• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Telma Pantano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Scheuer, Claudia Ines (Presidente)
Navas, Ana Luíza Pereira Gomes Pinto
Parente, Maria Alice de Mattos Pimenta
Perissinoto, Jacy
Wertzner, Haydée Fiszbein
Título em português
"O texto de crianças e adolescentes com depressão maior unipolar"
Palavras-chave em português
ADOLESCENTE
CRIANÇA
ESTUDOS LONGITUDINAIS
FLUOXETINA/uso terapêutico
MÉTODO DUPLO-CEGO
PROCESSAMENTO DE TEXTO/métodos
TRANSTORNO DEPRESSIVO
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi verificar a elaboração e a recontagem de histórias de crianças com o diagnóstico de depressão maior unipolar (DSM-IV, 1997), bem como a influência da terapia medicamentosa com fluoxetina em um estudo duplo-cego longitudinal controlado com placebo. Fizeram parte do estudo trinta sujeitos com idades entre 10 e 14 anos e diagnosticados com depressão, randomizados para o uso de fluoxetina ou placebo. Ambos os grupos foram avaliados quanto à elaboração livre de textos orais e escritos e à recontagem de textos (fábulas de Êsopo ou La Fontaine) na etapa 0 (sem o uso de medicação) e na etapa 3 (três meses após a introdução de medicação ou placebo). Os textos foram analisados de acordo com o modelo de Kintsch e Van Dijk (1978), baseado no número de macro e microestruturas produzidas e/ou recordadas e nos componentes relativos à superestrutura textual. A este modelo foi acrescida a análise do conteúdo proposicional (positivo, negativo ou neutro), com o intuito de observar o fenômeno da “memória condizente com o humor”. Não foram observadas diferenças significativas com relação a esses critérios entre os grupos ou períodos analisados, nem quanto à produção e/ou recontagem de textos orais ou escritos, mesmo com a melhora da sintomatologia clínica observada por meio da escala CDRS (Poznanski & Mokros, 1996).
Título em inglês
The text of children and adolescents with unipolar major depression
Palavras-chave em inglês
ADOLESCENT
CHILD
DEPRESSIVE DISORDES
DOUBLE BLIND METHOD
FLUOXETIN/therapeutic use
LONGITUDINAL STUDIES
WORD PROCESSING/methods
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the textual production and recontagem of children with unipolar major depression (DSM-IV, 1997), and the influence of drug therapy with fluoxetine in a longitudinal, double-blinded, placebo-controlled study. Thirty subjects with depression, aged between 10 and 14 years, were selected and randomized for the use of fluoxetine or placebo. Both groups were analyzed regarding to spontaneous oral and written production and to the recontagem of the texts (Esopo’s or La Fontaine’s fables) in the period zero (without medication) and period 3 (three months after starting placebo or fluoxetine). The texts were analyzed according to Kintsch and Van Dijk’s model (1978), taking in account the number of macro and microstructures elaborated and/or recalled and the textual superstructure. We added to this model the proposition-content analysis (positive, negative or neutral), in order to observe the “mood-congruent memory” phenomenon. Regarding these criteria, no differences were found amongst the groups or periods analyzed, neither amongst the oral and written elaborated or recontados texts, even after the improvement of clinical symptoms evaluated by CDRS scale (Poznanski and Mokros, 1996).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Telmapantano.pdf (20.26 Kbytes)
Telmapantanodois.pdf (270.58 Kbytes)
siginifica que o arquivo pode ser somente acessado dentro da Universidade de São Paulo.
Data de Publicação
2005-08-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.