• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-17122008-092842
Documento
Autor
Nome completo
Liz Andrea Kawabata Yoshihara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Lotufo, Paulo Andrade (Presidente)
Buchalla, Cassia Maria
Gotlieb, Sabina Lea Davidson
Nunes, Maria do Patrocinio Tenorio
Soriano, Francisco Garcia
Título em português
Fibrilação atrial e demência: estudo de base populacional no distrito do Butantã, São Paulo
Palavras-chave em português
Demência
Fibrilação atrial
Idosos
Prevalência
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O aumento da proporção de idosos implica estudar os determinantes dos principais agravos associados ao envelhecimento como a demência, principalmente a associada à doença cerebrovascular. Um fator de risco relevante para doença cerebrovascular é a freqüência de fibrilação atrial crônica. O São Paulo Health and Ageing Study com base populacional para estudo de distúrbio cognitivo e demência é uma oportunidade única para verificar a prevalência de fibrilação atrial e de sua associação com demência. MÉTODOS: Estudo transversal, por arrolamento de 1524 idosos com 65 anos ou mais estudo acima, no distrito do Butantã, cidade de São Paulo. O diagnóstico de fibrilação atrial foi feito com o eletrocardiograma de repouso de doze derivações e o de demência foi feito utilizando-se o protocolo do Research Group of Dementia 10/66. Estudaram-se variáveis sócio-econômicas e fatores de risco cardiovascular como hipertensão, diabetes, dislipidemia e obesidade. RESULTADOS: A amostra estudada tinha idade média de 72,2 anos, era predominantemente feminina, branca, casada, de baixa escolaridade e renda. A prevalência de fibrilação atrial associou-se ao aumento da idade e foi de 1,9% para o sexo feminino e 3,1% para o sexo masculino, com prevalência para ambos os sexos ajustada para idade de 2,7%. A prevalência de demência também se associou ao aumento da idade e sua prevalência idade ajustada foi de 4,9%, maior em mulheres (4,8%) do que em homens (3,6%). A razão de chances ajustada para idade para a associação de fibrilação atrial e demência foi de 2,88 (Intervalo de Confiança, IC 95% - 0,98 8,40) para ambos os sexos sendo e, de 1,50 (IC95% - 0,19 11,83) para homens e 4,48 (IC95% - 1,23 16,29) para mulheres. Encontrou-se maior risco de demência entre mulheres com fibrilação atrial (17,7%) do que entre os participantes do mesmo sexo sem demência (4,6%) Outras alterações no eletrocardiograma de repouso com interesse foram determinadas como com área inativa (código de Minnesotta q1- q2) de: 9,1% nas mulheres e 16,6% nos homens; e também bloqueio de ramo esquerdo de 3,3%, nas mulheres 3,0% e nos homens 3,6%. CONCLUSÃO: Mulheres idosas com fibrilação atrial têm diagnóstico de demência quase quatro vezes mais do que aquelas em ritmo sinusal
Título em inglês
Atrial fibrillation and dementia: a population-based study in the Butantã district, São Paulo
Palavras-chave em inglês
Atrial fibrillation
Dementia
Elderly
Prevalence
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The growing aging population proportion makes us study the most important illness related with aging of the population as dementia, specially the dementia associated to stroke. Atrial fibrillation is a main risk factor with cerebrovascular disease. The São Paulo Heath and Ageing Study a population based study for cognitive disturb and dementia is an unique opportunity to verify the atrial fibrillation prevalence and its association with dementia. Methods: This is a cross-sectional study. The population of this study was composed by 1,524 elderly people, over 65 years of age, covered by the Health Program Family in the Butantã district, São Paulo, who were recruited door by door. The diagnosis of atrial fibrillation was made using a twelve lead resting electrocardiogram and the diagnosis of dementia was made by the protocol of Research Group of Dementia 10/66. We studied socio economic variables and cardiovascular risk factors as hypertension, diabetes, dislipidemia and obesity. RESULTS: The studied population had a mean age of 72.2 years old and was predominantly female, white, married and of low educational and financial status. We found that atrial fibrillation prevalence increased throughout age-strata and was of 1.9% among the females and 3.1% among the males, and age-adjusted prevalence of 2.7%. The prevalence of dementia also increases with age and its ageadjusted prevalence was of 4.9%, greater among the females (4.8%) than among the males (3.6%). The odds ratio age-adjusted for the association of atrial fibrillations and dementia was of 2.88 (Confidence interval, 95% CI 0.98 8.40) for both sex: 1.50 among men (95% CI 0.19 11.83), and 4.48 among women (95% CI 1.23 16.29). We found a higher risk of dementia among the female with atrial fibrillation (17.7%) than among female participants without atrial fibrillation (4.6%). Other resting electrocardiogram alterations were determined as previous inactive areas (Minnesotta Code q1-q2) of 12.4%: among the females of 9.1% and among the males of 16.6%. The frequency of left bundle-branch block was of 3.3%: among the females of 3.0% and among the males of 3.6% .CONCLUSION: Elderly women with atrial fibrillation had the diagnosis of dementia almost four times greater than that of women with sinus rhythm
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LizAKYoshihara.pdf (718.75 Kbytes)
Data de Publicação
2009-01-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.