• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2015.tde-04082015-105211
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Luiz Soares Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Passero, Luiz Felipe Domingues (Presidente)
Cardoso, André Gustavo Tempone
Kesper Junior, Norival
Título em português
Análise de imunogenicidade e proteção gerada pelos imunógenos de terceira geração pVAX1-FSD e pVAX1-SP contra a leishmaniose tegumentar americana experimental
Palavras-chave em português
Anticorpos
Camundongos
Imunidade celular
Imunização
Leishmaniose
Vacinas contra leishmaniose
Resumo em português
A leishmaniose tegumentar é uma doença infecciosa, amplamente disseminada, sendo L. (V.) braziliensis e L. (L.) amazonensis, no Brasil, as espécies de maior importância médico-epidemiológica. Devido ao impacto epidemiológico da leishmaniose, medidas profiláticas devem ser desenvolvidas para o controle da doença, tal como vacinas. Portanto, o presente trabalho objetivou avaliar a imunogenicidade e potencial protetor de dois imunógenos denominados como ferro superóxido dismutase (FSD) e serino peptidase (SP). Os genes codificadores dos antígenos foram sintetizados e clonados no plasmídeo pVAX1 (pVAX1-FSD e pVAX1-SP). Camundongos BALB/c foram imunizados com ambos os alvos na concentração de 1,0 ug/uL, por três vezes, a intervalos regulares de 15 dias, e desafiados ou não com formas promastigotas de L. (L.) amazonensis. Os animais foram avaliados clínica, parasitológica e imunologicamente nos estudos de imunogenicidade e proteção. Os resultados obtidos demonstraram que ambas os imunógenos foram pouco imunogênicos, não apresentando alterações em linfócito T CD4; por outro lado, detectaram-se frequências diminuídas de linfócito TCD8 produtores de IFN-y e TNF-alfa. Entretanto, nos experimentos de desafio, verificou-se que os animais imunizados com pVAX1-FSD apresentaram uma resposta mista Th1 e Th2, devido ao aumento de linfócitos T produtores de IFN-y e IL-4, o que se associou a níveis altos de IgG1 e IgG2a, levando a uma diminuição da carga parasitária. O alvo pVAX1-SP também induziu resposta imunológica mista nos animais, todavia foi detectado frequências elevadas de linfócitos T CD8 produtores IL-10, e esta resposta foi associada a ausência de proteção nesses animais
Título em inglês
Analysis of Immunogenicity and protection generated by third generation immunogens pVAX1-FSD and pVAX1-SP against experimental cutaneous leishmaniasis
Palavras-chave em inglês
Antibodies
Immunity cellular
Immunization
Leishmaniasis
Leishmaniasis vaccines
Mice
Resumo em inglês
American tegumentar leishmaniasis is an infectious disease, widespread, and in Brazil the species L. (V.) braziliensis and L. (L.) amazonensis are the most relevant in medical-epidemiological studies. Due to the epidemiological impact of leishmaniasis, prophylactic measures should be developed to control this disease, such as vaccines. Therefore, the present study aimed to evaluate the immunogenicity and the protective potential of two vaccine candidates known as iron superoxide dismutase (FSD) and serine peptidase (SP). FSD- and SP-coding genes were synthesized and cloned into plasmid pVAX1 (pVAX1-FSD and pVAX1-SP). BALB/c mice were immunized with both candidates at a concentration of 1.0 ug/uL, three times at intervals of 15 days and challenged or not with L. (L.) amazonensis promastigotes. Animals were evaluated clinically, immunologically and parasitologically in the studies of immunogenicity and protection. The results showed that both vaccines presented low immunogenicity, and after immunization BALB/c mice did not show significant changes in CD4 T lymphocytes, by the other side, the frequency of IFN-y and TNF-alfa producing cells were low. However, after challenge pVAX1-FSD-immunized mice presented a mixed Th1 and Th2 immune response, due to the high frequencies of IFN-ye IL-4-producing T lymphocytes, with association to high levels of IgG1 and IgG2a isotypes, leading to parasite burden decreasing. pVAX1-SP vaccine candidate also induced mixed immune response in animals, however high frequencies of IL-10-producing CD8 T lymphocytes was found, justifying the absence of protection in these animals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.