• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2007.tde-17022009-111331
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Venâncio Barbosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Lichtig, Ida (Presidente)
Carnio, Maria Silvia
Fernandes, Fernanda Dreux Miranda
Navas, Ana Luiza Pereira Gomes Pinto
Slomski, Vilma Geni
Título em português
Avaliação das habilidades comunicativas de crianças surdas: a influência do uso da língua de sinais e do português pelo examinador bilingüe
Palavras-chave em português
Avaliação
Linguagem
Linguagem de sinais
Multilingüismo
Surdez
Resumo em português
A língua de sinais ganha um novo foco no cenário nacional e a tendência da prática fonoaudiológica toma rumos que provavelmente levarão à maior difusão do bilingüismo. O domínio desta língua torna-se de grande importância para o fonoaudiólogo, e pode contribuir para diagnósticos mais precisos. Este trabalho tem como objetivo analisar a comunicação de crianças surdas em interação com um examinador bilíngüe no uso das modalidades comunicativas e no perfil pragmático. O estudo foi desenvolvido com 12 sujeitos com idade de 7 a 10 anos, com surdez profunda, sem comprometimentos associados e filhos de pais ouvintes. Aplicou-se o Protocolo de Avaliação das Habilidades Comunicativas e de Linguagem de Crianças Surdas - Reduzido em dois momentos: em Português e em língua de sinais. Este protocolo foi modificado para este estudo e é complementar ao protocolo original. O objetivo da redução do protocolo original foi tornar sua aplicação mais concisa e rápida. Com relação às modalidades comunicativas usadas nas duas interações, observouse que a ocorrência de modalidade viso-espacial foi maior em ambas as aplicações, mostrando a preferência desta modalidade pela criança surda. O uso de língua ocorreu em maior número na aplicação em língua de sinais, indicando que a modalidade de língua usada pelo interlocutor influencia a complexidade no uso da linguagem pela criança. Isto sugere a importância do conhecimento da língua de sinais pelo examinador para maior precisão no diagnóstico de linguagem. Com relação ao perfil pragmático o grupo exibiu maior diversidade de habilidades comunicativas na aplicação em PB, entretanto as habilidades comunicativas que predominaram nesta aplicação são as menos adaptadas ao ambiente ou de aquisição precoce. As habilidades comunicativas de aquisição tardia ocorreram predominantemente na aplicação em LS. Os resultados apresentaram diferenças estatisticamente significantes com relação à complexidade do código usado para expressar as habilidades, com maior pontuação para aplicação em LS. Os dados sugerem a importância do conhecimento de língua de sinais pelo fonoaudiólogo porque as respostas que podem ser obtidas em um exame tendem a ser mais complexas lingüisticamente
Título em inglês
Deaf childrens communication skills assessment: the influence of bilingual examiners use of sign language and brazilian portuguese
Palavras-chave em inglês
Deafness
Evaluation
Language
Multilingualism
Sign language
Resumo em inglês
Brazilian Sign Language gains a new focus in the national scenery. Speech Pathology professional praxis points to new possibilities which may spread bilingual practices, by the equal status usage of Sign Language and Portuguese. The sign language mastery is important for this professional since it helps the development of more precise diagnosis. The aim of this study was to analyze deaf childrens communication modalities and pragmatic profile while interacting with a bilingual examiner. Participated in this study twelve subjects, aged seven to ten years old, with profound hearing loss, without other associated problems and born to hearing parents. Each child was assessed twice by the Protocolo de Avaliação das Habilidades Comunicativas e de Crianças Surdas - Reduzido: once in Brazilian Portuguese and once in Brazilian Sign Language. This protocol was modified to become its administration reduced and quicker. Results showed that Visual-Space-Modality occurrence was higher in both administrations, indicating deaf childrens preferential language modality. The higher use of linguistic code (language) occurred during the protocol sign language administration, suggesting that the language modality used by the examiner influences the child´s linguisitc complexity. The majority of the children was in the nonlinguistic stage when assessed in Brazilian Portuguese but in the multiple combinations stage when assessed in Brazilian Sign Language. The groups pragmatic profile showed more diverse communicative skills in Brazilian Portuguese administration, though less adaptative, or communicative skills from the initial language and communication acquisition period. Communicative skills of later acquisition occurred mainly in Sign Langage administration. Results showed statistical significance in the complexity of the code used to express communicative skills, with higher scores obtained in the Sign Language administration. The data suggests the importance of the mastery of sign language by examiners for precise diagnosis, because deaf children responses to language assessment tend to be linguistically more complexes when the examiner uses this language modality
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
felipevbarbosa.pdf (539.21 Kbytes)
Data de Publicação
2009-03-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.