• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2018.tde-09042018-100655
Documento
Autor
Nome completo
Natalia Torres Giacomin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Santhiago, Marcony Rodrigues de (Presidente)
José Junior, Newton Kara
Forseto, Adriana dos Santos
Siqueira, Wallace Chamon Alves de
Título em português
Análise da eficácia e segurança do crosslinking corneano em pacientes com ceratocone avançado
Palavras-chave em português
Ceratocone
Córnea
Crosslinking corneano
Eficácia
Segurança
Terapêutica
Resumo em português
OBEJTIVOS: Analisar a segurança e eficácia da cirurgia de crosslinking (CXL) de córnea em pacientes com ceratocone em estágios avançados após um seguimento de 4 anos. MÉTODOS: Trata-se de um estudo retrospectivo de pacientes com ceratocone avançado em progressão (Estágio 3 e 4 da classificação de Amsler-Krumeich) que foram submetidos a cirurgia de CXL seguindo o protocolo padrão. Os parâmetros examinados foram acuidade visual com (AVCC) e sem (AVSC) correção, valores ceratométricos (média, plana, curva e apical), paquimetria, e contagem de células endoteliais no préoperatório e após 12, 24 e 48 meses do procedimento. RESULTADOS: Este estudo abrange quarenta olhos de 40 pacientes que foram submetidos a cirurgia de CXL. A média de idade foi 22,5 anos (Intervalo:15 a 37 anos). Tanto a AVSC quanto a AVCC permaneceram estáveis durante o período de seguimento, sem mudanças estatisticamente significativas. Apesar de todos os valores ceratométricos sofrerem uma leve diminuição, apenas a ceratometria apical atingiu uma mudança com significado estatístico (P=0,037) após 4 anos de seguimento. Uma redução significativa da espessura corneana foi também observada (paquimetria ultrassônica era de 388 ± 49 e passou para 379 ± 48 ?m, P < 0,0001; paquimetria através de tomografia de imagem em fenda era de 362 ± 48 e foi para 353 ± 51 um, P < 0,0001); embora essa diferença não seja clinicamente significativa. A contagem de células endoteliais não sofreu alterações significativas durante o seguimento. A taxa de falha do tratamento foi de 5% (dois pacientes) durante o seguimento. CONCLUSA?O: A cirurgia de CXL corneano em pacientes com ceratocone avançado se mostrou segura e capaz de manter os parâmetros visuais e topográficos pelo menos durante 4 anos
Título em inglês
Safety and efficacy analysis of corneal collagen crosslinking in advanced keratoconus
Palavras-chave em inglês
Cornea
Corneal collagen crosslinking
Efficacy, Safety
Keratoconus
Therapeutics
Resumo em inglês
PURPOSE: To analyze the safety and efficacy of standard corneal collagen crosslinking (CXL) in advanced cases of progressive keratoconus (KC) after four years of follow-up. METHODS: A retrospective case series of patients with advanced progressive KC (stage 3 and 4 of Amsler-Krumeich classification) underwent standard CXL treatment. The parameters examined were changes in uncorrected visual acuity (UDVA), corrected visual acuity (CDVA), keratometry values (mean K, flattest K, steepest K, and apical K), pachymetry, and endothelial cell count at the baseline and at 12-, 24- and 48-months postoperatively. RESULTS: Forty eyes of 40 patients were enrolled into the study. The mean patient age was 22.5 years (range: 15 to 37 years). Both mean UCVA and CDVA remained stable during the time points; no statistically significant change was noted. Although a slightly reduction was observed in all keratometric readings, a statistically significant reduction was only reached in the apical K (p=0.037) at four years after CXL. A significant reduction in the pachymetry was also found (from 388±49 to 379±48 um, P < 0,0001 and from 362±48 to 353±51 um, P < 0,0001, ultrasonic and slit-scanning readings, respectively) ; however this change is not likely clinically meaningful. Endothelial cell count was not significantly modified at the end of the study. Treatment failure or progression was noted in two patients (5%) over the followup period. CONCLUSION: Standard CXL treatment seems to be safe and able to stabilize both visual acuity and topographic parameters at four-year follow-up in advanced keratoconic eyes
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.