• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Cinthya da Silva Lynch
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Chammas, Maria Cristina (Presidente)
Amaro Júnior, Edson
Castro, Claudio Campi de
Chiari, Brasília Maria
Gomes, Regina Lucia Elia
Título em português
Análise da fisiologia da deglutição por meio da ultra-sonografia
Palavras-chave em português
Deglutição/fisiologia
Envelhecimento
Laringe/ultra-sonografia
Osso hióide/ultra-sonografia
Transtornos de deglutição
Resumo em português
INTRODUÇÃO: O mecanismo de proteção das vias aéreas consiste na inibição reflexa da respiração, fechamento do esfíncter glótico, elevação e anteriorização laríngea. Na fase faríngea da deglutição, o deslocamento do complexo hio-laríngeo pode trazer dados importantes para a observação da proteção funcional de vias aéreas. O exame de ultra-sonografia é um método que pode revelar informações sobre a avaliação, diagnóstico e prognóstico das disfagias, além de ser utilizado como recurso de retroalimentação. Por outro lado, apresenta limitações, quando comparada à videofluoroscopia, método tradicionalmente utilizado, pois não fornece a visualização panorâmica do processo de deglutição e dá acesso restrito a algumas estruturas faríngeas. OBJETIVO: Quantificar, por meio da ultra-sonografia, os parâmetros espaciais do complexo hio-laríngeo na dinâmica da deglutição e a associação entre idade e efeitos decorrentes do processo fisiológico do envelhecimento. MÉTODOS: Neste estudo quantitativo e prospectivo foram incluídos 39 indivíduos sadios, de ambos os gêneros, na faixa etária de 50 a 90 anos (média 45,56; DP 14,53). Todos os indivíduos preencheram os critérios de normalidade para a função de deglutição. Foram excluídos indivíduos com histórico de doenças neurológicas, neurodegenerativas ou outras que oferecessem prejuízos à deglutição. O consentimento livre e esclarecido foi obtido de cada indivíduo. Utilizou-se equipamento de ultra-sonografia de alta resolução da marca PHILIPS, modelo IU-22, munido de transdutor linear multifreqüencial (5 a 2 MHz). Utilizou-se o modo B para avaliação da deglutição pela medida da região cervical anterior, em cortes longitudinais, a fim de se estabelecer medidas de amplitude dos movimentos relacionados a porção superior do osso hióide até a borda superior da cartilagem tireóide, no momento de máxima elevação laríngea, durante a deglutição sem manobra de reforço e com manobra de esforço, comparadas às medidas obtidas em repouso. As medidas foram realizadas com a ingestão de saliva, 10 ml de alimento nas consistências líquida e pastosa, ofertadas em colher. Os indivíduos permaneceram em posição sentada, com suporte confeccionado, mantendo fixa a cabeça, em ângulo de 90 graus, favorecendo a tentativa de simulação do posicionamento usual em uma refeição. Os dados foram analisados pelo modelo de Análise de Variância (ANOVA) com medida repetida. Adotou-se um nível de significância de 5% (p=0,05). RESULTADOS: Os resultados do estudo, quando comparados com as faixas etárias entre si e intra-faixas etárias, bem como a comparação das condições de avaliação e o efeito da manobra de esforço apresentaram grande variabilidade em todas as condições estudadas no deslocamento hio-laríngeo não proporcional a idade. CONCLUSÕES: Foi possível estabelecer um método ultra-sonográfico para avaliação do complexo hio-laríngeo, investigando-se o repouso como recurso comparativo. A ultra-sonografia permitiu a verificação da funcionalidade da deglutição e mostrou sua variação fisiológica de acordo com a idade.
Título em inglês
Physiology analysis of deglutition via ultrasonography
Palavras-chave em inglês
Aging
Deglutition disorders
Deglutition/physiology
Hyoid bone/ ultrasonography
Larynx/ultrasonography
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The protection mechanism of airways consists in the reflexive inhibition of breathing, glottis sphincter closing, larynx elevation and anterior transposition. In the pharyngeal phase of deglutition, the hio-laringeo complex displacement may bring important data for the observation of the airways functional protection. The ultrasonography exam is a method that can produce information about the evaluation, diagnosis and prognosis of dysphagia, besides being used as a resource to retro-feeding. On the other hand, it presents limitations, when compared to the use of videofluoroscopy, a traditionally used method, since it does not permit a panoramic view of the deglutition process and presents restricted access to some pharyngeal structures. OBJECTIVES: To quantify, through ultrasonography, spatial parameters of the hio-laringeal complex in deglutition dynamics and the association between age and the resulting effects of the physiologic aging process. METHODS: In this quantitative and prospective study 39 healthy individuals of both genders between the ages of 50 and 90 (average 45.56; DP of 14.53) were included. All individuals fulfilled the requirements of normality for the deglutition function. Individuals carrying neurological, neurodegenerative and other diseases that affect deglutition were excluded. Free and conscious consent was taken from each individual. A Philips High resolution ultrasonography equipment, model IU-22, with multi-frequency linear transducer (5 to 2 MHz) was used. Mode B for deglutition evaluation was used by measuring the anterior cervical region, through longitudinal cuts in order to establish movement amplitude measures related to the superior portion of the hyoid bone to the superior edge of the thyroid cartilage at the moment of maximum laryngeal elevation, during deglutition with no reinforcement movement and with effort movements, compared to measures taken while resting. Measurements were made with intakes of saliva, 10 ml of liquid food and 10 ml of pasty food, spooned to individuals. Individuals were seated, held by a manufactured support that kept the head in a fixed position at a 90 degree angle, which facilitated the simulation of the usual meal positioning. Data were analyzed through Variance Analysis (ANOVA) with measurement repeated with a value p lower than 0.005. RESULTS: The results of this study, when comparing the different age groups and each group per se, as well as the evaluation conditions and effort movement effect, presented great variability in the hio-laringeal complex displacement in all studied conditions which were not proportional to the individual's age. CONCLUSION: It was possible to determine an ultrasonographic method for hio-laringeal complex evaluation, investigating rest as a comparative resource. The ultrasonography allowed deglutition functionality verification and showed its physiologic variation according to the person's age.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-06-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.