• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2018.tde-24102018-135624
Documento
Autor
Nome completo
Reinaldo Flávio da Costa Ramalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Alves, Milton Ruiz (Presidente)
Baptista, Gustavo Victor de Paula
Lui Netto, Adamo
Montor, Wagner Ricardo
Título em português
Qualidade de vida visual em pacientes com degeneração macular relacionada à idade neovascular tratados com antiangiogênicos
Palavras-chave em português
Acuidade visual
Aflibercepte
Degeneração macular
Doença crônica
Qualidade de vida
Ranibizumabe
Resumo em português
INTRODUÇÃO: A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é a principal causa de perda de visão irreversível e cegueira mundialmente. A perda da visão central interfere nas atividades de vida diária, como o reconhecimento facial, leitura e escrita, direção de veículos automotores e em atividades funcionais e de lazer. Esta perda de visão relaciona-se também com o desencadeamento de quadros de ansiedade e depressão. Este estudo avaliou a qualidade de vida visual em pacientes com degeneração macular relacionada à idade neovascular por meio do questionário de função visual 25-item National Eye Institute Visual Functioning Questionnaire (NEI VFQ-25). MÉTODOS: Estudo clínico observacional de 87 pacientes de ambos os sexos, com idade >= 50 anos e com o diagnóstico de DMRI neovascular unilateral ou bilateral. Todos os pacientes responderam ao questionário de função visual NEI VFQ- 25 no final do tratamento em regime Tratar e Estender ou PrONTO, com as drogas antiangiogênicas ranibizumabe ou aflibercepte. RESULTADOS: A idade dos pacientes foi a variável que menos influenciou a qualidade de vida visual dos pacientes. O gênero teve uma influência um pouco maior que a idade, no entanto, a lateralidade da doença demonstrou maior influência na qualidade de vida visual, comparada ao gênero e idade dos pacientes e foi significante para oito dos 12 domínios do questionário de função visual NEI VFQ-25. Os pacientes com acometimento bilateral tiveram pontuações mais baixas que os com doença unilateral em todos os domínios do questionário. A acuidade visual corrigida (AVc) foi a variável que apresentou o maior número de domínios com valores significantes e, portanto, foi a variável que mais se correlacionou com a qualidade de vida visual. A AVc do melhor olho (MO) foi significante para a maioria dos domínios relacionados com a visão, ao contrário do pior olho (PO) que não foi significante para nenhum domínio do questionário. CONCLUSÃO: Todas as variáveis testadas afetaram a qualidade de vida visual dos pacientes, onde a lateralidade teve uma maior influência, seguida pela idade e sexo dos pacientes. Na tomada de decisão para o tratamento de pacientes com DMRI neovascular, pelo menos para esta população, a manutenção da AVc do MO >= 0,5 (escala decimal de Snellen) foi essencial para a manutenção de boa qualidade de vida visual, independente da AVc do PO, que não teve efeito significante em nenhum domínio do questionário de função visual NEI VFQ-25
Título em inglês
Vision-related quality of life in neovascular age-related macular degeneration patients treated with antiangiogenics
Palavras-chave em inglês
Aflibercept
Chronic disease
Macular degeneration
Quality of life
Ranibizumab
Visual acuity
Resumo em inglês
INTRODUCTION: The neovascular age-related macular degeneration (AMD) is the main cause of irreversible loss of vision and blindness woldwide. The loss of the central visual field interferes on daily activities such as facial recognition, reading and writing, driving as well as functional and leasure activities. This loss of vision may also increases anxiety and depression for this age group. To evaluate the impact of neovascular AMD on the visual quality of life of patients using the 25-item National Eye Institute Visual Functioning Questionnaire (NEI VFQ-25). METHODS: This was an observational clinical, with 87 patients of both genders, with age >= 50 years and a clinical diagnosis of unilateral or bilateral neovascular age related macular degeneration. All patients answered the visual functioning questionaire NEI VFQ-25 at the end of the treatment with the Treat and Extend or PrONTO regimen using antiangiogenic drugs ranibizumab or aflibercept. RESULTS: The age of patients was the variable with the lower influence on the quality of life of the patients. Gender had an influence slightly higher then the age, however, the laterality of the disease had the highest influence on the quality of life, compared with age and gender, and was significant for 8 of the 12 domains of the visual functioning questionaire NEI VFQ-25. The patients with bilateral age-related macular degeneration had lower scores than patients with unilateral disease for all domains of the questionaire. Visual acuity was the variable with the higher number of domains with significant values, and therefore the variable with the higher correlation with the quality of life. The visual acuity of the best eye (BE) was significant for most of the vision related domains, in opposition the the visual acuity of the worst eye (WE) which was not significant for any domain of the questionaire. CONCLUSION: All variables tested affected the visual quality of life, where the laterality of the disease had the highest influence, followed by the age and gender of the patients. The decision process for the treatment of patients with neovascular AMD, at least for this population, keeping the visual acuity of the BE >= 0,5 (Snellen's decimal scale) was essential to maintain a long term quality of life, despite the visual acuity of the worst eye, that had no significant effect on any domain of the visual functioning quaestionaire NEI VFQ-25
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-10-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.