• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2018.tde-08052018-124047
Documento
Autor
Nome completo
Giovanne Santana de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Galas, Filomena Regina Barbosa Gomes (Presidente)
Hajjar, Ludhmila Abrahão
Hueb, Alexandre Ciappina
Oliveira, Caio Marcio Barros de
Vieira, Antonio Mauro
Título em português
Análise da coagulação sanguínea com a administração profilática da desmopressina em cirurgias cardíacas valvares
Palavras-chave em português
Cirurgia cardíaca
Coagulação sanguínea
Complicações pós-operatórias
Hemostáticos
Perda sanguínea cirúrgica
Transfusão sanguínea
Resumo em português
Introdução: A desmopressina, análogo sintético do hormônio hipotalâmico vasopressina, é utilizada em determinadas condições hematológicas hereditárias melhorando a função plaquetária e aumentando os níveis dos fatores de von Willebrand (FvW) e Fator VIII. Entretanto, sua administração na população geral é controversa, necessitando de mais estudos para elucidar sua eficácia como agente hemostático. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a coagulação sanguínea, clínica e laboratorialmente, após administração profilática da desmopressina em cirurgias cardíacas valvares. Métodos: Estudo clínico prospectivo e randomizado realizado no Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP). Foram incluídos 108 pacientes adultos submetidos à cirurgia cardíaca valvar, no período de fevereiro de 2015 a novembro de 2016. Os pacientes foram randomizados e alocados para a administração profilática da desmopressina ou para o grupo controle, na admissão hospitalar. Imediatamente após a reversão da heparina, administrouse a demopressina no grupo da intervenção ou solução placebo no grupo controle. O desfecho foi a análise da coagulação sanguínea e do sangramento perioperatório através dos exames laboratoriais, débito sanguíneo dos drenos cirúrgicos e do consumo de hemocomponentes em 48 horas. Resultados: Os níveis sanguíneos do Fator VIII no tempo 2h (236,5 ± 62,9 vs. 232,3 ± 66,7, P=0,015) foram estatisticamente significantes entre os dois grupos (DDAVP e controle), respectivamente. Os demais testes clássicos da coagulação, assim como a análise viscoelástica e de agregação plaquetária mantiveram-se homogêneos em todos os tempos de coleta entre os dois grupos. O débito dos drenos cirúrgicos, balanço sanguíneo e consumo de hemocomponentes não apresentaram diferenças significantes entre os grupos DDAVP e controle. O tempo de ventilação mecânica apresentou diferença relevante entre os grupos DDAVP e o controle [897 (820 - 1011) vs. 1010 (846 - 1268), em mim, P=0,031], respectivamente. Não houve diferença em relação à incidência de complicações, tempo de internação hospitalar e de UTI ou mesmo de mortalidade em 30 dias. Conclusões: A utilização profilática da desmopressina em cirurgias cardíacas valvares não se mostrou eficaz em exercer efeito hemostático em relação ao grupo controle no presente estudo
Título em inglês
Analysis of blood coagulation after prophylactic use of desmopressin in heart valve surgeries
Palavras-chave em inglês
Blood coagulation
Blood loss surgical
Blood transfusion
Cardiac surgery
Hemostatics
Postoperative complications
Resumo em inglês
Introduction: Desmopressin, a synthetic vasopressin analogue, is used in certain hereditary hematologic conditions, improving platelet function and increasing the levels of von Willebrand factor and factor VIII. However, its use in general population is still controversial, requiring further studies to elucidate its efficacy as a haemostatic agent. Objective: To evaluate blood coagulation, through clinical and laboratorial analysis, after prophylactic use of desmopressin in heart valve surgeries. Methods: A prospective and randomized clinical study was performed in the Heart Institute (InCor) of Hospital das Clínicas, from the Faculty of Medicine, University of São Paulo (HC-FMUSP). A total of 108 adult patients undergoing heart valve surgeries were enrolled from February 2015 to November 2016. Patients were randomly assigned to the prophylactic use of desmopressin or to the control group at the time of hospital admission. Immediately after heparin reversal, demopressin was given in the intervention group or placebo solution in the control group. Blood samples were collected at three different times in all study participants. Blood coagulation and perioperative bleeding were analysed using laboratorial tests, blood flow through surgical drains and the consumption of blood components within 48 hours. Results: Blood levels of Factor VIII at Time 2h (236.5 ± 62.9 vs. 232.3 ± 66.7, P=0.015) were significantly different between the two groups (desmopressin and control), respectively. Classical coagulation tests, as well as viscoelastic and platelet aggregation tests, remained homogeneous at all collection times between the two groups. Flow rate of surgical drains, blood balance and consumption of blood components did not present significant differences between the DDAVP and control groups. Mechanical ventilation time presented a significant difference between the desmopressin and control groups [897 (820 - 1011) vs.1010 (846 - 1268), min, P=0.031], respectively. There was no difference in incidence of complications, length of hospital and ICU stay or even mortality in 30 days. Conclusions: The prophylactic use of desmopressin in heart valve surgeries was not effective in exerting haemostatic effect compared to the control group in this study
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.