• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2012.tde-20122012-120212
Documento
Autor
Nome completo
Maurilio Onofre Deininger
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Dallan, Luis Alberto Oliveira (Presidente)
Benício, Anderson
Silva, José Pedro da
Barbosa, Gilberto Venossi
Lisboa, Luiz Augusto Ferreira
Título em português
Análise comparativa da perviedade das artérias torácicas internas direita e esquerda na revascularização da região anterior do coração. Avaliação por angiotomografia no 6º mês de pós-operatório
Palavras-chave em português
Artéria torácica interna
Circulação extracorpórea
Doença da artéria coronariana/cirurgia
Doença das coronárias/cirurgia
Ensaio clínico controlado aleatório
Revascularização miocárdica
Resumo em português
Objetivos: O objetivo deste estudo é analisar a perviedade da artéria torácica interna direita (ATID) pediculada, anteroaórtica em anastomose para a região anterior do coração na cirurgia de revascularização do miocárdio (RM), em relação à artéria torácica interna esquerda (ATIE). Métodos: No período de dezembro de 2008 a dezembro de 2011, 100 pacientes foram selecionados para serem submetidos a cirurgia de RM sem circulação extracorpórea (CEC), de forma prospectiva. Eles foram agrupados em Grupo 1 (G-1) e Grupo 2 (G-2), cada um com 50 pacientes, com randomização por computador e conhecimento da técnica no início da cirurgia. No G-1, os pacientes receberam ATIE para a região anterior do coração e complementação da RM com a ATID livre para ramos da circunflexa (CX) e outros enxertos arteriais ou venosos para a coronária direita (CD) e/ou ramos. Os pacientes do G-2 receberam ATID pediculada para a região anterior do coração e complementação da RM com ATIE, pediculada, para ramos da CX e outros enxertos arteriais ou venosos para a CD e/ou ramos. A perviedade das artérias torácicas internas direita e esquerda foi avaliada através de angiotomografia coronária multislice, 64 canais, no 6º mês de pós-operatório. Resultados: Os dois grupos eram semelhantes quanto aos dados clínicos de pré-operatório, como exemplo: diabetes mellitus, hipertensão arterial sistêmica, obesidade. Os dois grupos apresentaram predominância do sexo masculino com 75,6% e 88% nos grupos 1 e 2, respectivamente. Cinco pacientes migraram do G-1 para o G-2 em virtude de doença ateromatosa na aorta ascendente e um deles foi excluído por ter que utilizar enxerto composto. A média de anastomoses distais no G-1 foi de 3,48 (DP=0,72), e no G-2 foi de 3,20 (DP=0,76). Não ocorreu mediastinite em nenhum paciente. Uma paciente do G-1 apresentou osteomielite, e necessitou de intervenção cirúrgica. Dois pacientes do G-1 foram submetidos a reoperação por sangramento. Os resultados das angiotomografias coronarianas com 96 pacientes re-estudados mostram que todas as ATIs, fosse a direita ou a esquerda, utilizadas pediculadas para a região anterior do coração encontravam-se sem oclusões ou estenoses, configurando 100% de perviedade. No G-1, um enxerto livre da ATID para ramos da CX apresentava oclusão total, em dois pacientes havia estenose leve, em um deles havia estenose moderada na anastomose proximal na aorta ascendente e outro apresentava diminuição de calibre na sua porção distal. Em três pacientes o enxerto de segmento de veia safena para ramos da CD se encontravam ocluídos. No G-2, dois pacientes apresentavam oclusão total na ATIE pediculada para ramos da CX, e outro apresentava estenose moderada na porção distal da ATIE utilizada sequencial para dois ramos marginais. Em dois pacientes o enxerto de segmento de veia safena para ramos da CD se encontravam ocluídos. Não houve óbitos em nenhum dos grupos. Conclusão: A cirurgia de RM com utilização da ATID pediculada, anterógrada para o RIA, apresenta resultado semelhante ao da ATIE utilizada para essa mesma coronária.
Título em inglês
Comparative analysis of patency of right and left internal mammary artery in the revascularization of left anterior descending and branches. Evaluation by angiography in the sixth month postoperatively
Palavras-chave em inglês
Anteroaortic right internal mammary artery
Coronary artery bypass surgery with two internal mammary arteries
Coronary computed tomography angiography
Coronary disease/surgery
Off-pump coronary artery bypass graft surgery
Patency of grafts in the coronary artery bypass surgery
Randomized controlled trial
Resumo em inglês
Objective: To analyze the patency of the pedicled, anteroaortic, right internal mammary artery (RIMA) anastomosed to the left anterior descending (LAD) and branches in coronary artery bypass graft surgery (CABG), in comparison with the left internal mammary artery (LIMA). Methods: From December 2008 to December 2011, 100 patients were selected to undergo a prospective off-pump coronary artery bypass graft surgery and were randomly divided by computer into Group 1 (G-1) and Group 2 (G-2), so that the technique was known at the beginning of the surgery. In each group, with 50 patients, the patency of both right and left internal mammary arteries, which were used pedicled to the LAD, was comparatively studied through coronary computed tomography angiography. G-1 had 50 patients who received the LIMA to the LAD or LAD/diagonal (sequential) and had the CABG complemented with the free RIMA to circumflex branches and other arterial or venous grafts to the right coronary artery (RCA) and/or branches. G-2 had 50 patients who received the pedicled RIMA to the LAD or LAD/diagonal (sequential) and had the CABG complemented with the pedicled LIMA to circumflex branches and other arterial or venous grafts to the RCA and/or branches. Results: Both groups were similar in pre-operative clinical data, such as: diabetes mellitus, systemic arterial hypertension, obesity. Also, there was predominance of males in both groups, with 75,6% and 88% in Groups 1 and 2 respectively. Five patients were switched from G-1 to G-2 owing to atheromatous disease in the ascending aorta, and one of them was dropped for having to use composite graft. The average of distal anastomosis in G-1 was 3,48 (standard deviation (SD=0,72) and in G-2 was 3,20 (SD=0,76). Mediastinitis didn't occur in any patient. A patient from G-1 had osteomyelitis that required surgical intervention. Two patients from G-1 underwent reoperation because of bleeding. The 64-slice coronary computed tomography angiography was performed in the 6th postoperative month; 96 patients have been re-studied so far and all pedicled IMAs to the LAD were patent. In G-1 a free RIMA graft to the circumflex branches presented total occlusion, another two had a discreet stenosis and in one moderate at the proximal anastomosis and one more had a string signal at the distal portion. In G-2 two patients had total occlusion of the pedicled LIMA to circumflex artery branches, and another one presented moderate stenosis at its distal portion. In two patients the saphenous vein graft to the RCA branches were occluded. There were no deaths in any of the groups. Conclusion: The CABG surgery using the pedicled, anteroaortic RIMA to the LAD has a similar outcome to that of the LIMA used for this same coronary.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.