• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.5.2009.tde-01042010-164018
Documento
Autor
Nome completo
Rosângela Simões Gundim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Wen, Chao Lung (Presidente)
Burattini, Marcelo Nascimento
Hsing, Wu Tu
Messina, Luiz Ary
Tanaka, Oswaldo Yoshimi
Título em português
Gestão dos fatores determinantes para sustentabilidade de Centros de Telemedicina
Palavras-chave em português
Avaliação de desempenho em saúde
Gestão de ciência tecnologia e inovação
Indicadores de ciência
Indicadores de desenvolvimento sustentável tecnologia e inovação
Telemedicina/métodos
Tomada de decisões
Resumo em português
Este estudo trata do desenvolvimento e aplicação de um instrumento de gestão dos fatores indicadores de sustentabilidade de centros de telemedicina e telessaúde. Com base em referencial teórico da administração e na experiência profissional da pesquisadora foram elencadas inicialmente 36 perguntas, categorizadas em 7 áreas de domínio, para avaliação de concordância com 04 pessoas com experiência em telemedicina. As categorias de domínio foram: Institucional, Relacional, Funcional, Econômico-Financeira, Renovação, Técnica-Científica e Bem-Estar Social, que compuseram o roteiro semiestruturado para entrevistas qualitativas individuais de avaliação de desempenho com 10 centros de telemedicina e telessaúde brasileiros, originários das regiões sul, sudeste, norte, nordeste e centro-oeste. As entrevistas foram realizadas em dois momentos distintos, com um intervalo de tempo em torno de 12 meses. Em ambos os momentos foi aplicado o mesmo roteiro aos mesmos entrevistados com o ano de 2007 como períodos de referência de avaliação. As respostas das perguntas de cada centro foram convertidas em valores numéricos. Depois foram apresentados graficamente em forma de um polígono, que tinham morfologia e área própria. Não foi possível comparar os polígonos de um centro com outro. Foi feita a avaliação das diferenças das pontuações das categorias de perguntas entre as 2 entrevistas. Verificou-se que as pontuações nas avaliações feitas na 2ª entrevista foram menores que as da primeira. A esta diferença, foi denominada de fator de ajuste, e foi associado como decorrente da experiência e maturidade adquiridas pelos entrevistados ao longo do tempo. O instrumento foi aplicado para avaliar retrospectivamente a evolução de um centro ao longo de 10 anos de atividades, em cortes bianuais de 1998 a 2008. Essa aplicação do instrumento gerou morfologias e áreas de ocupação do polígono com coerência evolutiva dos traçados. Para completar o monitoramento deste centro foram levantados os acontecimentos relevantes de cada período, o que mostrou a existência de sincronia dos fatos com os indicadores numéricos. Esse procedimento possibilitou verificar que o instrumento desenvolvido foi útil quando aplicado numa mesma instituição ao longo de um período de tempo. O trabalho mostrou que foi possível criar um instrumento que representasse graficamente as 7 categorias de sustentabilidade, e que quando utilizado numa mesma instituição ao longo do tempo, permitiu acompanhar o processo de gestão, principalmente quando complementados com fatos relevantes. Quando utilizado para avaliar o momento atual, foi mostrado a necessidade de uma contra-checagem num período posterior, para evitar falhas de avaliação (fator de ajuste). Quando aplicado com sistemática para levantamento e identificação das características específicas do CTMS, este instrumento pode ser utilizado para fins de desenvolvimento organizacional dos CTMS.
Título em inglês
Management of determinant factors for the sustainability of the telemedicine centers
Palavras-chave em inglês
Decision-making
Health science technology and innovation management
Performance assessment
Science technology and innovation indicators
Sustainable development indicators
Telemedicine/methods
Resumo em inglês
This study is about the development and application of an instrument for the management of indicative factors of the sustainability of the telemedicine and telehealth centers (TMHC). Based on different theoretical sources of data and the professional experience of the researcher, some questions regarding the determinant factors of sustainability of TMHC were elaborated, categorized into 7 groups and submitted to four other telemedicine experts for evaluation. The seven categories were: Institutional, Relational, Functional, Financial, Renovation, Tech-Scientific and Social Welfare, all part of the semi-structured question script to be used as an instrument to carry out individual interviews with the coordinators of ten Brazilian telemedicine and telehealth centers. The interviews were done in two distinct moments at interval of 12 months. The interviews were conducted to the same group of ten people individually to evaluate the year 2007 as reference. The answers were converted into numbers and from numbers in graph form of a polygon. Each TMHC had its own graphic. It was not possible to make any comparison between the TMHC graphics because of the differences of economics, culture and services provided by the different TMHC. In order to analyze the collected data in a different perspective, it was made a comparison of the data collected in the first interview (group a) with the data collected in the second interview (group b). It was verified that the scores of the second evaluation were lower, considered to be under an adjustment factor. This adjustment was associated to the larger experience and maturity the coordinators achieved as time passed by. The instrument was also applied to a 10-year TMHC. Its coordinator answered the same questions taking 1998, 2000, 2002, 2004, 2006 and 2008 as the years of evaluation. All the answers were converted into numbers and from numbers to graphics. The 10-year morphologies and relative graphic areas were compared, and . an evolutionary tendency was noticed. To complete the monitoring of this TMHC, the relevant facts over the period of evaluation were registered, which demonstrated a synchronicity with the found sustainability indicators. The study showed that it was possible to develop an instrument that depicted in graph form, the seven categories of sustainability of a TMHC and it was useful to monitor the management process, especially when used in the same institution for a long period of time, and complemented with relevant facts to support the numerical indicators. When used to evaluate the present moment, it was clear that a second evaluation in a later period is necessary, in order to avoid misinterpretation (adjustment factor). When systematically applied, it can also be of utility to identify the specific characteristics of the TMHC in order to support its organizational development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.