• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2011.tde-22072011-141615
Documento
Autor
Nome completo
Ualace de Paula Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Carvallo, Renata Mota Mamede de (Presidente)
Azevedo, Marisa Frasson de
Durante, Alessandra Spada
Matas, Carla Gentile
Schochat, Eliane
Título em português
Função da orelha média e das curvas de crescimento nas respostas das emissões otoacústicas
Palavras-chave em português
Células ciliadas auditivas
Emissões otoacústicas espontâneas
Orelha média
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Dentre as medidas da função coclear, a curva de crescimento das Emissões Otoacústicas por produto de distorção (CCEOA PD) permite o registro da amplitude da emissão em função do crescimento sistemático nos níveis de tons primários. A CCEOA PD fornece parâmetros específicos sobre o limiar e o comportamento não-linear das EOA PD, porém a variabilidade das respostas inter e intrasujeitos reduz a confiabilidade dessa medida na avaliação da robustez das respostas cocleares e a relação dessa robustez com os limiares auditivos. OBJETIVOS: Esta pesquisa estudou as interações entre as medidas timpanométricas da orelha média e as medidas de função coclear em adultos jovens sem queixas auditivas, de acordo com as variáveis: antecedentes de alterações de orelha média, sexo e orelha direita / esquerda. MÉTODOS: Participaram 69 indivíduos com audição normal e idades entre 18 e 34 anos, sendo 21 homens e 48 mulheres. A caracterização das condições de orelha média foi obtida pela anamnese, com a informação dos antecedentes de alterações de orelha média e pela timpanometria com sondas de admitância de 226 e 1000 Hz. A audiometria foi realizada com resolução de 01 dB NA, o que possibilitou comparações mais refinadas entre o limiar psicoacústico da audiometria tonal, a amplitude do DP-Gram e os limiares das CCEOA PD. Além dessas variáveis, a interferência dos fatores sexo e orelha foram testadas em todas as análises. RESULTADOS/DISCUSSÃO: Os resultados apontaram que as curvas de crescimento sofreram influência significativa das variáveis sexo, antecedentes de alterações de orelha média e orelha direita \ esquerda, porém, apenas a interferência dos antecedentes foi constante e causou um padrão de modificação, ou seja, o grupo com antecedentes apresentou respostas aquém das respostas do grupo sem antecedentes. Os limiares audiométricos também apresentaram alta correlação com as amplitudes das EOA PD e com os limiares das CCEOA PD, quando identificadas as variáveis que interferiram nos resultados. Considerando que o ruído de fundo foi controlado nessa pesquisa, durante a avaliação das EOA PD e CCEOA PD, os resultados confirmaram a importância da consideração dessas variáveis na composição de grupos com audição normal em pesquisas com medidas de emissões otoacústicas. Ainda sobre os resultados, foi possível, por meio da medida da curva de crescimento (slope e limiar), demonstrar que o padrão de crescimento das CCEOA PD é diferente nos casos de modificação nas condições de orelha média e isso foi verificado tanto pelos antecedentes de alterações de orelha média quanto pelas medidas timpanométricas com sonda de admitância de 1000 Hz. CONCLUSÃO: O limiar das CCEOA - PD estudado nessa pesquisa apresentou correlação positiva com valores audiométricos e negativa com o DP-Gram. A inclinação da curva de crescimento (slope) também apresentou alta correlação com os antecedentes de alterações de orelha média, apontando o potencial valor desta medida no estudo da função coclear saudável e alterada e, conseqüentemente, sua possível utilização nas medidas prescritivas de amplificação
Título em inglês
Middle-ear and growth functions on the responses of the otoacoustic emissions
Palavras-chave em inglês
Ear middle
Hair cells auditory
Otoacoustic emissions spontaneous
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The Distortion Product Otoacoustic Emissions Input/Output function (DPOAE I/O function) is a subdivision of DPOAE, where the response amplitude is recorded such as a systematic growth function in the primary tones. The DPOAE I/O function provides specific parameters about the DPOAEs threshold and non-linearity. However, the response variability reduces the measure reliability to evaluate the cochlear robustness and the relationship between robustness and hearing thresholds. OBJECTIVE: This research studied the interaction between the tympanometric measures and cochlear functions measures in young adults without hearing complaints, considering the variables: middle-ear alteration antecedents, gender and right / left ear. METHODS: 69 normal hearing subjects, aged from 18 to 34 years participated of the study. From the total, 21 were men and 48 women. To reach the proposed objectives, the middle ear conditions were assessed by anamneses and 226 and 1000 Hz admittance probe-tone tympanometry. The audiometric thresholds were searched with 01 dBHL resolution to enable refined comparisons among pure-tone audiometry and DP-Gram amplitude and DPOAE I/O function thresholds. The gender and ear interference were also evaluated in all analyses. RESULTS/DISCUSSION: The results showed that the variables gender, antecedents and ear affected the I/O functions responses, but only the middle-ear alterations antecedents presented a constant modification pattern. In other words, the group with antecedents presented mainly reduced responses in comparison with no antecedents group. The audiometric thresholds also presented high correlation with DPOAE amplitudes and DPOAE I/O functions thresholds, after the detection of the variables affecting the results. As the background noise was controlled during this study, the results confirmed the importance of monitoring these variables in the normal hearing group compositions to perform researches with DPOAE. Regarding the DPOAE I/O functions (slope and threshold), the growth pattern was modified according the middle ear conditions, verified by the antecedents of middle ear alterations and 1000 Hz admittance probe-tone tympanometry. CONCLUSION: The DPOAE I/O function threshold studied presented positive correlation with audiometric thresholds and negative correlation with DP-Gram. The DPOAE I/O functions slope also showed high correlation with antecedents of middle ear alterations, denoting the potential value of this measure in the study of the healthy and damaged cochlear function and, hence, it possible application in amplification prescriptive measures
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-07-25
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • CAMPOS, U. P., et al. Contralateral suppression of otoacoustic emissions: Input-Output functions in neonates [doi:10.12659/msm.881981]. Medical Science Monitor [online], 2011, vol. 17, p. CR557-CR562.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, et al. Alteration of distortion product otoacoustic emission input/output functions in subjects with a previous history of middle ear dysfunction [doi:10.12659/MSM.882605]. Medical Science Monitor [online], 2012, vol. 18, p. MT27-MT31.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, and Carvallo, Renata Mota Mamede. Correlação entre os limiares das curvas de crescimento das EOAPD e tons puros [doi:10.1590/S1808-86942011000600012]. Brazilian Journal of Otorhinolaryngology [online], 2011, vol. 77, p. 754-760.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, and Carvallo, Renata Mota Mamede. Latência das EOAPD em milissegundos e número de ondas [doi:10.1590/S0034-72992005000600016]. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia [online], 2005, vol. 71, nº 6, p. 784-790.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, et al. Issues of Contralateral Suppression in Neonates. In Audiology Now 2011, Chicago, 2011. Audiology Now-Program Now 2011., 2011. Resumo.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, and CARVALLO, R. M. M. Double peak in 1000Hz tympanometry and DPOAE input/output functions. In XXXth International Congress of Audiology, sao Paulo, 2010. Programme and Abstracts Book., 2010. Abstract.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, and CARVALLO, R. M. M. Multi-level DPOAEs in individuals with history of otitis media. In 2009 Annual Meeting of the American Academy of Audiology, Dallas, 2009. Book - 2009 Annual Meeting of the American Academy of Audiology., 2009. Abstract. Available from: http://www.audiology.org.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, e CARVALLO, R. M. M. Comparação das curvas de crescimento das EOAPD entre indivíduos com e sem histórico de otite mádia. In 24º Encontro Internacional de Audiologia, Bauru, 2009. Anais do 24º Encontro Internacional de Audiologia., 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www.audiologiabrasil.org.br.
  • CAMPOS, Ualace de Paula, e CARVALLO, R. M. M. DPOAEs on Double-peak Tympanograms with 1000 Hz Probe Tone. In Audiology Now 2011, Chicago, 2011. Audiology Now-Program Now 2011., 2011. Resumo.
  • CARVALLO, R. M. M., e CAMPOS, Ualace de Paula. Latência das Emissões otoacústicas em adultos com audição normal. In 19 Encontro Internacional de Audiologia, Bauru, 2004. Anais do 19 Encontro Internacional de Audiologia., 2004. Resumo.
  • Melo D S, et al. Achados da triagem auditiva em recém-nascidos com indicadores de risco para a perda auditiva no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. In 24º Encontro Internacional de Audiologia, Bauru, 2009. Anais do 24º Encontro Internacional de Audiologia., 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www. audiologiabrasil.org.br.
  • PICHELLI, T. S., et al. Efeito da Estimulação Contralateral e binaural na supressão das Emissões otoacústicas em Neonatos sem Risco para Perda Auditiva. In 26º Encontro Internacional de Audiologia, Maceió, 2011. Anais do 26º Encontro Internacional de Audiologia., 2011. Resumo. Dispon?vel em: http://www.audiologiabrasil.org.br/eiamaceio2011/anais_select.php?eia=&pg=buscaresult&cid=2824.
  • Suyama L, et al. Measures of Hearing in parents of individuals with autosomal recessive hearing loss. In XXXth International Congress of Audiology, Sao Paulo, 2010. Programme and abstracts Book., 2010. Abstract.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.