• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2014.tde-25022015-095418
Documento
Autor
Nome completo
Natalia Mastantuono Nascimento
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Bydlowski, Sergio Paulo (Presidente)
Gouvea, Christiane Pereira
Lourenço, Dayse Maria
Souza, Heraldo Possolo de
Villaça, Paula Ribeiro
Título em português
O fator de von Willebrand, ligação com fator VIII e estudo da atividade da ADAMTS-13 em pacientes com síndrome antifosfolípide primária
Palavras-chave em português
ADAMTS-13 proteína humana
Anticorpos antifosfolipídeos
Endotélio
Estudos transversais
Fator de von Willebrand
Fator VIII
Síndrome antifosfolipídica
Trombose
Resumo em português
A Síndrome Antifosfolípide (SAF) é uma doença autoimune na qual há presença de anticorpos antifosfolípides [anticoagulante lúpico (AL), anticardiolipina (ACL), anti-beta2glicoproteína I (a-beta2GPI)]. É caracterizada por eventos trombóticos e/ou perdas gestacionais de repetição. Existe um ambiente pró-coagulante na SAF, pois os antifosfolípides (AFL) são capazes de induzir disfunção endotelial aumentando a expressão de moléculas de adesão como o fator de von Willebrand (FVW). Entre os inúmeros elementos envolvidos neste processo, o FVW e a relação com: sua principal enzima proteolítica, a ADAMTS-13, e com o FVIII são relativamente menos conhecidos. Os objetivos deste estudo foram: 1-verificar alterações no endotélio de pacientes com SAF primária (SAFP), através do marcador de lesão endotelial, o FVW, da ADAMTS-13 e do FVIII, avaliando a concentração antigênica, a atividade e a correlação entre estas proteínas; 2- Verificar se alguma destas variáveis é capaz de diferenciar os tipos de eventos trombóticos ocorridos nestes pacientes e se a presença dos AFL influenciam estas proteínas. O estudo, do tipo transversal, envolveu 39 pacientes com SAF primária, com idade mediana de 43 anos, em tratamento no ambulatório de Reumatologia do Hospital das Clínicas, e 39 controles sadios doadores da Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo, pareados por sexo e idade com os pacientes. Os títulos de ACL e a-beta2GPI, as determinações antigênicas e de atividade das proteínas FVW, ADAMTS-13, FVIII e PF4 foram realizados por ELISA, e a atividade do FVIII foi determinada pelo método cromogênico. A análise das subunidades do FVW foi realizada por Western immunoblotting. AL foi detectado utilizando ensaios de coagulação de acordo com as recomendações da Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia. Os resultados foram apresentados em: 1- pacientes SAFP e controles, e 2- pacientes SAFP agrupados em relação ao tipo de evento e ao tipo de AFL presente. Os pacientes apresentaram aumento da concentração antigênica do FVW (74±6 x 69±11 UI/dL; p=0,016), ADAMTS-13 (1,3±0,34 x 0,82±0,12 Ug/mL; p < 0,0001), FVIII (106±19 x 91±15 UI/dL; p=0,0003),da ligação FVW:FVIII (144±17 x 134±20%; p=0,082) e da atividade do FVIII (117±38 x 98±30%; p=0,0021) comparado aos controles. O PF4 apresentou-se diminuído nos pacientes em relação aos controles (96±12 x 101±8 UI/mL; p=0,014). Os pacientes com trombose arterial apresentaram correlação positiva e significante entre a atividade e o antígeno do FVW (r=0,468; p=0,028) e da ADAMTS-13 (r =0,635; p=0,001); os pacientes com trombose venosa apresentaram esta correlação positiva e significante na ADAMTS-13 (r=0,635; p=0,001). Quando os pacientes foram analisados pelo tipo de antifosfolípide, não se observou diferenças nas variáveis estudadas. Os pacientes com SAFP parecem apresentar disfunção endotelial. No entanto, aparentemente existe um mecanismo de equilíbrio para evitar a formação de um novo trombo. O papel do FVW e a sua relação com a ADAMTS-13, em diferentes doenças, ainda é relativamente pouco conhecido, mas está sendo apontado como importante na patogênese de estados pró-trombóticos como os presentes em pacientes com SAF
Título em inglês
Study of von Willebrand factor activity, binding with factor VIII and ADAMTS-13 activity in patients with primary antiphospholipid syndrome
Palavras-chave em inglês
ADAMTS-13 human protein
Antiphospholipid antibody
Antiphospholipid syndrome
Cross-sectional studies
Endothelium
Factor VIII
Thrombosis
von Willebrand factor
Resumo em inglês
Antiphospholipid syndrome (APS) is an autoimmune disease, characterized by vascular thrombosis and /or pregnancy morbidity, in association with antiphospholipid antibodies (aPL) (lupus anticoagulant (LA), anticardiolipin (ACL), anti-beta2glicoprotein I (a-beta2GPI). Antiphospholipid (APL) seems to induce endothelial dysfunction by increasing the expression of adhesion molecules such as von Willebrand factor (VWF). This results in a prothrombotic state in APS. Among the several elements involved in this process, some are relatively less known, such as VWF and its relationship with ADAMTS-13, its main proteolytic enzyme. The aim of this study was to evaluate endothelial dysfunctions in patients with primary APS (PAPS), by examining correlation among the soluble endothelial marker, VWF, the enzyme ADAMTS-13, and FVIII protein. The relationship of these proteins and the presence of arterial and/or venous thrombosis, and presence of APL was also evaluated. This cross-sectional study involved 39 PAPS patients, with a median age of 43 years, who have been treated in the Outpatient Clinics, Department of Rheumatology, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, and 39 healthy subjects blood donors from the Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo, matched for sex and age with patients. Levels of APL (ACL and a-beta2GPI), concentration and activities of VWF, ADAMTS-13, FVIII and PF4 proteins were measured with ELISA. LA was detected with coagulation assays according to updated guidelines from the International Society on Thrombosis and Haemostasis, and FVIII activity was measured by chromogenic method. Analysis of VWF subunits was performed by Western immunoblotting. The results were evaluated according to:1- PAPS patients and controls, and2- PAPS patients grouped in relation to type of event and the type of APL. Patients showed higher VWF antigen concentration (74±6 x 69±11 IU/dL, p=0.016), ADAMTS-13 (1.3±0.34 x 0.82±0.12 Ug/mL, p < 0.0001), FVIII (106±19 x 91 ± 15 IU/dL, p=0.0003), VWF binding to FVIII (144±17 x 134 ± 20%, p=0.082) and activity of FVIII (117±38 x 98±30%, p=0.0021) than controls. The PF4 was decreased in patients compared to controls (96±12 vs. 101±8 IU/mL, p=0.014). VWF antigen and activity correlated well (Pearson´s r =0.468; p=0.028) as well as ADAMTS-13(Pearson´s r=0.635; p=0.001) in patients with arterial thrombosis. However, in patients with venous thrombosis only ADAMTS-13 had a good correlation (Pearson´s r =0.492; p=0.045). When patients were analyzed by the type of aPL, no differences in the studied variables were observed. Patients with PAPS seem to present endothelial dysfunction. However, apparently there is an attempt to balance mechanism to prevent a new thrombus formation. The role of VWF and its relation with ADAMTS-13 in different diseases is still relatively unknown. However it has been considered as important in the pathogenesis of prothrombotic states such as those present in patients with APS
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.