• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.5.2007.tde-18042007-102231
Documento
Autor
Nome completo
Lúcia Helena de Góes Necchi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Lima, Fernanda Rodrigues (Presidente)
Battistella, Linamara Rizzo
Pollak, Daniel Feldman
Título em português
Modulação do sistema nervoso autônomo mensurado pela análise da variabilidade da freqüência cardíaca em pacientes com fibromialgia
Palavras-chave em português
Fibromialgia
Mulheres
Ritmo circadiano
Sistema nervoso autônomo
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Pacientes com fibromialgia (FM) apresentam distúrbios no sistema de resposta ao estresse, o qual é composto pelo eixo hipotalâmico-pituitário-adrenal (HPA) e pelo sistema nervoso autônomo. Recentemente, tem havido muito interesse na possível função do sistema nervoso autônomo na patogênese da FM. O objetivo deste estudo foi avaliar a interação entre os sistemas simpático e parassimpático, em mulheres com FM e mulheres saudáveis, utilizando a análise da variabilidade da freqüência cardíaca (VFC). MÉTODOS: Foram estudadas 20 mulheres com FM com idades entre 35 e 55 anos, e 20 controles saudáveis pareados pela idade, gênero e índice de massa corporal. A VFC foi analisada sobre gravações eletrocardiográficas, obtidas através da monitorização eletrocardiográfica ambulatorial (Holter) de 24 horas, e avaliada pelos índices da VFC no domínio do tempo (SDNN, SDANN, SDNNi, RMSSD e pNN50) e no domínio da freqüência (LF, HF, WF e LF/HF). A VFC foi analisada durante o período de 24 horas e também durante o período noturno, entre 01:00 e 04:00 h AM, consideradas como horas de sono. O equilíbrio simpato-vagal foi analisado através da razão LF/HF, sendo as faixas de freqüências da LF (0,04-0,15 Hz) considerada como predominantemente simpática, e da HF (0,15-0,50 Hz) considerada como predominantemente parassimpática. RESULTADOS: Não houve diferença de idade entre pacientes com FM e o grupo controle (44,40 ± 5,01 e 44,65 ± 5,32 anos, respectivamente; p=0,879). Os índices que refletem o sistema nervoso parassimpático, mostraram um comportamento similar entre pacientes com FM, mas revelaram atividade significativamente diminuída quando comparado ao grupo controle, ambos durante o período noturno e durante o período de 24 horas (p<0,05). Não houveram diferenças entre os índices que refletem o sistema simpático entre os grupo FM e controle (p>0,05), assim como não mostraram hiperatividade simpática. Contudo, a razão LF/HF foi significativamente maior em pacientes com FM, quando comparado ao grupo controle, ambos durante o período de sono (p=0,015) como durante o período de 24 horas (p=0,025), sugerindo predominância simpática em indivíduos com FM. CONCLUSÃO: Nossos resultados sugerem que pacientes com FM apresentam predominância da atividade simpática, associado ao tônus parassimpático diminuído. Sob condições basais não foi detectada hiperatividade simpática, uma vez que a atividade simpática não mostrou alterações significantes.
Título em inglês
Modulation of autonomic nervous system measured by heart rate variability in patients with fibromyalgia
Palavras-chave em inglês
Autonomic nervous system
Circadian rhythm
Fibromyalgia
Women
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Patients with fibromyalgia (FM) exhibit disturbances of the stress-response system, which is composed by hypothalamic-pituitary-adrenal axis (HPA) and autonomic nervous system. Recently, much interest has been expressed in the possible role of the autonomic nervous system in the pathogenesis of FM. The aim of this study was to assess the interation between sympathetic and parasympathetic systems, in FM and health women, using heart hate variability (HRV) analysis. METHODS: It was studied 20 women with FM aged between 35 and 55 years-old, and 20 healthy controls matched for age, sex and body mass index. HRV was assessed over electrocardiographic recordings, obtained by 24-hours ambulatory electrocardiography monitoring (Holter), and evaluated by time domain indexes (SDNN, SDANN, SDNNi, RMSSD e pNN50) and frequency domain indexes (LF, HF, WF e LF/HF). HRV was analyzed over the 24-hours period and also over the night period, between 01:00 and 04:00 AM, considered as sleep hours. Sympathovagal balance was analysed by LF/HF ratio, with LF band (0.04-0.15 Hz) considered as sympathetic predominance, and HF band (0.15-0.50 Hz) considered as parasympathetic predominance. RESULTS: There was no age difference between FM patients and control group (44.40 ± 5.01 and 44.65 ± 5.32 years, respectively; p=0.879). The indexes that reflect parasympathetic nervous system, showed a similar behavior among FM patients, but revealed a significantly decreased activity when compared to control group, both during the nocturnal period as well during the 24h period (p<0.05). There was no difference between the indexes that reflect sympathetic system in FM patients and controls (p>0.05), as did not show sympathetic hyperactivity. However, the ratio LH/HF was significantly higher in FM patients, when compared to control group, both during the sleep period (p=0.015) as well as over the 24h period (p=0.025), suggesting a sympathetic predominance in FM subjects. CONCLUSION: Our data suggest that FM patients present a predominance of sympathetic activity, associated with a reduced parasympathetic tonus. Under basal conditions sympathetic hyperactivity was not detected, since sympathetic activity did not show significant alterations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-04-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.