• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2006.tde-11102006-104710
Documento
Autor
Nome completo
Gisele Joana Gobbetti
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Cohen, Claudio (Presidente)
Hossne, William Saad
Marin, Isabel da Silva Kahn
Oselka, Gabriel Wolf
Sa, Alvino Augusto de
Título em português
"A função da confidencialidade: bioética e incesto"
Palavras-chave em português
Bioética
Comunicação sigilosa
Ética profissional
Incesto
Relações profissional-paciente
Resumo em português
O presente estudo pretende construir uma reflexão sobre a função da confidencialidade para os profissionais de saúde que lidam com pessoas envolvidas em casos de incesto, na tentativa de avaliar os limites éticos destas intervenções. A metodologia utilizada constituiu-se por uma reflexão teórica baseada na experiência de trabalho da autora no CEARAS, referendada pela Bioética e pela Psicanálise e ilustrada por uma pesquisa realizada com os profissionais de saúde, incluindo os médicos, enfermeiras, técnicas e auxiliares de enfermagem e assistentes sociais do Pronto-Atendimento Pediátrico do Hospital Universitário da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Entrevistas livres de exploração sobre a possibilidade de atendimento a crianças e adolescentes com suspeitas de abuso sexual e o modo de lidar com estas questões foram realizadas com os profissionais. As entrevistas foram gravadas e transcritas para serem analisadas através do método de análise de conteúdo. O atendimento de pacientes envolvidos em situações de abuso sexual é considerado pelos profissionais de saúde como um problema de difícil abordagem. A ausência do conflito entre a quebra do segredo profissional e a manutenção do vínculo de confiança entre profissional de Saúde e paciente em situações de incesto demonstra a dificuldade de os profissionais lidarem com tais casos e discriminarem a função de um profissional de saúde, pelo incesto se tratar justamente do tabu estruturante do ser humano.
Título em inglês
The function of confidentiality: bioethics and incest
Palavras-chave em inglês
Bioethics
Confidentiality
Ethics professional
Incest
Professional-patient relation
Resumo em inglês
This work intends to build up considerations about the confidentiality function for health professionals who deal with people involved in cases of incest, trying to evaluate the ethical limits of these interventions. The methodology used was a theoretical reflection based on Bioethics and Psychoanalyses and was illustrated by research with health professionals, including doctors, nurses, social workers and nurse assistants from Pediatric Emergency Room at University Hospital of São Paulo University. Free exploring interviews about the possibility of attending children and adolescents with suspects of sexual abuse and the way to deal professionally with such situation were conducted with those professionals. The interviews were recorded and transcribed for analysis through content analysis technique. The attendance of patients involved in sexual abuse situations is considered by health professionals as a difficult problem to approach. The absence of conflict between breaking professional secrecy and the maintenance of the reliance bond between the health professional and the patient on incest situations, shows the difficulties for the professionals to deal with people involved in those cases and, to discriminate the function of a health professional, by considering incest as a structuralizing taboo from the essence of human being.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
GiseleJoanaGobbetti.pdf (197.47 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.