com triglicérides de cadeia média (TCM) do que associados a AGPIs. Uma EL parenteral contendo quantidades elevadas de TCM (50%) em sua formulação tornou-se recentemente disponível para a prática clínica e poderia ser útil para facilitar a incorporação celular de AGPIs ômega-3. Nosso trabalho avaliou experimentalmente as modificações de incorporação leucocitária de AGPIs ômega-3 após infusão parenteral de nova EL contendo óleo de peixe e alto teor de TCM (grupo TCM / TCL / OP). Estudamos estas modificações em células mononucleares e polimorfonucleares após 48 e 72 horas de infusão e em comparação com EL experimental contendo a mesma quantidade de AGPIs ômega-3 e menor de TCM (grupo TCL / OP). Os resultados demonstraram que, após 48 h de infusão, o grupo OP apresentou menos ômega-6 do que o grupo TCM, enquanto as quantidades de ômega 3 eram similares tanto em células mono, quanto em polimorfonucleares. Após 72h, todos os grupos apresentaram diminuição no conteúdo de AGPIs ômega-6 e ômega-3. A razão entre ômega-6 / ômega-3 foi similar entre os grupos no tempo 48h e melhor no grupo OP no tempo 72h. Nossos resultados indicam que a presença de TCM na EL parenteral contendo OP parece não influenciar a dinâmica de incorporação leucocitária de AGPIs
Título em inglês
Dynamics of plasma, leukocyte and hepatic incorporation of omega-3 polyunsaturated fatty acids after parenteral infusion of different fish oil containing lipid emulsion
Palavras-chave em inglês
Fatty acids omega-3
Fish oils
Leukocytes mononuclear
Neutrophils
Parenteral nutrition
Rats
Resumo em inglês
Biological properties of omega-3 polyunsaturated fatty acids (omega-3 PUFA), particularly eicosapentaenoic acid (EPA) and docosahexaenoic acid (DHA), suggest its clinical benefit under inflammatory conditions. The leukocyte incorporation of omega-3PUFAs is important for its anti-inflammatory properties to occur. Compared with digestive administration, parenteral infusion of lipid emulsions (LE) containing omega-3 PUFAs has early cellular uptake. Experimentally, in healthy rats, the peak cellular uptake of omega-3 PUFAs occurred 72 hours after parenteral infusion of fish oil lipid emulsion (FOLE) as the source of EPA and DHA. In rats, the cellular uptake of parenterally administered omega-3 PUFAs was faster when infused together with medium chain triglycerides (MCT). A parenteral LE containing high amounts of MCT (50%) in its formulation become available for clinical practice and could be useful to facilitate the cellular uptake of omega-3 PUFAs. Our work experimentally evaluated the leukocyte incorporation modifications of omega-3 PUFAs after parenteral infusion of new FOLE and high MCT content (MCT / LCT / FO group). We studied these changes in mononuclear and polymorphonuclear leuckocytes after 48 and 72 hours of infusion and compared with experimental LE containing the same amount of omega-3 and lower MCT-PUFAs (LCT / FO group). The results showed that, after 48 h of infusion, the FO group had less omega-6 than the MCT group, whereas the omega 3 amounts were similar in both mono- and polymorphonuclear cells. After 72 h, all groups had a decrease in the content of PUFAs omega-6 and omega-3. The ratio of omega-6 / omega-3 was similar between the groups at time 48h and better in the FO group at time 72h. Our results indicate that the presence of MCT in FOLE does not seem to influence the leukocyte incorporation dynamics of omega-3 PUFAs
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.