• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2009.tde-02062009-092606
Documento
Autor
Nome completo
Kleber Ramos de Juan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Matas, Carla Gentile (Presidente)
Carvallo, Renata Mota Mamede de
Gil, Daniela
Título em português
Avaliação audiológica, eletroacústica e eletrofisiológica da audição em adultos com HIV/AIDS
Palavras-chave em português
Audiometria
Emissões otoacústicas espontâneas
Perda auditiva de alta frequência
Potenciais evocados auditivos
Potenciais evocados auditivos de tronco encefálico
Potencial evocado P300
Síndrome da imunodeficiência adquirida
Testes de impedância acústica
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida é causada pelo vírus da imunodeficiência humana, um retrovírus específico que afeta o sistema imunológico, propiciando a ocorrência de diversas infecções oportunistas e podendo afetar também o sistema nervoso auditivo central. OBJETIVO: Avaliar as vias periférica e central do sistema auditivo em indivíduos adultos com HIV/AIDS. MÉTODOS: Foram avaliados 25 indivíduos com HIV/AIDS e 25 indivíduos do grupo controle, sendo estes submetidos à avaliação audiológica convencional, audiometria em altas frequências, emissões otoacústicas por transiente, supressão das emissões otoacústicas, potenciais evocados auditivos de tronco encefálico, média latência e Potencial Cognitivo (P300). RESULTADOS: O grupo estudo apresentou alterações em todas as avaliações realizadas, enquanto que o grupo controle apresentou alterações na audiometria em altas frequências, supressão das emissões otoacústicas, potencial evocado auditivo de média latência e P300. A comparação dos resultados normais e alterados obtidos entre os grupos apresentou diferença estatisticamente significante para a audiometria tonal convencional, audiometria em altas frequências, timpanometria, pesquisa dos reflexos acústicos, emissões otoacústicas, supressão das emissões otoacústicas e potencial evocado auditivo de tronco encefálico, sendo também possível observar uma tendência à diferença estatisticamente significante no P300. Com relação aos tipos de alteração, o grupo estudo apresentou maior ocorrência de perda auditiva neurossensorial na avaliação audiológica convencional, alterações sugestivas de comprometimento de orelha média e tronco encefálico concomitantemente no potencial evocado auditivo de tronco encefálico, alteração do tipo ambas (efeito eletrodo e efeito orelha ocorrendo concomitantemente) no potencial evocado auditivo de média latência e alterações por aumento de latência no P300. Com relação à análise quantitativa pode-se verificar que na comparação dos resultados obtidos entre os grupos houveram diferenças estatisticamente significantes para todos os limiares obtidos na audiometria tonal convencional, bem como na audiometria em altas frequências; no potencial evocado auditivo de tronco encefálico para a latência das ondas I, III, V, e interpicos I-V e III-V; no potencial evocado auditivo de média latência para a latência da onda Pa nas modalidades C4-A1 e C4-A2 e no P300 para a latência dessa onda. CONCLUSÃO: Indivíduos com HIV/AIDS apresentam alterações na avaliação audiológica convencional, audiometria em altas frequências, emissões otoacústicas, supressão das emissões otoacústicas e nos potenciais evocados auditivos, sugerindo comprometimento tanto da via auditiva periférica como da via auditiva central.
Título em inglês
Audiological, electroacoustic and electrophysiological hearing assessment of adults with HIV/AIDS
Palavras-chave em inglês
Acoustic impedance tests
Acquired immunodeficiency syndrome
Audiometry
Auditory evoked potentials
Brainstem auditory evoked potential
High-frequency hearing loss
P300 evoked potential
Spontaneous otoacoustic emissions
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The Acquired Immunodeficiency Syndrome is caused by the human immunodeficiency virus, a specific retrovirus that affects the immunological system allowing the emergence of several opportunistic infections, and that may also affect the central auditory nervous system. AIM: To assess the peripheral and central auditory pathways of the auditory system of individuals with HIV/AIDS. METHOD: 25 individuals with HIV/AIDS and 25 individuals from a control group were evaluated by conventional audiological assessment, high-frequency audiometry, transient otoacoustic emissions, suppression of otoacoustic emissions, brainstem auditory evoked potential, middle latency auditory evoked potential, and Cognitive Potential (P300). RESULTS: The study group presented abnormal results in all evaluations while the control group presented abnormal results in high-frequency audiometry, otoacoustic emission suppression, middle latency auditory evoked potential and P300. The comparison of normal and abnormal results between the groups showed statistically significant difference in conventional pure tone audiometry, high-frequency audiometry, tympanometry, acoustic reflexes, otoacoustic emissions, otoacoustic emissions suppression, and brainstem auditory evoked potential; it was also observed a tendency to statistically significant difference in P300. Concerning the types of alterations, the study group presented higher incidence of sensorineural hearing loss in the conventional audiological assessment; alterations suggestive of concomitant middle ear and brainstem disorders in the brainstem auditory evoked potential; concomitant electrode effect and ear effect in the middle latency auditory evoked potential; and increased latency in P300. In the quantitative analysis it was verified that in the comparison of results between the groups there were statistically significant differences for all thresholds obtained in the conventional pure tone audiometry as well as in the high-frequency audiometry; in the brainstem auditory evoked potential for the latency of waves I, III, V, and interpeaks I-V and III-V; in the middle latency for the latency of wave Pa in modalities C4-A1 and C4- A2; and in P300 latency. CONCLUSION: Individuals with HIV/AIDS present alteration in conventional audiological assessment, high-frequency audiometry, otoacoustic emission, otoacoustic emission suppression, and in auditory evoked potentials suggesting abnormalities of both, the peripheral and the central auditory pathways.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dis_kleber.pdf (949.15 Kbytes)
Data de Publicação
2009-06-09
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Matas, Carla Gentile, et al. Manifestações audiológicas em crianças e adultos com AIDS [doi:10.1590/S0104-56872010000300019]. Pró-Fono [online], 2010, vol. 22, p. 269-274.
  • CORTES, J. P., et al. AVALIAÇÃO AUDIOLÓGICA EM ADULTOS COM HIV / AIDS. In EIA 23o. Encontro Internacional de Audiologia, Itajaí / Santa Catarina, 2008. Anais do 23o. Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2008. Resumo. Dispon?vel em: http://www.audiologiabrasil.org.br/eiaitajai2008/anais_select.php?eia=&pg=buscaresult&cid=1657.
  • MATAS, C. G., CARVALLO, R. M. M., e JUAN, K. R. Conventional and high-frequency audiological assesment in individuals with AIDS. In Audiology Now, Dallas - Texas, 2009. Program Now.NE- Washington : American Academy of Audiology, 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www.audiologynow.org.
  • MATAS, C. G., JUAN, K. R., e SANTOS FILHA, V. A. V. Audiological and eletrophysiological findings in adults with HIV/AIDS. In Audiology Now, Dallas - Texas, 2009. Program Now.NE - Washington : american Academy of Audiology, 2009. Resumo. Dispon?vel em: http://www.audiologynow.org.
  • OKUDA, M. Y., et al. POTENCIAIS EVOCADOS AUDITIVOS NA SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA. In EIA 23o. Encontro Internacional de Audiologia, Itajaí / Santa Catarina, 2008. Anais do 23o. Encontro Internacional de Audiologia.São Paulo : Academia Brasileira de Audiologia, 2008. Resumo. Dispon?vel em: http://www.audiologiabrasil.org.br/eiaitajai2008/anais_select.php?eia=&pg=buscaresult&cid=1663.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.