• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2018.tde-22102018-122929
Documento
Autor
Nome completo
Alexandra Carolina Canonica
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Greve, Julia Maria D Andrea (Presidente)
Casarotto, Raquel Aparecida
Busse, Alexandre Leopold
Luna, Natália Mariana Silva
Título em português
Adaptação do tempo de frenagem de idosos e adultos em simulador de direção veicular com ou sem presença de distratores
Palavras-chave em português
Adaptação
Adulto
Cognição
Direção distraída
Idoso
Sexo
Resumo em português
Estudos mostram a importância de se avaliar o tempo de adaptação dos indivíduos em um ambiente virtual de direção veicular, para que a resposta seja a mais próxima daquela obtida na direção real de um veículo. Assim, o objetivo deste trabalho foi identificar e analisar a adaptação ao simulador de direção, pelas repetições do tempo de frenagem, de idosos e adultos com e sem distrator e secundariamente identificar preditores do desempenho seguro dos condutores idosos. Foram avaliados 164 indivíduos de ambos os sexos divididos em dois grupos: 102 idosos acima de 65 anos e 62 adultos de 30 a 40 anos. O tempo de frenagem foi avaliado em um simulador de direção veicular, a cognição pelo Mini Exame do Estado Mental, a força muscular do flexor plantar de tornozelo pelo dinamômetro isocinético, a força de preensão palmar pelo dinamômetro manual e o equilíbrio postural pelo "Time-Up and Go Test" com e sem tarefa cognitiva. Idosos (homens e mulheres) e mulheres adultas demandam maior número de repetições do tempo de frenagem para se adaptar ao simulador de direção. O distrator aumenta o número de repetições de frenagem para que ocorra adaptação em todos os grupos. Os principais preditores do tempo de frenagem para as idosas são idade, força muscular e equilíbrio postural associados com dupla tarefa e para os idosos a força muscular. Desta forma, idade, sexo e presença de distrator interferem na adaptação à tarefa virtual de dirigir. O modelo de avaliação desenvolvido com multidomínios demonstrou ser capaz de predizer quais habilidades estão relacionadas com o tempo de frenagem com e sem a presença do distrator
Título em inglês
Adaptation of the braking time of elderly and adults in vehicle direction simulator with and without the presence of distractors
Palavras-chave em inglês
Adaptation
Adult
Aged
Cognition
Distracted driving
Sex
Resumo em inglês
Studies show the importance of evaluating the adaptation time of individuals in a virtual environment of vehicular direction, so that the response is the one closest to that obtained in the real direction of a vehicle. Thus, the objective of this work was to identify and analyze the adaptation to the steering simulator, by repetitions of braking time, of elderly and adults with and without distractor, and secondarily to identify predictors of the safe performance of elderly drivers. One hundred sixty-four individuals of both sexes were divided into two groups: 102 elderly over 65 years and 62 adults aged 30 to 40 years. The braking time was evaluated in a vehicle direction simulator, the cognition by Mini Mental State Examination, the ankle flexor muscle strength by isokinetic dynamometer, the palmar grip strength by manual dynamometer and the postural balance by "Time-Up and Go Test" with and without cognitive task. Elderly (men and women) and adult women require a greater number of repetitions of the braking time to adapt themselves to the steering simulator. The distractor increases the number of braking repetitions for adaptation in all groups. The main predictors of braking time for the elderly women are age, muscle strength and postural balance associated with dual task, and for the elderly men is the muscular strength. So age, gender and distractor presence interfere in the adaptation to the virtual task of driving. The evaluation model developed with multi-domains demonstrated to be able to predict which abilities are related to braking time with and without the presence of distractor
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.