• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2013.tde-02102013-090408
Documento
Autor
Nome completo
Genival Barbosa de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Kowalski, Luiz Paulo (Presidente)
Castro Junior, Gilberto de
Kanda, Jossi Ledo
Título em português
Fatores prognósticos em pacientes com carcinoma epidermóide de laringe estádio clínico T4 tratados por cirurgia, radioterapia ou associações terapêuticas
Palavras-chave em português
Estadiamento de neoplasias
Neoplasias laríngeas/cirurgia
Neoplasias laríngeas/quimioterapia
Neoplasias laríngeas/radioterapia
Prognóstico
Sobrevida
Resumo em português
O câncer de laringe é uma das neoplasias mais comuns das vias aéreas superiores. No Brasil a maioria dos casos são diagnosticados nos estádios clínicos III ou IV. Nos tumores T4a os resultados terapêuticos são discordantes na literatura. Alguns estudos referem melhores taxas de sobrevida global com o tratamento cirúrgico e outros demonstraram taxas de sobrevida global semelhantes entre pacientes submetidos a laringectomia total e os submetidos a quimioradioterapia. Concomitante ao surgimento destas novas modalidades terapêuticas, descritas nas últimas décadas, observou-se nos Estados Unidos queda nas taxas de sobrevida dos pacientes com tumores de laringe. O objetivo deste estudo foi avaliar fatores prognósticos em pacientes portadores de carcinoma epidermóide de laringe cT4aN0-3M0 tratados em quatro instituições - em três diferentes países - de acordo com variáveis demográficas, clínicas, terapêuticas e anatomopatológicas. Em relação as variáveis clínicas, foram observadas piores taxas de sobrevida global nos pacientes com mais de 65 anos, nos classificados como ASA III ou IV, nos casos com tumores com extensão para base de língua. Dentre os pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico as piores taxas de sobrevida global foram observados nos casos com margens de ressecção comprometidas, nos com invasão vascular presente e os com estádio linfonodal pN2 ou pN3. As taxas de sobrevida global e câncer específica não diferiu entre os pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico ou quimioradioterápico. Por outro lado as melhores taxas de sobrevida livre de recorrência local foi evidenciada nos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico. Na análise multivariada, foram fatores prognósticos independentes para o risco de óbito, a classificação pelo ASA (III ou IV) e o estadiamento linfonodal patológico (pN2 ou pN3) entre os pacientes submetidos à cirurgia, a faixa etária superior a 65 anos, a extensão do tumor para base de língua, para partes moles perilaríngeas e a presença de mais de uma estrutura invadida pelo tumor nos pacientes submetidos a quimioradioterapia. Em conclusão, diversas variáveis são potenciais fatores prognósticos relacionados a sobrevida global, no entando somente a classificação como ASA III ou IV e o estádio pN2 ou pN3 foram identificados como fatores prognósticos independente para o risco de óbito nos pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico. Nos pacientes submetidos ao tratamento com quimioradioterapia a faixa etária superior a 65 anos, extensão para base de língua, para partes moles perilaríngeas e presença de duas ou mais estruturas invadidas foram os fatores prognósticos independentes para o risco de óbito
Título em inglês
Prognostic factors in patients with clinical stage T4 laryngeal squamous cell carcinomas treated by surgery, radiotherapy or therapeutic associations
Palavras-chave em inglês
Laryngeal neoplasms/chemotherapy
Laryngeal neoplasms/radiotherapy
Laryngeal neoplasms/surgery
Neoplasms staging
Prognostic
Survival
Resumo em inglês
Laryngeal cancer is one of the most common neoplasms of the upper airways. In Brazil most cases are diagnosed at stages III or IV. In T4a tumors, there are discordant treatment results in the literature. Some studies refer to improved rates of overall survival with surgical treatment while other studies show similar rates of overall survival between patients submitted to total laryngectomy or chemoradiotherapy. Concomitant to the emergence of these new therapeutic modalities described in recent decades, a decline in survival rates of patients with laryngeal tumors has been registred in the United States. The aim of this study was to assess prognostic factors in patients with clinical stage cT4aN0-3M0 laryngeal epidermoid carcinomas treated in four institutions, in three different countries, according with demographic, clinical, therapeutic and pathologic variables. With regard to clinical variables, worse rates of overall survival were observed in patients older than 65 years, classified as ASA III or IV, and tumors with tongue base extension. Among the patients who underwent surgical treatment, the worse rates of overall survival were in the cases of involved surgical margins, with vascular invasion present, and in cases with pathological metastatic lymph nodes pN2 or pN3 staging. The rates of overall survival and cancer specific survival did not differ among patients who underwent surgical treatment or chemoradiotherapy. Conversely, improved local recurrence-free survival rates were registred in patients who underwent surgical treatment. In multivariate analysis, the independent prognostic factors for the risk of death, were ASA III or IV classification, and pathological lymph nodes pN2 or pN3 staging among the patients who underwent surgery; age above 65 years, tumors with tongue base extension, extension into the perilaryngeal soft tissues and the presence of more than one structure invaded by tumor in patients who underwent chemoradiotherapy. In conclusion, several variables are potential prognostic factors related too verall survival, however only ASA III or IV and stage pN2 or pN3 were in dependent prognostic factors for the risk of death in patients undergoing surgical treatment. In patients undergoing chemoradiotherapy: age above 65 years, tumors extension to the base of tongue, perilaryngeal soft tissue invasion and presence of two or more structure sinvaded were independent prognostic factors for the risk of death
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.