• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Nayára Izabel Viana Moura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Antunes, Alberto Azoubel (Presidente)
Faria, Sabrina Thalita dos Reis
Júnior, Nelson Gaspar Dip
Ribeiro Filho, Leopoldo Alves
Souza, Isida Maria Aparecida de Campos
Título em português
Correlação entre polimorfismos genéticos relacionados á  hereditariedade, fatores hormonais e o câncer de próstata
Palavras-chave em português
Androgênios
Estrogênio
Hereditariedade
Neoplasias da próstata
Polimorfismo de nucleotídeo único
Prognóstico
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O Câncer de Próstata (CaP) é a sexta neoplasia mais comum no mundo correspondendo a aproximadamente 10% do total de cânceres. No Brasil, o CaP é a neoplasia maligna não cutânea mais comum entre os homens. A hereditariedade é um dos principais fatores de risco do CaP, que se caracteriza pela herança de mutações em genes de susceptibilidade de alta penetrância que quando transmitidos aos descendentes aumentam o risco de desenvolvimento de tumores. Os andrógenos e estrógenos influenciam o desenvolvimento, maturação e manutenção da próstata, afetando a proliferação e a diferenciação. Isso tem despertado grande interesse no papel desses hormônios esteroides no desenvolvimento e manutenção tanto da próstata normal quanto maligna. Os Polimorfismos de Nucleotídeo Único (SNPs) são variantes de risco genéticos associados com uma série de doenças, incluindo o câncer. Considerando que a história familiar e que os componentes hormonais constituem fatores de risco para o desenvolvimento do CaP, acredita-se que a identificação de polimorfismos envolvidos nesses processos possa ter um papel relevante para auxiliar no desenvolvimento de ferramentas alternativas para a detecção precoce e para a definição do prognóstico desta neoplasia. OBJETIVOS: Analisar polimorfismos (SNPs) relacionados com histórico familiar e com fatores hormonais em amostras de sangue de pacientes com CaP e em homens saudáveis. Além disso, correlacionar os resultados da genotipagem com parâmetros clínico-patológicos. MÉTODOS: O estudo foi composto por 185 pacientes diagnosticados com CaP, sendo 97 casos esporádicos e 72 com histórico familiar (dois parentes de primeiro grau). O grupo controle foi composto por 70 amostras de sangue de indivíduos saudáveis, que comprovadamente não possuíam CaP e fazem acompanhamento com intuito preventivo. Foram selecionados 13 polimorfismos para análise: rs10486567, rs10993994, rs9364554, rs5945572, rs2735839, rs4430796, rs7501939, rs138213197, rs1271572, rs2987983, rs8072254, rs4919743 e rs3808330. A genotipagem foi realizada através da técnica de PCR em tempo real (qPCR) e correlacionada com o histórico familiar de CaP, PSA pré-operatório, graduação histológica de Gleason e estadiamento patológico. RESULTADOS: Analisamos a frequência dos polimorfismos selecionados e encontramos as seguintes correlações em nossos casos: os SNPs rs10486567 e rs9364554 aumentam a chance de desenvolvimento do CaP enquanto que o SNP rs8072254 diminui o risco. Com relação à hereditariedade, o SNP rs1271571 apresentou associação com o CaP esporádico. Na comparação com os fatores prognósticos encontramos que o SNP rs3808330 foi mais frequente em indivíduos que possuíam PSA < 10; o SNP rs7501939 foi mais frequente em indivíduos com menor escore de Gleason e ausência de recidiva e o SNP rs5945572 foi mais frequente em indivíduos com menor escore de Gleason na peça. CONCLUSÕES: De uma forma geral encontramos polimorfismos que parecem ter um papel relevante no desenvolvimento do CaP, na transmissão familiar e a fatores prognósticos. Estes importantes polimorfismos, ainda não haviam sido estudados na população brasileira e nosso trabalho identificou correlações ainda não demonstradas na literatura
Título em inglês
Correlation between genetic polymorphisms related to heredity, hormonal factors and prostate cancer
Palavras-chave em inglês
Estrogens
Heredity
Prognosis
Prostatic neoplasms
Single nucleotide polymorphism, Androgens
Resumo em inglês
BACKGROUND: Prostate Cancer (PCa) is the sixth most common cancer worldwide accounting for around 10% of all cancers. In Brazil, the PCa is the most common non-skin malignancy among men. Heredity is one of the main risk factors for PCa, which is characterized by mutations of heritage in highpenetrance susceptibility genes that when transmitted to offspring increase the risk of tumor development. Androgens and estrogens influence the development, maturation and maintenance of the prostate, affect proliferation and differentiation. This has aroused great interest in the role of these steroid hormones in the development and maintenance of both normal and malignant prostate. Single Nucleotide Polymorphisms (SNPs) are variants of genetic risk associated with a number of diseases including cancer. Considering that the family history and hormonal components are risk factors for the development of PCa, we believe that the identification of polymorphisms involved in these processes may have an important role to assist in the development of alternative tools for early detection and to define the prognosis of this cancer. OBJECTIVES: To analyze polymorphisms (SNPs) associated with family history and hormonal factors in patient blood samples with PCa and in healthy men. In addition, to correlate the results of genotyping with clinical-pathological parameters. METHODS: The study consisted of 185 patients diagnosed with PCa, divided into 97 sporadic cases and 72 with a family history. The control group consisted of 70 blood samples from healthy individuals who had no proven PCa and do it for preventive purposes. We selected 13 polymorphisms for analysis: rs10486567, rs10993994, rs9364554, rs5945572, rs2735839, rs4430796, rs7501939, rs138213197, rs1271572, rs2987983, rs8072254, rs4919743 and rs3808330. Genotyping was performed by PCR in real time (qRT -PCR) and correlated with family history of PCa, preoperative PSA, Gleason histologic grading and pathological staging. RESULTS: We analyzed the frequency of the selected polymorphisms and found the following correlations in our cases: SNPs rs10486567 and rs9364554 increase the chance of developing PCa while the SNP rs8072254 decreases the risk. Regarding heredity, the SNP rs1271571 presented association with sporadic PCa. In comparison with the prognostic factors we found that the SNP rs3808330 was more frequent in patients who had PSA < 10; SNP rs7501939 was more frequent in patients with lower Gleason score and no recurrence and the SNP rs5945572 was more frequent in subjects with lower Gleason score on the surgical specimen. CONCLUSIONS: In general we found that polymorphisms that appear to have a relevant role in the development of PCa in family transmission and in prognostic factors. These important polymorphisms had not yet been studied in the Brazilian population and our work has identified correlations yet not demonstrated in the literature
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
NayaraIzabelViana.pdf (2.75 Mbytes)
Data de Publicação
2018-02-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.