• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-01062009-095438
Documento
Autor
Nome completo
Alexandra Valéria Maria Brentani
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Federico, Miriam Hatsue Honda (Presidente)
Aidar, Marcelo Marinho
Campino, Antonio Carlos Coelho
Goldbaum, Moises
Mauad, Edmundo Carvalho
Título em português
Análise econômica da quimiorradioterapia concomitante em pacientes portadores de carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço
Palavras-chave em português
Análise custo-efetividade
Carcinoma de células escamosas
Cisplatina/economia
Custos de cuidados de saúde
Neoplasias de cabeça e pescoço
Quimioterapia/economia
Radioterapia/economia
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O presente trabalho teve como objetivo elaborar análise custoefetividade do esquema de quimiorradioterapia com cisplatina (estratégia 2) comparado ao tratamento radioterápico (estratégia 1) para pacientes portadores de CECCP localmente avançado não elegíveis para tratamento cirúrgico. MÉTODOS: levantamos dados prospectivos de 33 pacientes na estratégia 2 e dados retrospectivos de 29 pacientes tratados no HC-FMUSP e Hospital A.C. Camargo, (estratégia 1). Consideramos a tabela de reembolso do Sistema Único de Saúde (perspectiva SUS) e custos do HC-FMUSP com honorários profissionais, medicamentos, demais insumos e depreciação de equipamentos (perspectiva Institucional). A medida de efetividade foi 1 ano de vida ganho, livre de progressão da doença (SLPD). Calculamos a Razão Incremental Custo Efetividade (RICE). RESULTADOS: 31% dos pacientes da estratégia 1 e 58% na estratégia 2) tiveram 1 ano de SLPD. Na perspectiva SUS o custo total por paciente na estratégia 1 foi de R$ 2.798,52 e R$ 4.938,11 na estratégia 2. Na perspectiva institucional os custos foram R$ 26.798,52 e R$ 5.040,79, respectivamente. A RICE na perspectiva SUS foi de R$ 7.924,00 reais por ano de vida ganho e R$ 8.912,71 na perspectiva institucional. CONCLUSÃO: nas duas perspectivas a estratégia 2 se mostrou custo-efetiva, sendo o custo incremental considerado aceitável, segundo diretrizes do Banco Mundial.
Título em inglês
Economic analysis of chemo radiotherapy in head and neck cancer
Palavras-chave em inglês
Carcinoma squamous cell
Cisplatin/economics
Cost efficiency analysis
Drug therapy/economics
Head and neck neoplasms
Health care costs
Radiotherapy/economics
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The present study aims to conduct a cost-effectiveness analysis comparing chemoradiotherapy with cisplatine and radiotherapy alone, to treat inoperative advanced head and neck cancer. METHODS: we collected data from 29 patients in a prospective study on chemoradiotherapy with cisplatin, conducted at Hospital das Clínicas HC-FMUSP,(strategy 2). For strategy 1, we collected retrospective data of 33 patients treated with radiotherapy at HC-FMUSP and Hospital A.C. Camargo. We considered only direct costs (personnel, drugs, material and equipment depreciation). We considered, the National Health Service (SUS) reimbursement parameters as the National Security System perspective, and HC-FMUSP costs as the institutional perspectives. We measured effectiveness as one year of diseasefree life gained. We collected costs and effectiveness data and calculated the cost-effectiveness incremental ratio ICER, which expresses additional costs per life year gained, in strategy 2, compared to strategy 1 RESULTS: 31.0% of the patients treated in strategy 1 lived more than 12 months, without disease progression, compared to 58.0% of the patients in strategy 2. According to SUS perspective, the total cost per patient in strategy 1) is R$ 2.798,52 and R$ 4.938,11 in strategy 2. Considering the institutional perspective, total costs are R$ 2.634,36, and R$ 5.040,79 respectively. In SUS perspective, the ICER ratio of strategy 2 compared to 1 is R$ 7.924,00 per lifes year gained. In the institutional perspective, ICER is R$ 8.912,71. We conducted a one way sensitivity analysis to verify our calculations. CONCLUSION: Chemoradioterapy with cisplatin proved more cost-effective than radiotherapy. Using the World Bank guidelines, wich considers the countries GDP per capita an acceptable cost per additional year of life (R$ 12.491,00 in 2006), the incremental cost of both is acceptable.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AlexandraVMBretani.pdf (547.04 Kbytes)
Data de Publicação
2009-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.