• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2008.tde-29042008-142908
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Fernando Spelling
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Rosa Maria Rodrigues (Presidente)
Hilário, Maria Odete Esteves
Len, Cláudio Arnaldo
Sacchetti, Silvana Brasilia
Yoshinari, Natalino Hajime
Título em português
Avaliação do sistema osteoprotegerina e RANKL em pacientes com artrite idiopática juvenil de início poliarticular
Palavras-chave em português
Artrite reumatóide juvenil
Inflamação
Marcadores biológicos
Osso e ossos/metabolismo
Osteoprotegerina
Resumo em português
OBJETIVO: Determinar os valores séricos do ligante do receptor do ativador do fator nuclear Kappa B (RANKL) e da osteoprotegerina (OPG) em pacientes com Artrite Idiopática Juvenil de início poliarticular (AIJp) em atividade e avaliar a possível correlação destes valores com a presença radiológica de erosões ósseas. MÉTODOS: Trinta pacientes do sexo feminino com diagnóstico de AIJ de início poliarticular segundo os critérios da ILAR (International League of Associations for Rheumatology) em atividade e trinta crianças saudáveis (controles) pareadas por idade e sexo foram selecionadas consecutivamente para este estudo. Todas as articulações comprometidas foram radiografadas e avaliadas, com especial interesse, para a presença de erosões ósseas. Concentrações séricas do RANKL e OPG foram medidas por enzima-imunoensaio (Biomedica, Vienna, Austria). RESULTADOS: Pacientes com AIJp em atividade apresentaram altos valores séricos de RANKL e menores taxas de OPG/RANKL comparadas com controles [2,90 (0,1-37,4) vs. 0,25 (0,1-5,7) pg/ml, p=0,007 e 21,25 (1,8- 897,6) vs. 347,5 (9-947,8)] pg/ml, p=0,005). Diferentemente, não houve diferença em relação à concentração sérica de OPG quando se comparou os pacientes e controles [55,24 (28,34-89,76) vs. 64,42 (30,68-111,28) pg/ml, p=0,256]. Maiores concentrações de RANKL e menores taxas de OPG/RANKL também foram observadas em pacientes com AIJp em atividade com erosões ósseas comparadas com controles [3,49 (0,1-37,4) vs. 0,25 (0,1-5,7) pg/ml, p=0,0115 e 14,3 (1,8-897.6) vs. 347,5 (9-947,8) p=0,016]. Em contraste, valores séricos de RANKL e a taxa de OPG/RANKL foram semelhantes em pacientes com AIJp sem erosões ósseas comparadas com controles [1,75 (0,1-10,9) vs 0,25 (0,1-5,7) pg/ml, p=0,055 e 29,2 (3,3-756,8) vs. 347,5 (9- 947,8), p=0,281]. CONCLUSÃO: Estes dados sugerem que pacientes com AIJp em atividade com erosões ósseas apresentam altos valores séricos de RANKL e baixa taxa de OPG/RANKL indicando que estas alterações podem refletir o comprometimento ósseo nesta doença.
Título em inglês
Osteoprotegerin and RANKL system in patients with polyarticular-onset juvenile idiopathic arthritis
Palavras-chave em inglês
Biological markers
Bone and bones/metabolism
Inflammation
Juvenile rheumatoid arthritis
Osteoprotegerin
Resumo em inglês
OBJECTIVE: To determine the serum levels of receptor activator of nuclear factor kB-ligand (RANKL) and osteoprotegerin (OPG) in active polyarticularonset Juvenile Idiopathic Arthritis patients (pJIA) and evaluate its possible correlation with bone erosions on the X-ray. METHODS: Thirty female girls with active pJIA diagnosis according ILAR criteria (International League of Associations for Rheumatology) and 30 healthy children gender and agematched controls were consecutively selected for this study. All involved articulations were evaluated by X-ray and analyzed for the presence of bone erosions. The serum levels of RANKL and OPG were measured using an enzyme-linked immunosorbent (Biomedica, Vienna, Austria). RESULTS: Results: Patients with active pJIA had higher levels of serum RANKL and lower OPG/RANKL ratio compared to controls [2.90 (0.1-37.4) vs. 0.25 (0.1- 5.7) pg/ml, p=0.007] and 21.25 (1.8-897.6) vs. 347.5 (9-947.8) pg/ml, p=0.005]. However, levels of OPG were comparable in both groups [55.24 (28.34-89.76) vs. 64.42 (30.68-111.28) pg/ml, p=0.256]. Higher levels of serum RANKL and lower OPG/RANKL ratio was also observed in active pJIA patients with bone erosions compared to controls [3.49 (0.1-37.4) vs. 0.25 (0.1-5.7) pg/ml, p=0.0115 and 14.3 (1.8-897.6) vs. 347.5 (9-947.8), p=0.016]. In contrast, RANKL levels and OPG/RANKL ratio were alike in pJIA patients without bone erosion and controls [1.75 (0.1-10.9) vs. 0.25 (0.1- 5.7) pg/ml, p=0.055 and 29.2 (3.3-756.8) vs. 347.5 (9-947.8), p=0.281]. CONCLUSION: These data suggest that active pJIA with bone erosion is associated with high serum levels of RANKL and low OPG/RANKL ratio indicating that these alterations may reflect bone damage in this disease.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PauloSpelling.pdf (529.99 Kbytes)
Data de Publicação
2008-05-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.