• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-22082008-153128
Documento
Autor
Nome completo
Ana Karina Nascimento Borges
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Castro, Claudio Campi de (Presidente)
Caserta, Nelson Marcio Gomes
Chammas, Maria Cristina
Leite, Guilherme Berenhausen
Oliveira, Ilka Regina Souza de
Título em português
Estudo do metabolismo lipídico através da espectroscopia de prótons por ressonância magnética em seres humanos obesos pré e pós-gastroplastia correlacionando com dados antropométricos, exames laboratoriais e biópsia hepática
Palavras-chave em português
Espectroscopia de ressonância magnética
Fígado gorduroso
Gastroplastia
Metabolismo dos lipídeos
Obesidade mórbida
Prótons
Resumo em português
A influência da obesidade sobre o fígado e a função hepática é tema ainda pouco estudado e discutido, principalmente no Brasil. O crescente aumento da população obesa de maneira global alerta sobre esse grave problema, que hoje em dia, se torna de saúde pública. Amplia-se, cada vez mais, o número de pessoas e a faixa etária atingida. A doença hepática não alcoólica é uma condição clínico-patológica comum caracterizada por depósitos de lipídios em hepatócitos no parênquima hepático. Um espectro de danos ocorrem no parênquima, desde uma simples esteatose macrogoticular podendo evoluir para esteato-hepatite, fibrose e até cirrose. Os casos de esteatose hepática não alcoólica (EHNA) que progridem para cirrose tem sido reconhecidos como a maior causa de morbidade e mortalidade com potencial para progredir para falência hepática. Apesar de haver um aumento na prevalência da doença hepática não alcoólica, os critérios para seu diagnóstico continuam pobremente definidos. A utilização da espectroscopia de prótons na ressonância magnética auxilia na quantificação do conteúdo lipídico hepático e na musculatura da perna (tibial anterior e sóleo), embora venha sendo utilizada apenas em pesquisas. Tivemos como objetivos o estudo do metabolismo lipídico de humanos xii obesos por espectroscopia por ressonância magnética, correlacionando com dados laboratoriais e de biópsias hepáticas. Neste estudo observacional transversal e prospectivo realizado em obesos, que foram submetidos a cirurgia redutora gástrica pela técnica de Capella no Hospital Prof. Edmundo Vasconcelos em São Paulo, foram incluídos 27 pacientes analisados no pré e pós-operatório para descrição dos dados. Foi constatada uma razão masculino/feminino geral de 8 :19 e a faixa etária entre 24 e 55 anos. Os índices de massa corpórea (IMC) eram sempre superiores a 40 Kg/m² para inclusão cirúrgica. Os pacientes obesos que no pré-operatório apresentavam esteatose hepática observada na ressonância magnética e esteatose e/ou esteato-hepatite na biópsia hepática evoluíram com melhora ou resolução no pós-operatório. Em conclusão, em pacientes obesos o grau de esteatose hepática pode ser analisado qualitativa e quantitativamente através da ressonância magnética com espectroscopia assim como, o controle pós tratamento cirúrgico evitando-se a utilização de métodos invasivos, entre eles a biópsia hepática.
Título em inglês
A study of the lipid metabolism through the protons spectroscopy by a magnetic resonance in obese human beings pre and pos gastroplasty with laboratorials exams and hepatic biopsy
Palavras-chave em inglês
Gastric reducing
Lipid metabolism
Magnetic spectroscopy resonance
Obesity
Protons
Steatosis
Resumo em inglês
The obesity influence on the liver and the hepatic function are themes that are not so discussed or studied, especially in Brazil. The world-wide increasing number of obese people calls the attention to this serious problem, that nowadays, became a public health problem. The number of people and the age of the people who suffer from it is increasing each day more. The non-alcoholic hepatic disease is a common pathological clinic condition caractherized by lipid deposits in hemocytes in the hepatic parenchyma. There are some injuries in the parenchyma, since a single steatosy macrogoticular to a steatohepatitis, a fibrosis and even a cirrhosis (Sass et al., 2005). The non-alcoholic steatosy hepatic (NASH) cases which lead to a cirrhosis have been known as the main causes of death with possibilities to evolute to a hepatic fail. Besides there is an increasing in the non-alcoholic hepatic disease, the means for its diagnosis still remain poorly defined. The protons spectroscopy use, in the magnetic resonance, helps on the lipidic hepatic contents numbers, although it has been used only for researches. We had as a goal the lipid metabolism study of obese human beings, related to the laboratorials data and the hepatic biopsy. On this study, where we observed obese people that were submitted to a gastric reducing surgery by the Capella techinic in the hospital Prof. Edmundo Vasconcelos in São Paulo, were included 27 pacients analyzed on the before and after operation for the datas description. It was noted a male/female general reason 9: 18 and the ages between 24 and 55 years old. The body mass indexes (IMC) were always over 40 Kg/m² to be included in a surgery. The obese patients who presented steatosy hepatic before operatory observed on the magnetic resonance and steatosy and/or steatohepatitis during the hepatic biosy went better on the pos-operatory. Finally, in obese patients the xiv steatosy hepatic degree can be analysed on its qualitativy and quantitativy through the magnetic resonance with spectroscopy, and so the cirurgical pos- treatment control, avoiding the use of invasive methods, among them the hepatic biopsy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.