• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2006.tde-16102006-133859
Documento
Autor
Nome completo
Luís Henrique Ishida
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Besteiro, Julio Morais (Presidente)
Cunha, Marcelo Sacramento
Faria, José Carlos Marques de
Título em português
"Estudo anatômico comparativo entre o retalho escapular e o retalho perfurante da artéria toracodorsal"
Palavras-chave em português
Artérias/anatomia & histologia
Axila/anatomia & histologia
Cirurgia plástica
Microcirurgia
Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos
Retalhos cirúrgicos
Resumo em português
Desde a primeira descrição do retalho perfurante de artéria toracodorsal (TAP), sua indicação tem sido questionada por se tratar de um retalho de características semelhantes aos retalhos fasciocutâneos escapulares baseados na artéria circunflexa escapular, que são bem conhecidos e reprodutíveis. Este estudo visa comparar características anatômicas destes dois retalhos, distinguindo-os para uma melhor indicação. Adicionalmente o estudo visa estudar o posicionamento do pedículo perfurante do retalho TAP. Vinte e um pares de retalhos (TAP e escapular) foram dissecados simultaneamente em cadáveres frescos. Os músculos latíssimo do dorso e redondo maior foram seccionados e os dois retalhos foram retirados em peça única. O comprimento do pedículo, diâmetro externo da artéria e da veia, espessura da derme e espessura do tecido celular subcutâneo de ambos os retalhos foram avaliados e comparados de forma pareada. A localização dos pedículos dos retalhos foi avaliada em ambos os retalhos. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente através do teste t de Student. O retalho TAP apresentou um pedículo com média de 16,95 cm de comprimento, sendo 50% maior que o do retalho escapular (p<0,05). A espessura média da derme foi 2,12 mm, sendo 42% mais fina do que a do retalho escapular; e a do tecido subcutâneo foi 1,37 cm, sendo 28% mais fina do que a do retalho escapular (p<0,05). O pedículo do retalho TAP apresentou artéria com diâmetro médio de 3,14 mm e veia com diâmetro médio de 3,03 mm, enquanto o pedículo do retalho escapular apresentou artéria com diâmetro médio de 3,33 mm e veia com diâmetro médio de 2,95mm, ambos sem diferenças estatísticas. Nas dissecções estudadas, todos os pedículos dos retalhos escapulares se localizavam no “espaço triangular”. Já a localização dos pedículos perfurantes do retalho TAP não apresentou nenhum parâmetro constante. O estudo demonstrou que, apesar de se localizarem em sítios anatômicos adjacentes, o retalho TAP possui um pedículo mais longo e sua pele é mais fina do que o retalho escapular. Por outro lado, o posicionamento do pedículo do retalho escapular é constante, enquanto o pedículo perfurante do retalho TAP possui localização variável.
Título em inglês
Comparative anatomical study between the thoracodorsal artery perforator flap and the scapular flap
Palavras-chave em inglês
Arteries/anatomy & histology
Axilla/anatomy & histology
Microsurgery
Reconstructive surgical procedures
Surgery plastic
Surgical flaps
Resumo em inglês
Indication of the thoracodorsal artery perforator (TAP) flap has been questioned because its characteristics are similar to those of scapular flaps based on the scapular circumflex artery. The scope of this study is to compare the anatomic features of these two flaps, differentiating them for a better indication. Twenty-one pairs of flaps (TAP and scapular) were dissected simultaneously in fresh cadavers. The length of the pedicles, thickness of the arteries and veins of the pedicles, and the thickness of the dermis and subcutaneous tissue of the flaps were assessed and compared. The position of the pedicles of both flaps was evaluated. The average length of the TAP flap pedicle was 16.95 cm, and it was 50% longer than the scapular flap (p<0.05). The mean thickness of the dermis was 2.12 mm and of the subcutaneous tissue 1.37 cm, respectively 42% and 28% thinner than the scapular flaps (p<0.05). No significant difference was evident between the thicknesses of the pedicles. The TAP arterial pedicle was 3.14 mm and the venous one 3.03 mm. The scapular flap demonstrated a 3.33 mm arterial pedicle and 2.95 mm for the venous one. The evaluation of the position of the pedicle of the scapular flap was constant; on the other hand, the perforator pedicle of the TAP flap did not show any constant anatomical parameter. The study revealed that although the TAP flap and the scapular flap lie in adjacent anatomical areas, the TAP flap has a longer pedicle and a thinner skin; their vascular pedicles have similar thickness; though the position of the thoracodorsal perforator pedicle is variable, when compared with the scapular flap.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-10-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.