• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-23042018-121343
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Molinari Nardi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Dedivitis, Rogério Aparecido (Presidente)
Castro, Mario Augusto Ferrari de
Cernea, Claudio Roberto
Matos, Leandro Luongo de
Título em português
O papel da via proteica Wnt em carcinomas de laringe
Palavras-chave em português
Beta catenina
Caderinas
Carcinoma
Células escamosas
Laringectomia
Neoplasias laríngeas
Resumo em português
Introdução: O câncer de laringe é a segunda neoplasia maligna mais comum no segmento cervicofacial. As caderinas epiteliais (E-caderinas) em conjunto com cateninas formam o complexo E-caderina-catenina que atuam na adesão célula-célula. A perda dessa molécula pode levar à redução ou até mesmo ausência de expressão de E-caderina na membrana celular, acúmulo citoplasmático de beta-catenina e sua translocação para o núcleo, contribuindo para eventos carcinogênicos. Objetivo: Avaliar a expressão de E-caderina e beta-catenina em pacientes com tumor laríngeo precoce ou avançado e na presença ou ausência de metástase cervical. Métodos: Realizou-se estudo retrospectivo de 52 pacientes portadores de carcinoma epidermoide glótico ou supraglótico, tratados entre 1998 a 2011 e avaliados de acordo com o sítio de localização tumoral, grau de diferenciação histológica, estádio TNM, dados de sobrevida e confrontados com a expressão imunoistoquímica de E-caderina e beta-catenina. Resultados: Observou-se associação com significância estatística entre a queda da expressão de E-caderina com a localização supraglótica da lesão, a presença de metástase cervical, em tumores pouco diferenciados e em tumores localmente avançados quando em topografia glótica. Com relação à expressão de beta-catenina, também foi encontrada significância estatística ao relacionar a presença de metástase cervical e tumor de baixa diferenciação com a diminuição de expressão deste marcador. Quanto à análise de sobrevida, a baixa expressão de beta-catenina está relacionada a pior sobrevida global e a redução da expressão de ambos os marcadores a pior sobrevida livre de doença. Conclusão: A expressão anômala dos marcadores estudados levam a impacto prognóstico por poder propiciar tumores com maior agressividade local e presença de metástase cervical
Título em inglês
The role of the Wnt protein pathway in laryngeal cancer
Palavras-chave em inglês
Beta catenin
Cadherins
Carcinoma
Laryngeal neoplams
Laryngectomy
Squamous cell
Resumo em inglês
Introduction: Larynx cancer is the second most common malignant neoplasm in the cervicofacial segment. Epithelial cadherins (E-cadherins) together with catenins form the E-cadherin-catenin complex that acts on cell-to-cell adhesion. The loss of this molecule may lead to the reduction or even absence of E-cadherin expression in the cell membrane, cytoplasmic accumulation of beta-catenin and its translocation to the nucleus, contributing to carcinogenic events. Objective: To evaluate the expression of E-cadherin and beta-catenin in patients with laryngeal tumor in different locoregional situations. Methods: A study retrospective of 52 patients with glottic or supraglottic squamous cell carcinoma treated between 1998 and 2011 was conducted, evaluated according to the tumor localization site, the degree of histological differentiation, TNM stage and survival analysis. These data were confronted with the immunohistochemical expression of E-cadherin and ?-catenin. Results: We observed statistically significant association between the fall of E-cadherin expression and the supraglottic localization of the lesion, the presence of cervical metastasis, poorly differentiated tumors and locally advanced tumors when in glottic topography. Related to the expression of beta-catenin, statistical significance was also found for the presence of cervical metastasis and tumor of low differentiation with the decreased expression of this marker. Regarding survival analysis, the low expression of beta-catenin is related to worse overall survival and the reduction of expression of both markers to worse disease-free survival. Conclusion: The anomalous expression of the markers studied leads to a prognostic impact in order to provide tumors with greater local aggressiveness and presence of cervical metastasis
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.