• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2011.tde-24052011-110544
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Muniz Miziara
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Buchpiguel, Carlos Alberto (Presidente)
Baroni, Ronaldo Hueb
Meirelles, Gustavo de Souza Portes
Título em português
Estadiamento mediastinal pré-operatório em câncer de pulmão de não pequenas células utilizando fusão de imagem SPECT/TC com 99mTC-SESTAMIBI
Palavras-chave em português
Linfonodos
Neoplasias pulmonares
Tecnécio Tc 99m sestamibi
Tomografia computadorizada de emissão de fóton único
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A avaliação do mediastino quanto à presença de metástases linfonodais é importante na escolha do tratamento dos pacientes com câncer de pulmão de não pequenas células. Apesar da tomografia computadorizada ser o exame de imagem de escolha no estadiamento do câncer de pulmão, tem limitações conhecidas quanto à avaliação dos linfonodos regionais. O objetivo deste trabalho é avaliar a acurácia do SPECT/TC utilizando o radiofármaco 99mTc-sestamibi no estadiamento linfonodal do mediastino em pacientes com diagnóstico de carcinoma de pulmão de não pequenas células e candidatos a tratamento cirúrgico. MÉTODOS: Foi realizada coleta prospectiva de dados de 41 pacientes entre dezembro de 2006 a fevereiro de 2009. Os pacientes foram submetidos à tomografia computadorizada de tórax e ao SPECT/TC com 99mTc-sestamibi no prazo máximo de 30 dias antes da cirurgia. O SPECT/TC foi considerado positivo quando havia captação no mediastino e a tomografia de tórax, quando havia linfonodos maiores do que 10 mm no menor eixo. Os resultados da interpretação do SPECT/TC com sestamibi e da TC de tórax foram comparados aos encontrados na patologia, definido como método padrão ouro. RESULTADOS: O SPECT/TC identificou de maneira correta seis dos 19 casos com envolvimento dos linfonodos hilares e um dos sete casos com metástases ganglionares no mediastino pela patologia. Os valores de sensibilidade, especificidade, valores de predição positivo e negativo para o 99mTc-sestamibi SPECT/TC na avaliação do hilo foram respectivamente de: 31,6%, 95,5%, 85,7% e 61,8% e para o mediastino de 14,3%, 97,1%, 50% e 84,6%. A tomografia de tórax encontrou sensibilidade para a análise dos linfonodos hilares e mediastinais de 47,4% e 57,1%, especificidade de 95,5%, e 91,2%, valores de predição positivo de 90% e 57,1% e negativo de 67,7% e 91,2%, respectivamente. CONCLUSÃO: Nos pacientes com câncer de pulmão de não pequenas células com doença inicial e ressecável o SPECT/TC com 99mTc-sestamibi no estadiamento linfonodal do mediastino apresentou baixa sensibilidade e acurácia, apesar da alta especificidade. O SPECT/TC não adicionou informações relevantes à TC de tórax, que poderiam justificar o seu emprego no estadiamento pré-operatório do carcinoma de pulmão de não pequenas células
Título em inglês
Preoperative mediastinal staging in non-small cell lung cancer using image fusion SPECT/CT with 99mTc-Sestamibi
Palavras-chave em inglês
Lung neoplasms
Lymph nodes
Single photon emission computed tomography
Technetium Tc 99m sestamibi
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The proper nodal staging of non-small cell lung cancer is important to choose the best treatment modality. Although CT is the first-line imaging test for primary staging of lung cancer, it is well known its limitations on mediastinum nodal staging. The aim was to evaluate the accuracy of SPECT/CT using 99mTc-sestamibi in the nodal staging of patients with non-small cell lung cancer and potential candidates towards surgical treatment. METHODS: A prospective data collection of 41 patients was conducted from December 2006 to February 2009. The patients underwent chest CT and SPECT/CT with 99mTc-sestamibi within 30 days interval before surgery. SPECT/CT was considered positive when there was focal uptake of sestamibi in the mediastinum and CT scan when there was lymph nodes larger than 10 mm in short axis. The results of SPECT/CT and CT were correlated with pathology findings after surgery. RESULTS: SPECT/CT correctly identified six of 19 cases with involvement of hilar lymph nodes and one of seven cases with nodal metastases in the mediastinum. The sensitivity, specificity, positive and negative predictive value for 99mTc-sestamibi SPECT/CT in the assessment of the hilum were respectively: 31.6%, 95.5%, 85.7% and 61.8% and for the mediastinum 14.3%, 97.1%, 50% and 84.6%. Chest tomography showed a sensitivity of hilar and mediastinal lymph nodes of 47.4% and 57.1%, specificity of 95.5% and 91.2%, positive predictive value of 90% and 57.1% and negative predictive value of 67.7% and 91.2%, respectively. CONCLUSION: SPECT/CT with 99mTc-sestamibi showed very low sensitivity and accuracy for nodal staging of patients with non-small cell cancer despite its high specificity. Moreover, the performance of SPECT/CT added no relevant information compared to CT that could justify its use in the routine preoperative staging of non-small cell lung carcinoma
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-05-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.